Lidl diz não aos produtos de plástico descartável

A cadeia de supermercados alemã Lidl anunciou esta semana que, a partir do mês de agosto, irá deixar de vender produtos de plástico descartável, onde estão incluídos produtos como copos ou pratos, nas mais de 250 lojas espalhadas por Portugal.

A cadeia tem com objetivo reduzir em 20% a utilização de plástico nos produtos até 2025, sendo este o primeiro passo de uma estratégia que, mais tarde, também irá englobar a substituição de palhinhas e talheres de plástico que estão presentes em produtos de conveniência e em bebidas como, por exemplo, pacotes de sumo. Ao invés, os artigos em causa seriam substituídos por materiais alternativos e recicláveis.

Em comunicado, Bruno Pereira, administrador de compras do Lidl Portugal, afirma que procuram “seguir uma abordagem clara quanto à nossa estratégia relativa aos plásticos, isto é: Evitar – Reduzir – Reciclar. Com o descontinuar da venda de artigos em plástico descartável evitamos a utilização deste material e contribuímos, assim, para uma melhoria do nosso balanço em matéria de plásticos.”

Para além disto, o administrador garante ainda que que irão existir mais novidades e “em particular no que diz respeito às embalagens existem várias possibilidades interessantes que estão atualmente em fase de teste e que poderão efetivamente fazer a diferença.”

Ainda em comunicado, a marca Lidl defende que, ao longo do tempo, tem vindo a adotar “diversas iniciativas com vista à redução de plástico“, como é o caso das embalagens das cápsulas de café que deixam de ter um invólucro de plástico por cápsula e passam a ter embalagens mais pequenas para o mesmo número de cápsulas.

Com estas alterações, afirma a marca, prevê-se uma “poupança de 74 toneladas de plástico, apenas neste produto, em um ano.”

No entanto, a redução de plástico pode também ser encontrada noutros produtos, como, por exemplo, nos frutos secos, onde a quantidade de plástico utilizada por embalagem foi reduzida sem colocar em causa a qualidade e quantidade do produto, e também nas secções de Frutas e Legumes, Padaria e têxteis onde a marca promove a substituição das embalagens de plástico por embalagens de cartão.

Para sensibilizar e levar a uma maior adesão dos consumidores à causa, o Lidl está atualmente a trabalhar com associações ambientais, como a ABAE, Amb3e, Quercus e Agência Portuguesa do Ambiente no combate ao plástico nas praias portuguesas com o projeto TransforMAR, que decorre durante a estação de verão.

O principal objetivo é sensibilizar a população para esta questão e recolher os vestígios de plástico espalhados ao longo do areal que, na maior parte das vezes, tem como destino final o mar, pondo em causa várias espécies marinhas.

O plástico recolhido será reciclado e transformado em equipamentos de atividade física que irão equipar as praias englobadas no projeto.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Embalagens mais eficazes implicam menos recursos gastos na produção, menos lixo no fim de vida e poupança para o bolso do cliente. Oxalá os chineses pensassem assim quando fazem um “contentor” de plástico para colocar uma só lâmpada, entre outros maus exemplos vistos nas lojas CN.

    • muitas dessas embalagens, são feitas cá.
      muitos produtos dos chineses vêm a granel para a europa/portugal, e cá é que fazem a sua embalagem.. como aquelas embalagens de plastico com 4 parafusos, ou 10 pregos que vendem nos chineses. Basta ver o código de barras.. se começar por 560, significa que foi produzido em Portugal, ou terminado em Portugal. Ao colocarem a embalagem, estão a terminar o produto em Portugal e como tal está a ser criado um novo produto ( uma caixa com 10 pregos é um produto, uma caixa com 20 dos mesmos pregos é outro produto) que foi registado cá.

RESPONDER

Marcelo pede tolerância zero contra o racismo (e pede “sentido nacional” a Governo e oposição)

O Presidente da República recomendou esta quinta-feira aos democratas “tolerância zero” e “sensatez” para combater o racismo, ao comentar as ameaças de que foram alvo três deputadas e outros sete ativistas. “Os democratas devem ser muito …

43% das escolas no mundo sem condições de higiene para reabertura segura

Mais de 40% das escolas no mundo não têm acesso a condições básicas de higiene, como água para lavar as mãos e sabão, aumentando os riscos de reabertura no contexto da pandemia de covid-19, alertam …

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

"Filme fantástico". Novo livro revela cartas entre Kim Jong-un e Donald Trump

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, qualificou o seu relacionamento com o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como um “filme fantástico”, segundo os editores de um livro a ser publicado, que revela a correspondência entre …

Grupo avisa Bruxelas que Portugal pode tornar-se ilha ferroviária na Europa

Um grupo de portugueses ligados ao setor ferroviário alertou a comissária europeia dos Transportes para a possibilidade de Portugal se tornar uma ilha ferroviária na Europa devido ao atraso em adotar "a bitola europeia" nas …

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …