/

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Judy Gallagher / Flickr

Aranha Latrodectus variolus, a famigerada viúva-negra

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha.

“Pensando que a [picada] lhes daria poderes de super-heróis, os jovens provocaram a aranha com um pau até que o animal os mordesse”, explicou a 16 de maio o ministro da Bolívia, Virgilio Pietro, citado pelo portal All Thats Interesting.

O mesmo responsável, que falava numa conferência de imprensa de atualização dos números da pandemia de covid-19 no país, detalhou que as crianças encontraram a aranha enquanto pastoreavam cabras na província de Chayanta, a 13 de maio.

A chorar, as crianças foram encontradas pela sua mãe que os levou para um centro de saúde local, que os reencaminhou depois para o hospital mais próximo, onde as crianças sofreram de dores musculares, febres e tremores.

Voltaram depois a ser transferidos para o Hospital Infantil em La Paz, onde tiveram alta no passado dia 20, uma semana depois de terem sido picados, precisa o Telemundo, dando conta que os meninos se encontram bem de saúde.

“Para as crianças, tudo é real. Os filmes são reais, os sonhos podem ser reais e são as ilusões das nossas vidas”, observou ainda Virgilio Pietro.

Tal como refere a National Geographic, uma picada de viúva-negra não é uma sentença de morte, mas as picadas podem ser fatais e as crianças estão no grupo de maior risco, juntamente com os idosos e doentes.

As viúvas-negras não são as aranhas mais venenosas da América do Norte, mas são uma das espécies mais temidas do planeta. O seu veneno é 15 vezes mais forte do que o de uma cascavel, refere ainda a National Geographic.

Esta espécie não é naturalmente agressiva mas pode reagir com uma picada carregada de veneno em situações em que se sentem ameaçadas.

  ZAP //

 

 

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.