Jornalista presa por acusar Tribunal Penal Internacional de esconder informações

(dr) Dragan Matić / EPH

Florence Hartmann, jornalista francesa que revelou que o Tribunal dos Crimes de Guerra da ex-Jugoslávia escondeu informação ao Tribunal de Justiça

O Tribunal Penal Internacional para a antiga Jugoslávia anunciou esta terça-feira que Florence Hartmann, acusada de revelar que a instância escondeu informações ao Tribunal Internacional de Justiça, sairá em liberdade condicional “assim que possível”.

A jornalista francesa, de 53 anos, foi detida em Haia na quinta-feira, quando esperava pela sentença de Radovan Karadžic, sendo levada para o centro de detenção do TPIJ. O advogado da jornalista, Guénaël Mettraux, denunciou que esta se encontrava em isolamento, numa sala com as luzes acesas permanentemente e a ser continuamente monitorizada.

“Penso que vão deixar cair a sentença de sete dias e libertá-la logo que possível, provavelmente amanhã”, afirmou o advogado, de acordo com o jornal francês Libération.

Antiga correspondente do Le Monde nos Balcãs, Florence Hartmann foi porta-voz da procuradora-geral do TPIJ Carla Del Ponte entre 2000 e 2006.

A jornalista foi condenada em 2009 por desrespeito ao Tribunal por ter revelado no seu livro “Paix et Châtiment” (Paz e Castigo, de 2007) que o TPIJ tinha escondido informações cruciais sobre o massacre de Srebrenica, que matou cerca de oito mil bósnios em 1995.

Florence Hartmann mencionava duas decisões confidenciais proferidas pelo tribunal de recurso do TPIJ no julgamento do ex-presidente jugoslavo Slobodan Milosevic, que teria permitido provar o envolvimento do Estado sérvio no genocídio de Srebrenica.

A sentença proferida em 2009 foi confirmada em 2011, mas Florence Hartmann alegadamente recusou pagar a multa de sete mil euros, levando os juízes a decretar a sentença de sete dias de prisão.

ZAP / Os Velhotes dos Marretas

PARTILHAR

RESPONDER

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …

Israel vai voltar às urnas. É a terceira eleição consecutiva em menos de um ano

Israel vai ter o terceiro ato eleitoral consecutivo em menos de um ano, estancado num bloqueio político e com um primeiro-ministro acusado de corrupção. Ao terminar à meia-noite de quarta-feira o prazo do Parlamento para eleger …