“Foi torturada”. Princesa Latifa escreve carta à polícia a pedir que investigue desaparecimento da irmã

Latifa escreveu à polícia britânica em 2019. O caso da sua irmã Shamsa, raptada em Inglaterra há mais de vinte anos, tem muitas semelhanças com o drama agora vivido pela princesa.

A princesa Latifa, filha do emir do Dubai, apelou à polícia britânica para reabrir a investigação ao desaparecimento da sua irmã mais velha, a princesa Shamsa.

Após ter revelado pormenores sobre a forma como o pai a tem mantido presa no Dubai, a princesa pede que se dê atenção ao caso da irmã, que está também desaparecida há mais de vinte anos. O pedido foi feito através de uma carta, que a BBC revelou.

Com apenas 18 anos, em 2000, a princesa Shamsa tentou fugir da propriedade pertencente ao pai no Surrey, no Sudeste de Inglaterra. Na altura, acabou por ser raptada em Cambridge e levada para o Dubai contra a sua vontade.

A polícia britânica começou por tratar o caso como um rapto, após ter sido contactada por um advogado especializado em imigração.

Contudo, a investigação terminou num impasse quando os inspetores foram impedidos de se deslocar ao Dubai. Mais de uma década depois, soube-se que o Governo dos Emirados  fez diligências junto do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico, que podem ter posto em causa a continuidade das investigações.

Em 2020, um juiz do Supremo Tribunal britânico responsabilizou o xeque Mohammed bin Rashid al Maktoum pelos raptos de Shamsa e de Latifa.

Na carta enviada à BBC, Latifa pede à polícia britânica que reabra a investigação ao desaparecimento da irmã. “Tudo o que vos peço é que, por favor, deem atenção ao seu caso porque isso pode dar-lhe a liberdade”, escreve a princesa.

A carta está datada de fevereiro de 2018, mas foi escrita em 2019 porque Latifa não queria revelar que tinha a possibilidade de contactar o mundo exterior antes da sua tentativa de fugir do local onde o pai a tem mantido em cativeiro, explica a BBC.

Latifa diz que a irmã foi mantida presa sem qualquer contacto exterior. “Ela foi torturada, chicoteada nos pés”, escreve.

A polícia de Cambridgeshire, a quem a carta foi endereçada, disse à BBC que o seu conteúdo será “analisado como parte da atual revisão ao caso”.

No entanto, avisa tratar-se de uma “questão muito complexa e séria” e que, por isso, “é inapropriado discuti-la em público”.

O caso da princesa Latifa tem concentrado atenções a nível mundial e levou mesmo a ONU a pedir explicações ao Governo dos Emirados Árabes Unidos, do qual o seu pai é vice-presidente.

A filha mais nova do Emir do Dubai tentou fugir em 2018, mas foi apanhada e mantida presa numa mansão.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura //

PARTILHAR

RESPONDER

Lei do mercado faz preço da Pfizer disparar: custa agora quase 20 euros por dose

Boyko Borissov, primeiro-ministro da Bulgária, revelou no domingo que o preço unitário da vacina da Pfizer/BioNTech está a subir. Segundo o governante, estão a ser negociados contratos a um preço unitário de 19,5 euros. A notícia …

Um morto e vários feridos em tiroteio numa escola no Tennessee

Várias pessoas ficaram esta segunda-feira feridas após um tiroteio numa escola em Knoxville, cidade do Estado norte-americano do Tennessee. Uma pessoa morreu. “Há relatos de várias vítimas de disparos, incluindo um agente” na Austin-East Magnet …

Cientistas querem usar bombas nucleares para desviar asteróides (mas nem todas servem)

Os cientistas querem usar bombas para desviar asteróides que se aproximam perigosamente da Terra. Contudo, um novo estudo revelou que nem todas as bombas nucleares servem e é preciso escolher a correta. Uma colaboração entre o …

Astrónomos detetam ponte azul de estrelas (e está prestes a explodir)

Uma equipa de astrónomos descobriu uma nova região na Via Láctea repleta de estrelas azuis brilhantes e escaldantes que estão prestes a explodir. A equipa de cientistas estava a criar o mapa mais detalhado dos braços …

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …