La Liga ameaça jogadores com confinamento obrigatório. O culpado é Nélson Semedo

websummit / Flickr

O presidente da Liga espanhola, Javier Tebas

Depois da polémica com Nélson Semedo, Javier Tebas perdeu a paciência: “Se os jogadores continuarem nesse caminho, seremos forçados a fazer algo que dissemos que não faríamos, ou seja, o confinamento obrigatório”.

Os futebolistas da Liga espanhola poderão ser forçados a um “confinamento obrigatório” nos centros de treino se não respeitarem as regras sanitárias estipuladas para a retoma do campeonato, devido à pandemia, avisou hoje o presidente da La Liga.

“Se os jogadores continuarem nesse caminho [do não cumprimento das normas], seremos forçados a fazer algo que dissemos que não faríamos, ou seja, o confinamento obrigatório”, realçou em conferência de imprensa Javier Tebas.

Segundo a cadeia de televisão espanhola Cuatro, o internacional português Nélson Semedo, do Barcelona, participou recentemente numa festa de aniversário, durante a qual foram quebradas as regras relativas a ajuntamentos de pessoas, impostas pelas autoridades sanitárias espanholas.

De resto, o Barcelona informou que Nélson Semedo falhou o treino de quinta-feira por causa do “protocolo estabelecido pela Liga”, com vista à retoma do campeonato espanhol após a suspensão devido à pandemia de covid-19.

Em maio, quatro jogadores do Sevilha tiveram de apresentar desculpas públicas depois de terem participado num churrasco com mais pessoas do que o limite definido pela lei espanhola.

A La Liga chegou a planear incluir no seu protocolo de segurança sanitária o confinamento obrigatório de jogadores e funcionários nos centros de treino dos clubes até ao final da temporada, uma medida que foi fortemente criticada pelos jogadores e que não avançou.

“Esperamos que não (seja necessário), mas se eles continuarem com tantos churrascos e tantas festas, teremos de considerar a implementação de uma política de confinamento”, reforçou Tebas.

O responsável acrescentou que a La Liga tinha “muita confiança” no comportamento dos jogadores quando decidiu retirar a proposta de confinamento até ao final da temporada das normas relativas à retoma do campeonato, apelando aos atletas para não quebrarem essa confiança.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ninguém foi indiciado pela morte de Breonna Taylor. Dois polícias baleados durante protestos

Um painel de jurados do Kentucky indiciou esta quarta-feira apenas um polícia por disparar contra apartamentos na vizinhança, mas não avançou com acusações contra nenhum polícia na morte da jovem negra Breonna Taylor. Imediatamente após o …

Multas de transportes públicos não são cobradas há três anos (e já chegam aos 17,6 milhões de euros)

As multas nos transportes públicos não estão a ser cobradas desde setembro de 2017 e já chegam a mais de 17,68 milhões de euros. As primeiras multas desde que foi alterado o regime de sanções, …

Football Leaks. PGR e FPF só souberam de ataques informáticos pela PJ

A Procuradoria Geral da República (PGR) e a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) só souberam que tinham sido alvo de ataques informáticos através da Polícia Judiciária (PJ), revelou esta quinta-feira o inspetor José Amador no …

Governo prolonga prazo das moratórias até setembro de 2021. Portugal em contingência até 14 de outubro

O Conselho de Ministros decidiu prorrogar, esta quinta-feira, a vigência da situação de contingência em Portugal continental até às 23h59 de 14 de outubro. As moratórias de crédito foram prolongadas até 30 de setembro de …

Trump diz que diretrizes mais rigorosas para aprovação de vacina são “jogada política”

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, esta quarta-feira, que a Casa Branca “pode ou não” aprovar novas directrizes da Food and Drug Administration. As novas diretrizes para aprovação de vacina contra a covid-19 exigem …

Maduro insta ONU a criar fundo que garanta alimentos e medicamentos

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, propôs que a Organização das Nações Unidas (ONU) crie um fundo rotativo de compras públicas para garantir o acesso a alimentos e a produtos de saúde, financiado com recursos …

Mais três mortes e 691 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 691 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da Direção-Geral de Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da …

2 em 1. Ryanair está a oferecer um voo na compra de outro (e é só hoje)

Já estava com saudades de viajar e conhecer novos países? A Ryanair não quer que lhe falte nada. A companhia aérea low cost lança uma promoção “inédita” e garante uma oferta 2 em 1. As …

Autarca de Almada diz que declarações sobre Bairro Amarelo foram descontextualizadas

A presidente da Câmara de Almada disse esta quarta-feira que as suas afirmações sobre o Bairro Amarelo surgiram em resposta a uma pergunta feita pelo Bloco de Esquerda (BE), considerando que foram descontextualizadas devido …

Vendas tardam em recuperar. Empresas pouco preparadas para mudanças

Um estudo do Banco de Portugal (BdP), publicado na quarta-feira, revelou que as empresas enfrentam um "cenário de recuperação muito gradual" do volume de negócios para níveis anteriores à pandemia e poucas estão preparadas para …