LeBron James pede ao árbitro para expulsar adepta

 

Durante o prolongamento do duelo com os Pacers, a “estrela” dos Los Angeles Lakers ouviu algo de que não gostou. Dois jovens foram colocados fora do pavilhão.

Os Los Angeles Lakers voltaram às vitórias na NBA. A turma de Los Angeles precisou de um prolongamento mas venceu na casa dos Indiana Pacers por 124-116.

Mesmo assim, os Lakers ainda estão longe do topo da Conferência Oeste do campeonato. Ocupam apenas o nono lugar, com um saldo de 10 vitórias e 10 derrotas até agora.

LeBron James voltou a jogar. A “estrela” do campeonato tinha ficado fora do compromisso anterior, contra os New York Knicks, por ter sido suspenso pela primeira vez em toda a carreira de profissional de basquetebol.

No duelo com os Detroit Pistons, no domingo passado, LeBron desentendeu-se com Isaiah Stewart e deixou o adversário a sangrar. Foi suspenso por um jogo.

Embora a reacção (ou as reacções) de Isaiah tenham valido uma suspensão maior, de dois jogos:

LeBron James voltou a jogar e voltou a ser a figura de um encontro. Foi, de longe, o maior marcador, com 39 pontos. Juntou a esses números seis assistências e cinco ressaltos.

Mas também foi a figura em Indianápolis porque “expulsou” do pavilhão dois adeptos da equipa da casa. Não directamente, mas originou a saída destes dois jovens:

Ninguém registou o que foi dito mas ficou claro que o internacional norte-americano não gostou de algo que ouviu. Fica a ideia de que o jogador chamou o árbitro por causa de palavras da adepta. O jovem adepto saiu por “solidarieade”.

O jogador comentou o episódio depois do jogo: “Nada é desconfortável para mim. Mas há uma diferença entre apoiares a tua equipa e insultar os adversários. Há momentos em que ultrapassas o limite, com coisas que não deveriam ser toleradas. De ninguém. Há coisas que eu nunca diria a um adepto e que um adepto nunca deveria dizer a um jogador“.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

LeBron James já tinha protagonizado um momento parecido, em 2021, com adeptos dos Atlanta Hawks.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.