Já só há 3 pessoas nascidas no século XIX

Antonino di Marco / EPA

A italiana Emma Morano, aos 116, é a mulher mais velha do mundo

A italiana Emma Morano, aos 116, é a mulher mais velha do mundo

Emma Morano, uma mulher italiana de 116 anos, é agora a pessoa mais velha do mundo, depois da morte da norte-americana Susannah Mushatt Jones na semana passada. É também a última pessoa viva nascida antes de 1900.

Nascida em 29 de novembro de 1899, a supercentenária Emma Morano acredita que o segredo da sua longevidade é o hábito de comer dois ovos crus todos os dias, dormir cedo e ser solteira.

Emma Morano é a última pessoa viva nascida antes de 1900 (das que o conseguem provar), mas porque os séculos só mudam na passagem do ano 0 para o 1, há mais duas sobreviventes do século XIX: a jamaicana Violet Brown, nascida a 10 de março de 1900, e a japonesa Nabi Tajima, de 4 de agosto de 1900.

Emma é, contudo, a 10ª pessoa que viveu mais tempo desde que os registos são feitos – e, aos 116 anos e 170 dias de vida, está a poucos dias de chegar à marca da japonesa Tane Ikai, que faleceu em 1995 com 116 anos e 175 dias.

Susannah Mushatt Jones, a última norte-americana nascida no século XIX, morreu na quinta-feira da semana passada aos 116 anos e 311 dias, em Brooklyn, nos EUA, depois de 30 anos a viver num lar. Era a 7ª pessoa que viveu mais tempo.

No topo desta lista, a pessoa que viveu mais tempo até hoje (entre os registos verificados) foi a francesa Jeanne Calment, que faleceu em 1997 aos 122 anos e 164 dias.

Há ainda duas portuguesas na lista das pessoas que viveram mais tempo: Maria de Jesus, falecida em janeiro de 2009 aos 115 anos e 114 dias, e Maria do Couto Maia-Lopes, que morreu em julho de 2005 aos 114 anos e 274 dias. Adelina Domingues, nascida em Cabo Verde em 1888, faleceu em agosto de 2002 aos 114 anos e 183 dias.

Os supercentenários – pessoas que completam 110 anos – ocorrem numa ordem de apenas um para cada mil centenários. Estima-se que existam entre 300 e 450 pessoas com mais de 110 anos no mundo, mas atualmente conhece-se apenas 49 casos verificados.

Existem, além das senhoras Emma, Nabi e Violet, 21 pessoas que alegam ter nascido antes de 1900, mas não o conseguem provar. Se contarmos com estas, o posto da pessoa mais velha do mundo passa a ser ocupado por Alimihan Seyiti, uma chinesa que afirma ter 129 anos e 327 dias de vida.

A maioria dos casos não verificados vem de países com populações extremamente pobres que na altura teriam mais dificuldade de acesso a registos, como a China, o Brasil e a Índia. Por outro lado, entre os casos registados de supercentenários, Estados Unidos, Japão, Reino Unido, França e Itália são os países com mais registos (vivos ou já falecidos).

AF, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Querias ahahahahahha e as mulheres uiuiui ahahahahah………………………..

RESPONDER

Entre cursos de água e "kahns", a Alemanha ainda alberga uma minoria étnica de língua eslava

As nações europeias nasceram e desvaneceram ao longo do tempo, mas há uma minoria étnica de língua eslava que permanece dentro da Alemanha. Lehde é uma pacata vila, com cerca 150 habitantes, de ilhas pantanosas interligadas …

Itália 3-0 Suíça | Squadra Azzurra volta a ganhar e a encantar

A Itália tornou-se hoje a primeira seleção a garantir o apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Suíça por 3-0, em encontro da segunda jornada do Grupo A, disputado …

Sony apresenta o seu primeiro drone, o Airpeak S1

Há algum tempo que a Sony planeava lançar um drone, agora, é oficial. A empresa de tecnologia apresentou um drone chamado Airpeak S1 que será, muito provavelmente, o primeiro de muitos. A Sony anunciou oficialmente o …

Candidaturas a astronauta da Agência Espacial Europeia encerram na sexta-feira

Os candidatos têm de ter, pelo menos, um mestrado e experiência profissional, serem fluentes em inglês e ter mais de 1,30 metros.  O prazo para apresentação de candidaturas a vagas para novos astronautas da Agência Espacial …

Dois meses no escuro. Valentina Miozzo passou a quarentena sozinha no Ártico

A pandemia de covid-19 foi um duro golpe de solidão forçada para a maioria das pessoas, mas para a italiana Valentina Miozzo foi a oportunidade perfeita para usufruir de alguns momentos a sós. A meio da …

Pedras misteriosas provocam "corrida aos diamantes" na África do Sul

Uma verdadeira "febre de diamantes" assolou a vila de KwaHlathi, na província de KwaZulu-Natal, litoral da África do Sul. Centenas de pessoas, com utensílios caseiros a servir de engenhos de mineração, ocuparam um terreno à …

Designer cria um "terceiro olho" para quem vive agarrado ao telemóvel

Um designer industrial sul-coreano criou, recentemente, um “terceiro olho” para ajudar aqueles que, mesmo em andamento, não conseguem tirar os olhos do telemóvel. O designer industrial Minwook Paeng criou recentemente o The Third Eye ('terceiro olho' …

Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com …

Adeptos portugueses proibidos de entrar na "fan zone" de Budapeste

Momento confuso numa zona da capital da Hungria, na véspera do jogo com Portugal, na estreia no Europeu 2020. A Hungria não escapou ao coronavírus mas, entre os países que recebem jogos do Europeu 2020, é …

Mulher recebe quatro certificados de imunidade - e nenhum é válido

O governo da Hungria está a emitir cartões que garantem que determinada pessoa, na teoria, é imune ao coronavírus. Mas nem tudo corre bem. A vida nas ruas da Hungria é diferente do que se vive …