A NASA, na tarde desta terça-feira, oficializou a despedida do Telescópio Espacial Kepler, uma espaçonave pioneira que colaborou na descoberta de planetas além do Sistema Solar.

O anúncio da morte do caçador de planetas da NASA não foi totalmente inesperado. O Kepler estava a ficar sem combustível há meses e os cientistas da missão fizeram a nave espacial adormecer várias vezes recentemente para estender a sua vida operacional o máximo de tempo possível.

O Kepler e a sua missão de acompanhamento, o K2, ajudaram os investigadores a descobrirem que os planetas são incrivelmente comuns.

Entre outras descobertas, foram encontrados recentemente mais 24 exoplanetas nos dados da 10ª campanha de observação, somando à crescente “colheita” de planetas confirmados fora do Sistema Solar.

As duas missões, juntas, descobriram e confirmaram a existência de 2.681 planetas e identificaram muitos mais sinais em redor de estrelas distantes que poderiam ser planetas, mas que ainda aguardam confirmação.

Agora, outro telescópio está pronto para continuar o trabalho de Kepler. A NASA lançou o Transiting Exoplanet Survey Satellite ainda no início do ano. O TESS possui um longo caminho antes de chegar ao Kepler mas, em algum momento, irá ocupar a posição de Kepler na descoberta de planetas.

JPL-Caltech / NASA

O telescópio espacial Kepler estava quase sem combustível desde julho

À medida que os engenheiros preservam os novos dados armazenados no Kepler, os cientistas continuam a estudar os dados já transmitidos.  Com os avanços tecnológicos, muito após do fim de Kepler, os cientistas poderão analisar os planetas em trânsito a partir de dados recolhidos pelo lendário caçador de planetas.

“Agora, por causa de Kepler, o que pensamos sobre o universo mudou”, diz Paul Hertz, diretor da divisão de astrofísica da NASA.

Sem dúvida, o legado de Kepler é imenso e já faz parte da história. Kepler sempre foi considerado uma maravilha da engenharia e detetou inúmeros planetas. Que descanse agora em paz, no meio das estrelas que explorou e dos planetas que descobriu.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Há uma forma de reduzir erros na computação quântica (e já sabemos qual é)

Na computação quântica, assim como no trabalho em equipa, um pouco de diversidade pode ajudar a melhorar o resultado. Esta pode mesmo ser a chave para pôr fim aos erros na computação quântica. Ao contrário dos …

Coimbrões 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto venceu hoje o Coimbrões, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal que os «dragões» resolveram com três golos nos 12 minutos iniciais. Aproveitando a inexperiência e nervosismo da formação …

Produção de filmes em Hollywood é um inimigo silencioso do ambiente

Hollywood é casa para a maioria dos grandes filmes produzidos que estreiam nas salas de cinema espalhadas por todo o mundo. Contudo, consegue ser bastante prejudicial para o meio ambiente e, mais do que nunca, …

O escorbuto era uma doença comum entre piratas, mas pode estar de regresso

O número de casos de escorbuto no Reino Unido mais do que duplicou nos últimos anos. A desnutrição é um dos principais responsáveis pelo regresso desta doença. O escorbuto está em ascensão no Reino Unido e …

Dois veleiros robotizados vão medir alterações climáticas no Atlântico

Dois veleiros de navegação robotizada vão medir, durante os próximos quatro meses, a pegada das mudanças climáticas no oceano Atlântico e irão passar pela Madeira e Cabo Verde. A Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN) libertou esta …

A educação científica está sob ataque legislativo nos Estados Unidos

São inúmeros os professores de ciências que trabalham diariamente nas escolas públicas dos Estados Unidos para garantir que os alunos estão equipados com o conhecimento teórico e prático necessário para enfrentar o futuro. No entanto, …

João Félix saiu lesionado com gravidade no jogo contra o Valência

João Félix, avançado português do Atlético de Madrid, saiu este sábado lesionado com "forte torção no tornozelo direito", ao minuto 78 do jogo contra o Valência, da nona jornada da Liga espanhola de futebol, disputado …

As traças ficaram mais escuras por causa da Revolução Industrial? Cientistas já sabem a resposta

No virar do século XIX, na Grã-Bretanha, traças de todo o país começaram a ficar gradualmente mais escuras em resposta à forte poluição provocada pela Revolução Industrial. A Revolução Industrial foi um período de grandes transformações …

Mais de mil médicos foram alvo de processos disciplinares. 45 foram condenados, nenhum foi expulso

Mais de 1.070 processos disciplinares a médicos foram abertos no ano passado pelos conselhos disciplinares da Ordem, tendo sido condenados 45, segundo dados este sábado divulgados. Segundo os dados da Ordem dos Médicos, os conselhos disciplinares …

Publicar no Instagram rende mais a Ronaldo do que jogar na Juve

As publicações pagas no Instagram rendem mais a Cristiano Ronaldo do que jogar na Juventus, revela um estudo do Buzz Bingo. O internacional português foi a personalidade mais bem paga neste rede social em 2018. De …