JSD colocou quartos na sede do PS a “arrendar” a estudantes (a 128,67 euros)

José Coelho / Lusa

Margarida Balseiro Lopes, presidente da JSD

A Juventude Social Democrata (JSD) colocou o edifício sede do PS, no Largo do Rato, em Lisboa, a arrendar num site de classificados, como forma de protesto contra a falta de medidas governamentais para fazer face ao problema do alojamento dos estudantes universitários.

A JSD colocou um anúncio num site a ‘arrendar’ quartos na sede do PS, e afixou, nesta quarta-feira, um cartaz no Largo do Rato, para sublinhar “a falta de respostas” no Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) para o alojamento estudantil.

“A Comissão Política Nacional da JSD considera inaceitável a falta de respostas e de verbas em sede de OE2019 que respondam às dificuldades que os estudantes têm hoje no acesso ao alojamento no Ensino Superior”, critica esta estrutura em comunicado.

Com o objetivo de “chamar a atenção do país” para este problema, a JSD colocou, no site de classificados grátis Olx, um anúncio com o seguinte texto: “Arrendam-se quartos a estudantes em edifício neoclássico em zona central de Lisboa, Largo do Rato. O Palácio Marquês da Praia é o local ideal para viver enquanto estuda numa das várias Instituições de Ensino Superior da cidade. Com um preço de 128,67 euros por quarto (com casa de banho partilhada), o edifício encontra-se em zona bem servida por transportes públicos”.,

No anúncio, que já foi entretanto retirado do site, embora se refira que se trata de uma iniciativa da JSD, remete-se para o número da sede nacional do PS.

Nesta quarta-feira, a líder da JSD, Margarida Balseiro Lopes, colocou no Largo do Rato um cartaz com a mensagem “Arrendam-se quartos a estudantes” e um apelo ao contacto para o número da sede do PS.

“Com esta iniciativa a JSD pretende demonstrar a vergonha que representa o facto de o OE2019 não incluir quaisquer respostas nem verbas para dar resposta ao flagelo que afecta milhares de estudantes que, sobretudo nas grandes cidades do país, se deparam com preços pornográficos no acesso ao mercado de arrendamento e não têm vaga nas residências estudantis”, criticam os jovens do PSD.

O preço ficcionado pela JSD para o ‘arrendamento’ dos quartos na sede do PS também não foi escolhido ao acaso: 128,67 euros é o valor máximo mensal fixado – e mantido no OE2019 – para apoio aos estudantes bolseiros sem vaga em residências estudantis, o chamado complemento de alojamento.

“Aparentemente, o Governo considera possível o arrendamento de um quarto em cidades como Lisboa e Porto por 128,67 euros, o que demonstra um profundo desfasamento da realidade ou uma grande insensibilidade social“, acusa a JSD, apontando que este problema tem levando muitos estudantes a abandonarem o ensino superior.

Lamentando que nem o Governo nem os partidos que o apoiam “tenham previsto quaisquer medidas ou verbas em sede de OE2019” para esta área, a JSD propõe um conjunto de medidas, incluindo fixar o valor do complemento de alojamento até 50% do Salário Mínimo Nacional, ou seja, 300 euros.

A redução da tributação em sede de IRS/IRC dos imóveis arrendados a estudantes do Ensino Superior, o aumento do limiar de elegibilidade na atribuição de bolsa de estudo para os 18 IAS (Indexante dos Apoios Sociais) e um plano de contratualização de serviços de alojamento estudantil na comunidade de proximidade são outras propostas da JSD.

A JSD pretende ainda um aumento das acções de fiscalização dos arrendamentos ilegais e uma dotação orçamental para a construção de novas residências estudantis e para a adaptação e requalificação das residências existentes.

“A JSD acredita que estas medidas são justas e imprescindíveis, porque sem elas o preço dos arrendamentos praticados consubstancia verdadeiros obstáculos ao acesso ao Ensino Superior”, defendemos jovens sociais-democratas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Que falta de bom senso e noção de civilidade. A JSD tem todo o direito de protestar contra o que entende, independentemente do que o PSD tenha feito na Governação. Mas colocar um anúncio de arrendamento com o telefone do local? Sendo que este é a sede de uma instituição – neste caso outro partido – é uma infantilidade e desqualifica quem o faz.
    Não sabem que não podem anunciar arrendar uma coisa que não lhes pertence e menos ainda com o número de telefone? Isso engana os interessados, faz com que se ocupem os telefones com coisa diversa do objecto da instituição e o único objectivo é “chatear” neste caso o PS sem nenhum sentido reivindicativo prático.
    Que tristeza…. pensava eu que os jovens eram mais capazes…

  2. isso não é normal este de coisa, mas coitado dos alunos que não tem dinheiro para pagar quartos nem as suas obrigações, eu é que os obriguei ir estudar, mas para ir para festas, noitadas que até cair bêbados tem dinheiro para isso, na minha casa aprendi uma coisa, queres trabalha para o ter, querem ser dotores toca a ir trabalhar para que tenha direito de protestar e não como fezem neste momento, que muitos nem tiveram grande custos para se formar, mas querem continuar a mamar a custa do reste do país..

RESPONDER

Subida do Salário Mínimo Nacional vai aumentar as propinas

A subida do Salário Mínimo Nacional para os 635 euros em 2020, vai ter influência em valores a pagar ou a receber, nomeadamente nas propinas mínimas do Ensino Superior público e nos tectos do Fundo …

É essencial um acordo internacional para taxar “gigantes” tecnológicos, defende Costa

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou esta sexta-feira insustentável do ponto de vista social a situação em que classes médias e pequenas empresas suportam a maior parte do esforço fiscal e defendeu um acordo …

Lisboa entre as cidades com trânsito mais caótico do mundo

Um estudo da Mister Auto - marca líder de mercado na venda de peças para automóveis - agora divulgado revelou que Lisboa está na 74.ª posição no 'ranking' das cidades mais circuláveis. Ou seja, muito …

Parlamento rejeita reforçar subsídio de doença para doentes crónicos e oncológicos

A Assembleia da República rejeitou esta sexta-feira, na generalidade, reforçar o subsídio de doença para doentes crónicos, oncológicos ou graves. Em causa estavam dois projetos de lei de Bloco de Esquerda e PCP e um projeto …

Vacas levadas pelo furacão Dorian aparecem dois meses depois

Três vacas desapareceram de uma ilha na Carolina do Norte, em setembro, na sequência do furacão Dorian. Nas últimas semanas, foram encontradas a oito quilómetros de distância. As três vacas desaparecidas de uma ilha na Carolina …

Criptomoedas são "péssima ideia" e interferem com a política monetária

O Nobel da Economia de 2007, Eric Maskin, afirmou, em entrevista à Lusa, que as criptomoedas são uma "péssima ideia", alertou que interferem com as medidas de política monetária e partilhou que tem esperança que …

PSD aponta Rio e Pinto Balsemão para Conselho de Estado. PS indica Louçã e Carlos César

PS e PS revelaram esta sexta-feira quais os nomes que vão indicar para o Conselho de Estado. O antigo governante Francisco Pinto Balsemão, o líder do PSD, Rui Rio, e o bloquista Francisco Louçã são …

Empresário de Schumacher diz que foi proibido de visitar o antigo piloto

O antigo empresário de Michael Schumacher, Willi Weber, disse não saber qual é o estado de saúde do antigo piloto, revelando ainda que a sua mulher, Corinna Schumacher, o proibiu de o visitar por temer …

Nevões em França causam um morto e deixam 300 mil famílias sem energia

Os fortes nevões que afetam França desde quinta-feira causaram a morte a uma pessoa e cortes de energia que estão a privar de eletricidade 300 mil famílias, sobretudo no sudeste do país. Um motorista de 63 …

Remoção de algumas placas com amianto "aumenta exponencialmente a perigosidade"

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, confirmou que ainda há estabelecimentos de ensino com estruturas de fibras de amianto incorporado, esclarecendo que a remoção de algumas aumenta a perigosidade. O Ministério da Educação removeu "muitos milhares …