/

Covid-19. Vacinação só de adultos pode tornar os jovens “reservatórios” da variante Delta

5

A vacinação da população adulta pode levar os mais jovens a tornarem-se um “reservatório” da variante Delta, mais contagiosa, e criar um ambiente propício ao surgimento de novas variantes.

De acordo com Julian Tang, virologista na Universidade de Leicester, no Reino Unido, citado pelo Guardian, “a predominância da variante Delta [também conhecida por indiana] sobre a variante Alpha [britânica] confirma uma transmissibilidade maior desta variante sobre a anterior – e uma transmissibilidade muito maior em relação ao vírus original”.

“O vírus vai concentrar-se em populações em idade escolar, que eventualmente se tornarão num reservatório e condutor de qualquer epidemia da variante Delta”, indicou o especialista, acrescentando que estes podem tornar-se “um acesso crítico para novas mutações que possam surgir”.

No início de junho, Kate O’Brien, pediatra e diretora do departamento de vacinas da Organização Mundial de Saúde (OMS), afirmou: “as crianças têm um risco muito baixo de contrair a covid-19” e quando o “fornecimento de vacinas é insuficiente para todos no mundo, imunizar crianças não é uma prioridade”.

No início de maio, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) validou a administração da vacina da Pfizer e da BioNTech a adolescentes entre os 12 e os 15 anos. O Canadá e a Dinamarca foram os primeiros a aprová-la para jovens com mais de 12 anos.

  Taísa Pagno //

5 Comments

  1. Isso é obvio, pois quando houve o fecho das escolas, a pandemia baixou. Estes deviam ser vacinados antes da classe trabalhadora.

  2. o que têm estas vacinas para tentarem que toda a gente as tome, sendo que em muitos casos são totalmente desnecessárias?

    1. nenhuma vacina algum dia conseguirá a imunidade de grupo em virús como os coronavirus ou a influenza.

    a verdade é que já temos alguma imunidade de grupo das células T, senão a mortandade não era minimamente comparável ao que temos hoje, em que a taxa de sobrevivência de pessoas de +80 anos e sem qq ajuda a nível médico anda à volta dos 98,9%

    2. pq razão se tenta por todos os meios inclusive a mentira, para se vacinarem crianças e jovens quando é afirmado pelos proprios especialistas que têm vendido esta ideia de que “”Essa ideia está ultrapassada porque as vacinas não são 100% eficazes, por um lado, mas sobretudo porque as vacinas não protegem contra a infeção e contra a capacidade de transmissão e, portanto, qualquer pessoa mesmo vacinada em algum grau contribui para a transmissão do vírus”, adiantou o investigador do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.” Miguel Castanho in SABADO

    ora uma afirmação deste teor demonstra o ridiculo e falta de método cientifico que é tentar que crianças e jovens tomem qq vacina contra o coronavirus sars-cov-2 ou outro qq coronavirus ou influenza.

    3. mesmo nos idosos dar uma vacina deste tipo ou qq outro o ganho é quase nulo quer pela citação que acima faço quer pelo facto de se saber que qq vacina dada a um idoso e que tente mexer com o seu sistema imunitário tem uma taxa baixíssima de sucesso uma vez que o sistema imunitário destas pessoas já é extremamente débil.

    • Um conjunto de patetices e inverdades. Cita um especialista fora de contexto e tenta concluir o oposto do que o especialista defende. Quanto aos idosos a vacina reduziu brutalmente as hospitalizacões e óbitos. Não compreendo estes tempos em que vivemos, em que toda a gente se acha especialista de tudo. Eu quando não sei não comento, ainda mais comentários patéticos mas potencialmente nocivos para a saúde pública como este seu.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE