Jovem julgada por dar à luz bebé morto é absolvida

Rodrigo Sura / EPA

Evelyn Hernandez

Evelyn Hernández foi condenada a 30 anos de prisão por cometer homicídio agravado em 2017, depois de ter dado à luz um nado-morto na casa-de-banho. Esta segunda-feira, o tribunal de El Salvador absolveu a jovem de 21 anos.

Na passada quinta-feira, Evelyn Hernández foi presente a um juiz, depois de o Supremo Tribunal de El Salvador — onde o aborto é proibido — ter decidido anular a sentença inicial. A jovem já tinha cumprido 33 meses da pena.

Com apenas 19 anos, a rapariga foi condenada a uma sentença de 30 anos de cadeia. Segundo o Público, as autoridades consideraram que o facto de Evelyn não ter procurado cuidados pré-natais levou à morte do bebé.

Contudo, a jovem nem sequer se tinha apercebido da gravidez e chegou mesmo a confundir os sintomas com problemas no estômago. Para além disto, o bebé era fruto de uma violação por um membro de um gangue.

Quando foi levada para o hospital, Evelyn foi detida pelas autoridades e ficou algemada enquanto recebia cuidados médicos. O corpo do nado-morto foi descoberto, mais tarde, numa fossa da habitação.

O veredicto acabou por ser anulado, depois de a defesa mostrar que os testes forenses registam a presença de mecónio nos pulmões do bebé — fator que pode causar asfixia ainda antes do nascimento. Os advogados disseram ainda que os resultados dos testes provavam que Evelyn não tinha tentado abortar o bebé.

“Graças a Deus, a justiça foi feita”, disse Evelyn emocionada após o anúncio do veredicto, enquanto dezenas de mulheres esperavam no tribunal, avança a SIC Notícias.

A advogada, Bertha Maria Deleon, também mostrou o seu entusiasmo no Twitter: “Estou prestes a explodir de felicidade. Hoje é um grande dia para a Justiça. Podemos e continuaremos a lutar porque ainda existem mulheres acusadas que precisam de justiça urgentemente. Mas, hoje, podemos sorrir”, revelou.

Como acontece em muitos casos do género, julgados neste país da América Latina, o crime de aborto, punível com pena de prisão até oito anos, foi alterado para homicídio agravado — crime que implica pena de prisão mínima de 30 anos.

Organizações de defesa dos direitos humanos afirmam que outras 17 mulheres estão detidas em El Salvador por crimes relacionados com as leis antiaborto do país.

DR, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Requiem. Supernova irá fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037

Uma supernova distante, chamada Requiem, vai fazer uma "reaparição fantasmagórica" em 2037. O Hubble captou-a três vezes em 2016, graças a um fenómeno conhecido como lente gravitacional. A Requiem é o resultado de uma explosão estelar …

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …