Jovem morreu após comer massa que ficou dois dias fora do frigorífico

Um estudante de 20 anos sofreu uma intoxicação provocada por uma bactéria que se revelou fatal, levando-o à morte após a falência do fígado. Tudo por causa de uma massa pré-cozinhada que ficou fora do frigorífico durante dois dias.

Este caso clínico raro é relatado num artigo no US Journal of Clinical Microbiology, reportando-se a um jovem belga de 20 anos que morreu em 2008.

Apesar de já terem passado alguns anos deste desfecho trágico, o caso só mais tarde foi« divulgado cientificamente, referindo que a causa de morte foi uma bactéria que se desenvolveu numa massa que ficou fora do frigorífico durante dois dias.

O jovem costumava preparar as refeições para a semana ao domingo, dividindo-as em porções prontas a aquecer no micro-ondas e guardando-as no frigorífico. Recorria com frequência à mesma receita de massa com molhos pré-cozinhados.

Todavia, na altura fatídica, deixou um dos recipientes com massa fora do frigorífico durante dois dias. Um dos colegas de apartamento pensou que a massa tinha estado fora do frigorífico apenas algumas horas e guardou-a no seu interior.

Cinco dias depois de ter cozinhado a massa, AJ aqueceu-a e comeu-a, apesar de lhe parecer que tinha um sabor estranho ao habitual – mas pensou que era de um molho novo que tinha usado.

Quando acabou de comer, começou a sentir dores de estômago, e depois, vómitos e diarreia. Gradualmente, foi piorando, até que perdeu a consciência.

Levado às urgências, os médicos começaram por achar que tinha sofrido uma intoxicação por álcool, por terem verificado uma falência hepática. Mas os exames sanguíneos não confirmaram o diagnóstico.

A sua condição foi piorando e depois do fígado, os rins também começaram a falhar e o sistema imunitário quase não reagia aos antibióticos que foi tomando.

Acabou por morrer pouco tempo depois.

A autópsia realizada confirmou que a causa da morte tão repentina foi uma infecção causada pela bactéria Bacillus cereus que costuma provocar intoxicações alimentares pouco graves.

O caso de AJ foi agravado pela presença de uma toxina que pode ser gerada pela bactéria. Estes dois factores em conjunto, juntamente com a acção do medicamento que tomou, à base de aspirina, quando se sentiu mal, levaram à acumulação letal de gordura no fígado.

As análises realizadas a amostras da massa e do molho de tomate usados pelo jovem confirmaram que a primeira estava contaminada com “quantidades significativas” da bactéria. Já o molho não continha vestígios da Bacillus cereus.

Trata-se de um caso atípico, como destacam os médicos que reportam o caso, já que muita gente come massa que ficou fora do frigorífico por mais de dois dias sem morrer. Todavia, já se verificaram casos semelhantes. Assim, o melhor é ter muito cuidado com o que se come.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PSP já apanhou mais de três mil pessoas a conduzir sem carta este ano

O número de pessoas detetadas a conduzir sem carta aumentou 22% nos sete primeiros meses deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. "De 1 de janeiro a 31 de julho de 2020, …

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …