Leilão de uma consola raríssima pode mudar a história dos videojogos para sempre

Mats Lindh / Wikimedia

Protótipo da Nintendo PlayStation.

O protótipo de uma Nintendo PlayStation está em leilão e, dependendo de quem o comprar, pode alterar a história dos videojogos para sempre.

O raríssimo protótipo de uma Nintendo PlayStation está em leilão desde o mês passado. Para os mais leigos, este foi o resultado de uma colaboração entre a Nintendo e a Sony para uma consola de videojogos em disco do SNES. Contudo, o produto afinal acabou por nunca ir para as prateleiras, já que a Nintendo cancelou o acordo após perceber que o contrato celebrado daria demasiado controlo sobre o produto à Sony.

O protótipo em leilão é considerado tão raro que se acredita que seja o único existente em todo o mundo, de acordo com o OneZero.

Há vários obstáculos para jogar videojogos antigos, mas, um dia, a realidade virtual poderá permitir que várias pessoas interajam com um dispositivo ilusório como a Nintendo PlayStation, recriando digitalmente o hardware da consola.

“Estou numa missão para digitalizar e preservar a história dos videojogos físicos”, escreveu Palmer Luckey, fundador da plataforma de realidade virtual Oculus, no Twitter. “A realidade virtual perfeita garantirá que a experiência original continue para sempre, mas precisamos de manter estas coisas vivas e funcionais enquanto isso”. Luckey é um dos licitadores no leilão da Nintendo PlayStation.

O leilão termina esta quinta-feira e o lance mais alto está nos 280 mil dólares. Desconhece-se se é Palmer Luckey quem lidera, mas as suas intenções são, de facto, únicas. O empreendedor norte-americano explicou num outro tweet que o seu projeto envolvia a construção do centro de armazenamento de videojogos mais avançado de sempre.

Em declaração ao OneZero, Luckey disse que a plataforma está operacional há vários anos e que o objetivo é preservar os videojogos para as futuras gerações. Mas nem todos concordam com este ponto de vista e alguns especialistas consideram-no redutor. Eles defendem que para preservar verdadeiramente os jogos, backups digitais e coleções pessoais não são suficientes.

O International Center for the History of Electronic Games é uma das instituições a fazer este tipo de trabalho, tentando preservar os videojogos mais antigos. “Se um jogo chegar até nós, digamos, num disco, eu preocuparia-me em preservar o próprio disco, a caixa, as instruções e todas essas coisas”, disse Shannon Symonds, uma das curadoras do museu.

“Se a realidade virtual for a única coisa que restará? Eu sentiria pena nesse caso. Porque acho que falta um monte de coisas. Mas a realidade virtual como parte integrante de uma versão mais ampla da preservação? Sem dúvida. Não há nada de errado com isso”, acrescentou Symonds.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PSP já apanhou mais de três mil pessoas a conduzir sem carta este ano

O número de pessoas detetadas a conduzir sem carta aumentou 22% nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. "De 1 de janeiro a 31 de julho de 2020, …

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …