Líder do CDS de Ovar demite-se. “O país não quer saber” se Cristas faz arroz de atum

O presidente da comissão política do CDS-PP de Ovar renunciou ao cargo por discordar da manutenção de Assunção Cristas na liderança nacional do partido após o resultado nas eleições europeias de domingo.

“Eu disse na noite de domingo que não continuaria como presidente da concelhia do CDS de Ovar se Assunção Cristas e a sua direção se mantivessem à frente do destino do partido. Ela já manifestou a intenção de se manter como líder do CDS, o que é legítimo, tal como é legítimo eu não me rever na sua liderança e, por uma questão de seriedade e coerência, sair”, explica Fernando Camelo Almeida.

Mantendo-se como deputado na Assembleia Municipal de Ovar, esse responsável deixa a presidência local do partido ao fim de quatro anos e realça: “A minha saída tem única e exclusivamente a ver com a minha discordância – já antiga – quanto ao rumo que o partido tem vindo a seguir e não se deve a qualquer divergência interna na concelhia”.

Fernando Camelo Almeida defende que, “em política, os resultados devem ser assumidos com seriedade, frontalidade e responsabilidade”, e, nesse sentido, declara: “O resultado das europeias foi negativo e não concordo com o assumir de toda a responsabilidade por parte do Nuno Melo. Assunção Cristas também é responsável pelo resultado”.

Para o ex-presidente do CDS de Ovar, “basta analisar-se a atuação desastrosa no tema dos professores” para se perceber que “não há um rumo definido” na liderança nacional do partido.

“O país não quer saber se a líder do CDS faz atum com arroz, vai à missa todas as semanas e quantos filhos tem. Quer saber que ideias e projetos tem para o país, qual é o espaço político do CDS – se é de direita conservador ou se é liberal”, critica em declarações à TSF. Fernando Camelo Almeida acrescenta que o partido “não ocupa um espaço concreto” e que “se vai ajustando conforme a conveniência populista”.

Outra crítica do ex-dirigente é que “o CDS é hoje dirigido por um grupo de lisboetas e exemplo disso é o facto de a direção nacional ter escolhido militantes de Lisboa para encabeçar as listas de deputados noutros distritos do país”. Quanto ao trabalho desenvolvido especificamente em Ovar, Fernando Camelo Almeida sai satisfeito com o seu contributo para a afirmação local do CDS.

“Saio com a consciência de que dei o meu melhor. Naturalmente, terei cometido erros, mas contribuí para o crescimento do partido em Ovar, desde logo pelo resultado nas últimas eleições autárquicas e pelo maior número de autarcas eleitos pelo CDS – e, não menos importante, pela credibilidade do partido, que foi inequivocamente solidificada no município”, afirma.

As eleições internas nessa concelhia do CDS ainda não têm data marcada, mas irão decorrer “no final de junho”, sendo que a chefia da comissão local estará entretanto confiada ao seu vice-presidente, António França. Segundo Fernando Camelo Almeida, o processo eleitoral interno será, por sua vez, conduzido pelo “presidente da distrital de Aveiro do CDS, Jorge Pato”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Bato palmas a este senhor, teve-os no sitio!
    A Cristas não percebeu bem o resultado das eleições, não foi um cartão vermelho ao partido, foi um cartão vermelho à secretaria geral do partido e ao seu papagaio de estimação Nuno Melo.
    As pessoas que apoiam o CDS estão fartinhas dessa ave rara com apenas tem um discurso de destruição e de ataque, sem ideias de valor e sem substancia!
    Demita-se JÁ, não leve o partido ao fundo, qual titanic!

  2. A coisa mais ridícula para mim, é os políticos andarem sempre e antes de mais, a discutir os partidos, e não o país. As pessoas neste antro mal frequentado chamado Portugal, vão para a politica para servir partidos e servir-se do país. Leia-a se a análise que este jumento Vareiro faz da sua contribuição para o concelho de Ovar:

    “Saio com a consciência de que dei o meu melhor. Naturalmente, terei cometido erros, mas contribuí para o crescimento do partido em Ovar, desde logo pelo resultado nas últimas eleições autárquicas e pelo maior número de autarcas eleitos pelo CDS – e, não menos importante, pela credibilidade do partido, que foi inequivocamente solidificada no município”.

    Mais uma besta da partidocracia. Vai e não voltes, mas leva Crostas contigo.

  3. Entre arroz de atum e falar dos filhos, a Cristas ainda arranja tempo para criticar os governos de direita do Bolsonaro, Orban e Trump. 6% ainda foi muito

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …

Rio pede "coerência" na lotação do Avante e faz comparação com estádios

O líder do PSD pronunciou-se sobre a lotação da festa do Avante, lembrando que, se for reduzida para metade, isso é o mesmo que os estádios do FC Porto ou do Sporting estarem cheios. Na sua …

Juiz Carlos Alexandre desiste de queixa contra Rui Pinto

A proposta do Ministério Público (MP) para que o pirata informático não continuasse a ser investigado dependia da autorização do "super-juiz", avança o Correio da Manhã. De acordo com o Correio da Manhã, o juiz Carlos …

Surto na Nova Zelândia faz 17 novas infeções (e não se sabe de onde veio)

Após 102 dias sem casos de covid-19, a Nova Zelândia registou um novo surto na sua maior cidade, Auckland. O número de infeções subiu para 17, mas não se sabe de onde veio. De acordo com …

Ameaças de morte a deputadas. Bloco vai fazer queixa ao Ministério Público

O Bloco de Esquerda vai apresentar duas queixas ao Ministério Público, uma por cada deputada ameaçada no e-mail enviado à SOS Racismo. A Polícia Judiciária está a investigar um e-mail enviado a um grupo de dez …

Siza Vieira garante que subida do salário mínimo não foi discutida à Esquerda

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, garantiu, em entrevista ao Observador, que uma eventual subida do Salário Mínimo Nacional (SMN) não foi discutida com os partidos de Esquerda. "O …