Líder do Volt é candidato à Câmara de Lisboa

Wiki.project / Wikimedia

Tiago Matos Gomes, presidente do partido Volt

Tiago Matos Gomes anunciou a sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. É a primeira vez que o Volt Portugal vai a votos.

O líder do recém-criado Volt, Tiago Matos Gomes, é o cabeça de lista do partido à Câmara Municipal de Lisboa nas próximas eleições autárquicas. O Público avança que à Assembleia Municipal de Lisboa candidata-se o líder da distrital do partido, Miguel Macedo.

Queremos uma mudança de paradigma, uma cidade mais humanizada, mais verde, com um espaço público cuidado, em que os cidadãos possam fazer parte das decisões da sua rua, do seu bairro, da sua freguesia”, declarou o presidente do partido, num comunicado divulgado esta segunda-feira.

O candidato quer “uma cidade que aposta nos transportes públicos”, na cultura e na diversidade, aproveitando a vantagem de ser “historicamente multicultural e multiétnica”.

Lisboa é a cidade onde nasci e vivo. Conheço bem os seus problemas, as suas contradições, as diferenças entre bairros, as desigualdades territoriais e sociais bem como a sua população tão diversa e, por isso, tão rica”, referiu.

O Volt Portugal foi fundado por Tiago Matos Gomes em dezembro de 2017 e aprovado como partido em junho de 2020 pelo Tribunal Constitucional.

A corrida autárquica na capital já conta com quatro nomes: o socialista e atual presidente Fernando Medina; o ex-comissário europeu Carlos Moedas, apoiado pela coligação de direita; o candidato da IL Miguel Quintas; e o líder do Volt, Tiago Matos Gomes. Pela CDU, Jerónimo de Sousa já disse que o atual vereador João Ferreira é um “potencial candidato”.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE