Juiz bloqueia ordem de Trump que impede entrada de pessoas de países muçulmanos

Gage Skidmore / Flickr

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump

O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump

Um juiz federal de Seattle, nos Estados Unidos, ordenou na sexta-feira a suspensão temporária, a nível nacional, da proibição de entrada de pessoas de sete países de maioria muçulmana, decretada pelo Presidente Donald Trump.

A ordem temporária do juiz James Robart vai manter-se válida em todo o país até ser efetuada uma revisão completa da queixa apresentada pelo procurador-geral de Washington, Bob Ferguson.

Juízes federais de vários outros estados norte-americanos agiram contra a ordem executiva de Trump desde que entrou em vigor na passada sexta-feira, mas a decisão de Robart é aquela com maior alcance até agora.

A decisão surgiu depois de Ferguson ter apresentado uma ação legal para invalidar disposições essenciais da ordem executiva de Trump, que afasta refugiados sírios indefinidamente e bloqueia cidadãos do Irão, Iraque, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iémen de entrarem nos Estados Unidos por 90 dias. Refugiados de outros países que não a Síria ficam impedidos de entrar por 120 dias.

“A Constituição prevaleceu hoje. Ninguém está acima da lei, nem sequer o Presidente”, afirmou Ferguson.

O governador de Washington, Jay Inslee, considerou a notícia uma “tremenda vitória” mas alertou que a batalha para derrubar a ordem executiva de Trump não acabou.

Ainda há mais a fazer. A luta não está ainda ganha. Mas devemos sentir-nos encorajados pela vitória de hoje e mais convictos que nunca de que estamos a lutar no lado certo da história”, afirmou em comunicado.

Ferguson argumentou, na sua queixa, que a ordem do Presidente viola os direitos constitucionais dos imigrantes e das suas famílias, já que visa especificamente muçulmanos.

No entanto, advogados que representam a administração argumentaram que, como Presidente, Trump tem amplos poderes e o direito de emitir ordens que protejam os norte-americanos.

Ações legais contra a ordem foram iniciadas noutros estados, incluindo Califórnia, Nova Iorque e Washington.

Casa Branca vai combater bloqueio

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, reafirmou que a ordem executiva de Trump é “legal e apropriada” e disse que o Departamento de Justiça irá pedir uma suspensão de emergência da ordem do tribunal federal “o mais depressa possível”.

“A ordem do Presidente tem como objetivo proteger a nação e ele tem a autoridade constitucional e a responsabilidade de proteger o povo norte-americano“, disse.

O comunicado inicial de Spicer classificava à decisão do tribunal de “escandalosa”, mas numa versão atualizada o termo foi retirado.

Apesar de a Casa Branca ter prometido lutar contra a decisão do juiz, que se aplica a todo o país, o departamento da alfândega e proteção fronteiriça, a agência federal encarregada da imigração, informou as transportadoras aéreas que os vistos dos cidadãos dos países em questão voltam a ser válidos e devem aceitar os passageiros nos seus voos.

O departamento informou também as companhias aéreas que os detentores de um visto de refugiado têm entrada autorizada, segundo explicou à CNN uma das transportadoras.

O Departamento de Estado assegurou que foram cancelados cerca de 60 mil vistos de estrangeiros vindos dos sete países após a entrada em vigor do veto migratório, apesar de os números do mesmo departamento indicarem que os afetados podem chegar aos 100 mil.

Estas medidas geraram críticas tanto dos Estados Unidos, com vários protestos em aeroportos, como a nível internacional, com países como o Reino Unido, Espanha e França a condenarem a decisão.

No início da semana, a então procuradora-geral interina do país, Sally Yates, ordenou aos advogados do Ministério Público que não defendam a proibição de Trump, uma posição que fez com que, em seguida, fosse despedida pelo Presidente.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

    • Engraçado.
      Acho bem que se suspenda até nova ordem a distinção entre Esquerda e Direita.
      Proponho que se ponha na ordem-do-dia, por 3 meses, a distinção entre Honesto e Desonesto.

      Em todo o lado lê-se : Banir Mulçulmanos, a propósito de Trump.
      Honesto?
      Facto: a “ordem executiva” menciona explicitamente UM país de maioria muçulmana (costumava haver bastantes cristãos e o Bacharelassado até os deixava viver tranquilos), a Síria. Por razões óbvias.
      A “ordem executiva” afecta mais 6 países de maioria muçulmana. São parte de uma lista criada pela administração Obama… em 2015.
      Se por acaso o Obama tivesse emitido uma ordem executiva mencinando banir temporariamente gente de Polonia, Chile, Mexico, Filipinas, Italia, Portugal, Espanha, até a Alemanha os media teriam direito de dizer que ele tinha banido os Cristãos? Não?? Não??? Como assim? Ou é igual para todos ou digam com rigor a verdade. Assim, é uma mentira que é replicada até ao infinito porque os media pertencem todos ao mesmo clube. O Clube que quer uma sociedade global semelhante aos “Hunger Games”. Para servir os vossos filhos e netos. Querem isso? Mesmo? Eu estarei morto e enterrado. Não me interessa. Mas irrita-me substantivamente a gentalha desmiolada a cair todinhos nos contos dos vigários. Os telejornais debitam propaganda globalista. Sim, a mesma que vos enfiou a “””crise””” de 2008, que vos fez “”salvar”” BpN, Bpp, Banif, Caixa, BEs, quiça outros. Hunger Games meus filhos. Globalismo = “Grande capitalista procura trabalho quase escravo aonde houver ainda algum, para proveitos astronómicos”. Depois admirem-se de os vossos filhos andarem a trabalhar quase de graça… e sem
      direitos de qualquer espécie. Sabem porquê? Um globalista convicto explica: seriam monstruosos egoistas porque nesses países precisam desses empregos e Vós, no vosso Egoísmo queriam os empregos para vocês, seus patifes. Agora aguentem.

      • Bonito… mas, em que parte dessa teoria é que o Trump entra?!
        É que a ultima vez que vi, o Trump era precisamente um desses grandes capitalistas “selvagens” (e dos piores até!), que, ao longo da sua carreira empresarial, já desgraçou muitas empresas e deixou muitos milhões em contas por pagar – além dos impostos que deixou para o “povo” americano pagar…
        Pois…
        Agora, esse mesmo capitalista louco diz que vai reconstruir América, quando ele e outros capitalistas como ele, não tiveram qualquer problema em trocar a América pelas Ásia para terem um pouco mais de lucro!…
        Além disso a equipa ministerial do Trump tem uma fortuna equivalente à de um terço das famílias americanas!…
        Agora pensa!…

    • Pois permite, por isso é que o terrorista levou 5 tiros!…
      E, só por acaso, o maior atentado que há memória em países ocidentais não foi nos EUA nem nada!…
      Alem disso, não sei se tens alguma noção de geografia, mas, do médio oriente à França, não é como ir do M.O. para os EUA!…

RESPONDER

Uma anã branca "ressuscitou" para devorar a sua companheira mais fraca

Os astrónomos detetaram uma explosão de uma "estrela vampira" em dados colhidos acidentalmente pelo telescópio espacial Kepler. Este fenómeno é um dos eventos mais raros de novas - explosões nuclear cataclísmica numa estrela. As novas ocorrem …

Sporting CP 1-0 Marítimo | Borja dispara rumo ao pódio

O Sporting sofreu, mas levou a “água ao seu moinho”. Na recepção ao um Marítimo consistente, mas pouco perigoso, o “leão” venceu por 1-0, numa partida com poucas ocasiões de golo, mas com domínio claro …

Reino Unido vai tornar públicos registos de avistamentos de OVNIs

A Força Aérea britânica vai disponibilizar todos os documentos sobre os avistamentos de OVNIs online. Até então, os registos eram mantido sob segredo. A Força Aérea Real do Reino Unido decidiu tornar públicos os registos de …

Sobreviventes a um cancro na infância têm maior probabilidade de vir a ter outro

Sobreviventes a um cancro têm uma maior probabilidade cinco vezes maior de vir a ter outro em comparação com a população em geral. O risco vai diminuindo ao longo do tempo desde o primeiro diagnóstico. Pessoas …

Lineker: "Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados"

"Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados", disse Gary Lineker, antigo internacional inglês, que agora é comentador da BBC. Em entrevista ao The Guardian, o antigo avançado da seleção …

Bater com um cutelo e espezinhar. A massagem que promete livrar de todas as dores

Santiago Terrases oferece uma massagem única, na qual calca as pessoas com os pés e bate-lhes com um cutelo. O norte-americano garante que consegue tirar todas as dores. No estado de Nevada, nos Estados Unidos, está …

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …