Legislativas 2019: Assunção Cristas deixa liderança do CDS

Estela Silva / Lusa

Assunção Cristas, líder do CDS, reconheceu a derrota do partido nas eleições legislativas deste domingo, anunciando a realização de um congresso extraordinário para escolher uma nova liderança, frisando que não se recandidata.

Foi a primeira líder dos grandes partidos a eleições que falou à comunicação social, depois do fecho das urnas, e foi para reconhecer a derrota histórica do CDS. As projecções apontam o CDS como um dos grandes derrotados das legislativas, com uma votação entre 3% a 5%. Na pior das hipóteses, pode ficar com apenas 2 deputados no Parlamento. Em 2015, o CDS conseguiu eleger 17 deputados.

Perante este resultado, Assunção Cristas anunciou que vai convocar o Conselho Nacional do CDS para a realização de um congresso extraordinário para eleição de um novo líder para o partido. Certo é que Assunção Cristas não se recandidata ao cargo, como garantiu.

“Dei o meu melhor. Decidi não me recandidatar”, frisou Assunção Cristas numa curta declaração aos jornalistas na sede nacional do CDS, em Lisboa.

“Durante quatro anos, o CDS foi uma oposição forte e construtiva, muitas vezes sentimos que fomos uma voz isolada no Parlamento”, apontou ainda Cristas numa farpa ao PSD.

Filipe Lobo d’Ávila em “estado de choque”

Filipe Lobo d’Ávila, do grupo “Juntos pelo Futuro” do CDS, afirmou-se hoje “em estado de choque” com os resultados do partido nas legislativas, acrescenta estar “consciente das responsabilidades”, mas não esclarece se poderá candidatar-se no próximo congresso.

“Em estado de choque num dos dias mais tristes da minha vida política no CDS mas consciente das responsabilidades que um resultado destes tem para todos nós no CDS. Sempre CDS. Nos bons e nos maus momentos”, escreveu Lobo d’Ávila na sua conta do Facebook.

Lobo d’Ávila, ex-deputado e membro do conselho nacional do CDS, só deverá fazer novas declarações nos próximos dias, disseram à Lusa fontes partidárias.

Matos Santos candidata-se à liderança

Abel Matos Santos, porta-voz da Tendência Esperança em Movimento-CDS (TEM-CDS), saudou hoje a demissão de Assunção Cristas da presidência do partido, e vai candidatar-se à liderança no próximo congresso.

Em declarações à Lusa, Matos Santos afirmou que será candidato porque este não é “tempo de estratégias ou táticas”, mas de assumir as “responsabilidades” e vai apresentar uma moção e uma candidatura no congresso nacional, que será antecipado, por proposta da líder, Assunção Cristas.

É preciso o partido assumir as suas ideias com clareza, assumir-se como partido de direita democrática e deixar o politicamente correto”, disse. Em comunicado, a TEM assinalou que o CDS “teve um mau resultado, um dos piores de sempre da sua história, e com isso o espaço socialista e de esquerda mantém a governação”.

A tendência afirma ainda congratular-se “com a decisão da presidente do CDS de convocar um conselho nacional para a marcação do congresso”, que espera realizar-se “no mais curto espaço de tempo”.

SV, ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não disse antes , que esta Sra e o seu partideco iriam apanhar um banho de água gelada !!!!!!………. Não era preciso ser vidente para adivinhar tal derrota. A hipocrisia paga-se caro !

RESPONDER

Pizza para Itália e salmão para a Noruega. Emissora pede desculpa por imagens usadas nos Jogos Olímpicos

O canal de televisão sul-coreano MBC pediu desculpa publicamente após usar imagens para representar países durante a cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fotos de pizza para a comitiva italiana, de salmão para a …

"Quanto mais cedo, melhor". A dona da Marlboro apoia a proibição dos cigarros até 2030

O CEO da Philip Morris Internacional, dona da Marlboro, apoia a proibição da venda de cigarros, mas os activistas anti-tabaco já acusaram a empresa de hipocrisia por tentar comprar uma farmacêutica enquanto lucra com o …

Bezos e Branson não são astronautas, clarifica Administração da Aviação norte-americana

Dúvida instalou-se depois dos voos que levaram os dois bilionários ao espaço. Novas diretrizes da Administração Federal de Aviação vêm esclarecer.  Após os voos que os tornaram nos primeiros turistas espaciais, Jeff Bezos e Richard Branson …

Soldados afegãos buscam refúgio no Paquistão após perderem postos na fronteira

Quase meia centena de soldados afegãos buscaram asilo no Paquistão após perderem para os Talibãs o controle das posições militares na fronteira, informou o exército paquistanês esta segunda-feira. Centenas de soldados do exército afegão e oficiais …

Portugal ultrapassa Estados Unidos em população com vacinação completa

EUA vivem atualmente um planalto no seu processo de vacinação, com pouco mais de meio milhão de cidadãos a serem vacinados diariamente. Desaceleração no ritmo de inoculações é atribuída a motivações pessoais da população e …

Mulher que vestia camisola com capa do Charlie Hebdo ferida em Londres

Uma mulher que vestia uma camisola estampada com uma capa da revista satírica francesa Charlie Hebdo foi ferida levemente com arma branca no domingo em Hyde Park, em Londres, informou a polícia, que pediu colaboração …

Novo Banco. Comissão de inquérito aprova que resolução do BES foi "fraude política"

A comissão de inquérito ao Novo Banco aprovou uma proposta do PCP de alteração ao relatório referindo que a resolução do BES e a sua capitalização inicial, de 4.900 milhões de euros, foi "uma fraude …

BCP prevê saída de mais de 800 trabalhadores e admite despedimento coletivo

O presidente do BCP disse esta segunda-feira que deverão sair do banco mais de 800 trabalhadores, abaixo da meta inicial de 1.000, mas que depende dos funcionários que aceitarem rescindir e mantém a possibilidade de …

Jogos Olímpicos. Ouro e prata para atletas de...13 anos

Pódio muito jovem na estreia do skate feminino. A espreitar o pódio ficou uma norte-americana com quase o triplo da idade. O skate está a "viver" os seus primeiros dias na história dos Jogos Olímpicos. Inserido …

SEF e PSP reforçam fiscalização às regras aplicáveis nas viagens de avião

O SEF e a PSP reforçaram a fiscalização nos aeroportos às regras do tráfego aéreo devido às variantes de covid-19 e ao aumento do número de voos previsto para as próximas semanas, segundo um despacho …