Lenda diz que Pocahontas plantou uma amoreira no Reino Unido (e um estudo do ADN quis prová-lo)

Na vila costeira de Heacham, no Reino Unido, uma lenda com 400 anos conta que a Pocahontas plantou uma amoreira nos terrenos da mansão local.

A amoreira, que ainda hoje se mantém de pé nos jardins da Mansão Heacham, em Norfolk, foi recentemente submetida a um estudo de ADN, na esperança de desvendar a lenda e de separar os factos da ficção.

Pouco se sabe sobre a vida de Pocahontas. Mas o que se sabe é que nasceu por volta de 1596, tendo sido batizada de Amonute. Pocahontas era apenas uma alcunha, que significava “brincalhona”. A menina era filha de Powhatan, o poderoso chefe que liderou uma rede de tribos nativas americanas na região de Tidewater, na Virgínia.

De acordo com a história, quando era criança, Pocahontas ajudou a garantir a liberdade do capitão John Smith, explorador colonial, depois de este ter sido capturado pelo irmão de Powhatan, Opechancanough, e ameaçado com a morte.

Por volta de 1613, Pocahontas foi capturada pelos colonos de Jamestown e ficou em sequestro, durante o qual foi “encorajada” a converter-se ao cristianismo. A adolescente casou-se com o plantador de tabaco inglês John Rolfe em 1614, aos 17 anos, e forçada a viajar para Inglaterra, onde foi apresentada como um exemplo de “nobre selvagem”.

Pocahontas terá passado 10 anos em Inglaterra,alguns dos quais na casa da família Rolfe, em Heacham, onde a lenda da árvore aparece. Segundo alguns relatos, Pocahontas colheu sementes de amoreiras em todo o Reino Unido e plantou algumas em Heacham.

Há também histórias de que o rei James I costumava oferecer sementes de amoreira aos seus muitos convidados. Pocahontas terá conhecido a corte real inglesa, por isso também poderá ter recebido algumas das suas sementes de amoreira dessa forma.

Para descobrir e desvendar a lenda, os investigadores da Comissão Florestal realizaram análises de ADN entre a árvore de Heacham e outras velhas amoreiras no Reino Unido, como as do Palácio de Buckingham, da Syon House, no oeste de Londres, e de Narford Hall, em Norfolk. Qualquer ligação genética clara entre a árvore de Heacham e as outras árvores velhas sugeriria que a história poderia ser real.

No entanto, os resultados foram inconclusivos. Joan Cottrell, da Comissão Florestal, disse à BBC que os cientistas estudaram oito amoreiras. Embora o projeto sugerisse que ainda poderiam ter um ancestral comum próximo, o trabalho “falhou em obter resultados claros”.

Os resultados mostraram-se inconclusivos, mas a investigação ajudou a esclarecer esta história fascinantes – mas trágica -, frequentemente romantizada e envolvida por contos folclóricos coloniais ou pela ficção da Disney.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …

Israel não vai desperdiçar "oportunidade histórica" para anexar a Cisjordânia

O primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu voltou a defender hoje a anexação de partes da Cisjordânia nos próximos meses e em prosseguir este polémico plano, apesar do crescente coro de condenações de diversos aliados. Os palestinianos, e …

Zlatan Ibrahimovic lesiona-se e deixa carreira em risco

No treino com vista ao regresso da Liga italiana, Zlatan saiu a coxear do centro de treinos, com os milaneses a explicarem que exames vão determinar se se trata de lesão no gémeo ou tendão …

Há uma orquestra presa num palácio da Alemanha há 75 dias

Um grupo de músicos bolivianos, que pertencem à Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos, está confinado no Palácio Rheinsberg, na Alemanha, há cerca de 75 dias devido à pandemia de covid-19. No início de março, os membros da …

Bolsonaro diz ter imagem negativa no exterior porque a imprensa "é de esquerda"

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse hoje que a sua imagem no exterior é negativa porque a imprensa mundial é de esquerda, enquanto falava com apoiantes junto ao Palácio da Alvorada, em Brasília. "A imprensa …