Koeman despedido do Barcelona. Já há lista de possíveis sucessores

Quique Garcia / EPA

Ronald Koeman já não é treinador do FC Barcelona. O emblema catalão reuniu ontem, após a derrota frente ao Rayo Vallecano, e decidiu despedir o técnico holandês. Xavi pode ser o seu sucessor.

O Barcelona voltou a cair. Falcao, muito conhecido em Portugal e agora ao serviço do Rayo Vallecano, foi o autor do único golo na vitória do Rayo por 1-0, na passada noite.

Nova exibição fraca dos catalães, quarta derrota nos últimos seis jogos e nono lugar no campeonato. “Não sei se o meu lugar está em perigo”, afirmou o treinador Ronald Koeman.

Estava mesmo em perigo. Koeman foi, esta madrugada, despedido do cargo após decisão tomada pela direção do emblema catalão.

“O presidente do clube, Joan Laporta, comunicou a destituição do treinador depois da derrota frente ao Rayo Vallecano. Ronald Koeman despediu-se do plantel já esta noite”, informou o FC Barcelona, através de um comunicado no qual agradece ao treinador holandês pelos serviços prestados e expressa desejos de muita sorte para a sua carreira profissional.

Às más exibições e aos maus resultados — a equipa ainda não ganhou na condição de visitante esta época —, junta-se o mau arranque na Liga dos Campeões, em que sofreu já duas derrotas por 3-0, frente ao Bayern Munique, em Camp Nou, e frente ao Benfica, no estádio da Luz, e venceu apenas um jogo, na receção ao Dínamo de Kiev, por 1-0.

Fontes do clube avançaram à agência EFE que o favorito para a direção ‘blaugrana’ é o antigo jogador Xavi Hernández, atual treinador do Al Saad, que lidera a Liga do Qatar, embora a contratação ainda não esteja assegurada, razão pelo qual o técnico da equipa B, Sergi Barjuán, deverá orientar a equipa frente ao Deportivo Alavés, no sábado, para o campeonato, e perante o Dínamo de Kiev, na quarta-feira, na Ucrânia, para a Liga dos Campeões.

Segundo a Radio Catalunya, o Barcelona equaciona outras duas opções caso o acordo com Xavi não chegue a bom porto. Além de Sergi Barjuán, o Barça pensa também em Marcelo Gallardo, técnico argentino que tem tido relativo sucesso no River Plate.

Por sua vez, de acordo com o jornal Sport, o Barcelona segue ainda Ten Hag, treinador do Ajax, Roberto Martínez, atual selecionador da Bélgica e Andrea Pirlo, que está sem clube após ter saído da Juventus.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE