“Justiça poética” no reencontro de João Mário com a antiga equipa (foi ignorado por ex-colegas e gozado por Rafa)

1

Rodrigo Antunes / EPA

João Mário

João Mário no Benfica-Sporting

João Mário reencontrou os antigos colegas de Alvalade depois de ter protagonizado uma transferência polémica para o Benfica, no Verão passado, e viveu momentos difíceis, além da derrota por 1-3.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

No reencontro com a sua antiga equipa, João Mário foi muito assobiado pelos adeptos do Sporting, como seria expectável. Mas acabou também por ser ignorado pelos antigos colegas, como reporta o Record.

“Tiago Tomás foi dos poucos que abraçou o ex-colega”, refere o jornal desportivo, salientando que João Mário “acabou por ser ignorado pela maioria” dos jogadores do Sporting.

De resto, logo a abrir o jogo, o internacional português sofreu as três primeiras faltas dos leões, com Feddal e Paulinho a verem cartões amarelos na sequência dos lances.

Durante o aquecimento, com os adeptos leoninos a assobiarem e a mandarem bocas das bancadas, até o actual colega de equipa, Rafa, aproveitou para gozar com João Mário. Há imagens que mostram Rafa a repetir as palavras que vinham das bancadas entre sorrisos de gozo partilhados com o próprio João Mário.

Por outro lado, os sportinguistas desfazem-se em elogios a Matheus Nunes. Há quem fale em “justiça poética” quando, aos 61 minutos, João Mário falhou um golo e no seguimento, Matheus Nunes pegou na bola e correu o campo todo para assistir Paulinho para o 2-0 do Sporting.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.