“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa.

A princesa Latifa, filha do emir do Dubai, apelou à polícia britânica para reabrir a investigação ao desaparecimento da sua irmã mais velha, a princesa Shamsa.

Após ter revelado pormenores sobre a forma como o pai a tem mantido presa no Dubai, a princesa pede que se dê atenção ao caso da irmã, que está também desaparecida há mais de vinte anos. O pedido foi feito através de uma carta, que a BBC revelou.

Com apenas 18 anos, em 2000, a princesa Shamsa tentou fugir da propriedade pertencente ao pai no Surrey, no Sudeste de Inglaterra. Na altura, acabou por ser raptada em Cambridge e levada para o Dubai contra a sua vontade.

A polícia britânica começou por tratar o caso como um rapto, após ter sido contactada por um advogado especializado em imigração.

Contudo, a investigação terminou num impasse quando os inspetores foram impedidos de se deslocar ao Dubai. Mais de uma década depois, soube-se que o Governo dos Emirados  fez diligências junto do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico, que podem ter posto em causa a continuidade das investigações.

Em 2020, um juiz do Supremo Tribunal britânico responsabilizou o xeque Mohammed bin Rashid al Maktoum pelos raptos de Shamsa e de Latifa.

Na carta enviada à BBC, Latifa pede à polícia britânica que reabra a investigação ao desaparecimento da irmã. “Tudo o que vos peço é que, por favor, deem atenção ao seu caso porque isso pode dar-lhe a liberdade”, escreve a princesa.

A carta está datada de fevereiro de 2018, mas foi escrita em 2019 porque Latifa não queria revelar que tinha a possibilidade de contactar o mundo exterior antes da sua tentativa de fugir do local onde o pai a tem mantido em cativeiro, explica a BBC.

Latifa diz que a irmã foi mantida presa sem qualquer contacto exterior. “Ela foi torturada, chicoteada nos pés”, escreve.

A polícia de Cambridgeshire, a quem a carta foi endereçada, disse à BBC que o seu conteúdo será “analisado como parte da atual revisão ao caso”.

No entanto, avisa tratar-se de uma “questão muito complexa e séria” e que, por isso, “é inapropriado discuti-la em público”.

O caso da princesa Latifa tem concentrado atenções a nível mundial e levou mesmo a ONU a pedir explicações ao Governo dos Emirados Árabes Unidos, do qual o seu pai é vice-presidente.

A filha mais nova do Emir do Dubai tentou fugir em 2018, mas foi apanhada e mantida presa numa mansão.

Ana Isabel Moura //

PARTILHAR

RESPONDER

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …

O que esperar da noite eleitoral, com base nas sondagens

Para além do poder local, muito está em jogo nas próximas eleições autárquicas, com algumas direções nacionais a fazerem depender seu futuro do resultado alcançado no domingo. Enquanto as urnas não abrem, uma ronda pelas …

Vulcão, La Palma

Vulcão nas Canárias com períodos mais explosivos já devastou 240 hectares

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha de La Palma (Canárias) mantém-se ativo, apresentando períodos mais explosivos e tendo já devastado cerca de 240 hectares de terrenos num perímetro de cerca de 16 quilómetros. Dados também fornecidos …

IVAucher só poderá ser utilizado em 1% dos restaurantes e hotéis

A apenas uma semana do início da segunda fase do IVAucher, só 1.500 empresas de restauração, alojamento e cultura, de um total de 118 mil, estão inscritas no programa. Até ao fim de agosto, os consumidores …

"Ganhámos com a covid-19". Depois do "ridículo", Secretário de Estado explica-se

O Secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, entrou na campanha eleitoral pelos piores motivos. Tudo porque disse que "ganhámos com a covid". Uma frase que já veio explicar depois de ter sido arrasado, …

Fora dos planos de Jesus, Gabriel pode estar de saída para o Qatar

O Al-Gharafa quer Gabriel por empréstimo com duração de uma temporada. O negócio está perto de se concretizar e envolve uma opção de compra de 6 milhões de euros. O Benfica continua à procura de solução …

Ex-presidente da Catalunha detido em Itália (e pode vir aí mais uma derrota para Espanha)

Carles Puigdemont, o ex-presidente da Catalunha, foi detido em Itália, na Sardenha. O também eurodeputado era alvo de um mandado internacional e vai tentar, mais uma vez, escapar à extradição para Espanha. Fontes contactadas pela agência …

Detida boliviana investigada pelo acidente do avião que transportava o Chapecoense

A Polícia Federal do Brasil deteve na quinta-feira uma cidadã boliviana sob investigação pelo desastre aéreo ocorrido em 2016, no qual morreram 71 pessoas, incluindo futebolistas, treinadores e diretores do Chapecoense. Segundo a polícia de Corumbá, …