Japão presta “eternas condolências” a americanos mortos na II Guerra

Jim Lo Scalzo / EPA

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, dirige-se a uma sessão conjunta das duas câmaras do parlamento norte-americano, o Senado e o Congresso.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, dirige-se a uma sessão conjunta das duas câmaras do parlamento norte-americano, o Senado e o Congresso.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, o primeiro chefe de Governo do Japão a dirigir-se ao Congresso dos Estados Unidos, apresentou esta quarta-feira “eternas condolências” pelos cidadãos norte-americanos que o seu país matou durante a Segunda Guerra Mundial.

Com o objetivo de aprofundar as relações com os Estados Unidos após uma controvérsia sobre os seus pontos de vista acerca da Segunda Guerra, Shinzo Abe falou aos congressistas em inglês, destacou os fortes laços entre as duas nações nascidos dos escombros de batalhas brutais como Pearl Harbor e Iwo Jima e apresentou um sentido pedido de desculpas pelas ações do Japão.

“Em nome do Japão e do povo japonês, apresento com profundo respeito as minhas eternas condolências pelas almas de todos os norte-americanos que morreram durante a Segunda Guerra Mundial”, declarou, desencadeando o aplauso dos congressistas.

Pouco antes de chegar ao Capitólio, Abe depôs simbolicamente uma coroa de flores num memorial daquele conflito que se estima ter matado 400.000 norte-americanos.

“As batalhas registadas no memorial vieram-me à mente, e refleti sobre os sonhos perdidos e futuros perdidos desses jovens norte-americanos”, afirmou.

A história é dura, o que está feito não pode ser desfeito. Com profundo arrependimento no coração, fiquei ali algum tempo de pé, rezando em silêncio”, disse Abe.

Mas foram as ações do Japão na Ásia durante aquela guerra que ameaçaram ensombrar o seu histórico discurso: no Congresso, o primeiro-ministro nipónico viu-se confrontado com a presença de Lee Yong-Soo, de 87 anos, uma das cerca de 200.000 mulheres asiáticas submetidas a escravatura sexual pelas tropas japonesas ocupantes.

Yong-Soo foi convidada pelo congressista Mike Honda, um dos muitos que acusam Abe de minimizar qualquer papel oficial do país ou das suas Forças Armadas.

Abe expressou “profundos remorsos” pelas ações do Japão nas nações asiáticas vizinhas, mas ficou aquém de um verdadeiro pedido de desculpas exigido por muitos.

“Depois da guerra, iniciámos o nosso caminho carregando sentimentos de profundo remorso por causa da guerra”, sustentou na reunião conjunta das duas câmaras do parlamento norte-americano, o Senado e Câmara dos Representantes.

As nossas ações causaram sofrimento aos povos dos países asiáticos. Não devemos ignorar isso”, defendeu.

Isso enfureceu alguns no Congresso, incluindo Honda, que considerou “chocante e vergonhoso” que Abe “continue a iludir a responsabilidade do seu Governo pelas sistemáticas atrocidades perpetradas pelo Exército Imperial Japonês”.

Os mesmos representantes deverão dar ao Presidente, Barack Obama, autoridade para assinar um vasto acordo de comércio no Pacífico que inclui o Japão, os Estados Unidos e outros 10 países.

O chefe do executivo japonês apostou nesse pacto, que conta com a oposição da esquerda do espetro político.

O acordo, que Abre considerou “mais do que uma ferramenta económica“, vai “muito além de simples vantagens económicas. É também relativo à nossa segurança. A longo prazo, o seu valor estratégico é enorme. Nunca devemos esquecer-nos disso”, referiu.

“Podemos espalhar os nossos valores comuns por todo o mundo e fazer com que criem raízes: o Estado de Direito, a democracia e a liberdade”, disse o primeiro-ministro nipónico.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Cambada de hipócritas e cínicos. E os milhões de civis inocentes mortos que as duas bombas nucleares causaram, não merecem as eternas condolências dos EUA????? Ninguém tem duvidas que estas bombas levaram a um fim mais rápido da WWII, mas não deixou de ser um assassinato em massa de civis inocentes.

RESPONDER

O titanossauro mais antigo do mundo foi descoberto na Patagónia

Ninjatitan zapatai viveu há aproximadamente 140 milhões de anos, no início do Cretáceo, na atual Patagónia, na Argentina. Segundo os cientistas, o novo espécime fóssil de tiranossauro pode ser o mais antigo do mundo. Com cerca …

Volvo prepara mudança estratégica e apresenta o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge

A marca de automóveis sueca apresentou o seu novo modelo 100% elétrico: o C40 Recharge. O modelo representa mais um passo no caminho para a eletrificação total da Volvo, já que esta semana a marca …

Benfica 2-0 Estoril | Águia carimba presença na final

O Benfica venceu o Estoril Praia por 2-0, no Estádio da Luz, e apurou-se para a final da Taça de Portugal, a segunda consecutiva do emblema “encarnado”. Os comandados de Jorge Jesus confirmaram a superioridade …

Um reator nuclear pode ajudar a resolver o mistério do desaparecimento de Amelia Earhart

Uma equipa de investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos Estados Unidos, vai submeter uma folha de alumínio velha e gasta a um feixe de partículas do coração de um reator nuclear na esperança de …

Musk quer criar uma nova cidade no local de lançamento da SpaceX. Vai chamar-se Starbase

O empresário norte-americano Elon Musk está a tentar criar uma nova cidade chamada Starbase nas instalações de lançamento da SpaceX no Texas, nos Estados Unidos. As instalações da SpaceX no Texas estão localizadas em Boca Chica …

Chatbots: A tecnologia que "ressuscita" os mortos é cada vez mais uma realidade

Foi recentemente revelado que em 2017 a Microsoft patenteou um chatbot que, se construído, ressuscitaria digitalmente os mortos. Usando Inteligência Artificial e machine learning, o chatbot proposto traria o nosso ente querido de volta à …

Casal acertou no jackpot de 210 milhões de euros do Euromilhões (mas não registou o boletim)

Dois jovens britânicos pensaram que tinham ganho 182 milhões de libras (cerca de 210 milhões de euros), mas afinal o boletim não tinha sido registado por falta de dinheiro na conta online. Rachel Kennedy, de 19 …

A Islândia foi atingida por 17 mil terramotos na semana passada (e uma erupção pode estar iminente)

Mesmo para uma ilha vulcânica acostumada a tremores ocasionais, esta foi uma semana incomum para a Islândia. De acordo com o Escritório Meteorológico da Islândia, cerca de 17 mil terramotos atingiram a região sudoeste de …

Mulheres portuguesas trabalham mais uma hora e 13 minutos que os homens

As mulheres portuguesas trabalham em cada dia útil mais uma hora e 13 minutos do que os homens, entre trabalho pago e não pago, continuando a ter maior dificuldade em conciliar a profissão com a …

Três sismos acima de 7 na escala de Richter abalam a Nova Zelândia. Autoridades alertam para tsunami

A costa nordeste da Nova Zelândia foi esta quinta feira atingida por três sismos de magnitude acima de 7 na escala de Richter. A proteção civil emitiu um alerta de tsunami após o primeiro terramoto, …