Juiz recusa-se a arquivar processo contra Polanski por abuso de menor

Georges Biard / Wikimedia

O realizador polaco Roman Polanski (esq) em 2011, com a atriz Emmanuelle Seigner

O juiz Scott Gordon, de Los Angeles, recusou-se a arquivar o processo que a Justiça norte-americana move contra o cineasta Roman Polanski por ter tido relações sexuais com uma menor de idade, há 40 anos.

O caso data de 1977, numa altura em que o cineasta franco-polaco Roman Polanski, então já consagrado, se encontrava em Los Angeles, na Califórnia.

Em casa do actor e amigo Jack Nicholson, que estava ausente, Polanski conheceu Samantha Geimer, de 13 anos, que fazia uma sessão de fotos para a revista Vogue. Polanski, então com 44 anos, terá drogado e abusado sexualmente de Samantha.

No dia 11 de março de 1977, ainda em casa de Nicholson, Polanski foi detido pela polícia da Califórnia. A sua defesa negociou com os advogados da vítima, que queriam evitar mais desgastes emocionais para a menina.

Lily Laurent / Flickr

Roman Polanski com a actriz e modelo norte-americana Sharon Tate, com quem casou em 1968. Um ano mais tarde, Sharon foi assassinada pelo famigerado Charles Manson

No acordo, o cineasta confessou ter mantido relações sexuais com a menor de idade. Em troca, a Justiça descartou outras acusações mais graves, como violação e fornecimento de droga a uma menor de idade.

Nos termos do acordo, Polanski passou inicialmente 42 dias na prisão, em exames psicológicos. Já em liberdade, foi informado pelos seus advogados de que o Procurador encarregado do caso estava a fazer pressão para que o processo fosse revisto. Polanski poderia vir a ser condenado a uma pena de prisão de décadas.

Assustado, o cineasta comprou uma passagem para Londres, de onde seguiu para Paris. Na altura, Polanski tinha já nacionalidade francesa, o que o protege de um pedido de extradição da Justiça americana.

(dr) The Crawdad Hole

Samantha Geimer em 1977, uns dias antes de ser violada por Roman Polanski

Em junho, Samantha Geimer pediu à Justiça que o caso fosse arquivado. Geimer, agora com 53 anos, alega que o interminável processo destruíra a sua vida, que já tinha perdoado a Polanski, e que simplesmente queria acabar com o caso.

Não foi esse, porém, o entendimento do juiz Scott Gordon. “O acusado neste caso é um fugitivo que se recusa a obedecer as ordens do tribunal”, disse o juiz. “A sua conduta continua a ofender, e a amplificar o traumatismo da agressão sexual sofrida pela vítima”.

Roman Polanski, actualmente casado com a atriz Emmanuelle Seigner, com quem tem dois filhos, continuará sem poder viajar para os Estados Unidos, onde não vai há 40 anos, sob pena de ser imediatamente preso.

O cineasta, aos 84 anos, evita também o Reino Unido – e qualquer outro país que possa, sem hesitar, aceitar um pedido de extradição feito pelos norte-americanos.

// RFI / ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …

Eleição autárquica dos EUA pode ser desempatada com moeda ao ar

Um eleição autárquica numa pequena vila no Ohio, nos Estados Unidos, pode vir a ser decidida com o lançamento de uma moeda ao ar, o famoso jogo do "cara ou coroa". De acordo com o The …

Primeiro aniversário dos Coletes Amarelos. França receia novos tumultos

O clima de tensão regressa a França, com os coletes amarelos a anunciarem a preparação de novas ações para assinalar o primeiro aniversário do início do movimento. A 17 de novembro, o movimento Coletes Amarelos assinala …

Violência leva a mais violência, alerta chefe do Governo de Hong Kong

A chefe do Governo de Hong Kong condenou a “extensa violência” que marcou o dia de greve na cidade, realçando que esta “não resolverá nada” nem fará o Governo ceder aos “apelos políticos” dos manifestantes. Carrie …