Já se sabe como é que os humanos em Marte vão comunicar com a Terra

A NASA vai acrescentar uma nova antena parabólica à sua Deep Space Network (DSN), equipada com espelhos e um recetor especial para permitir transmitir e receber lasers da sonda no espaço profundo.

A nova antena, chamada Deep Space Station-23 (DSS-23), faz parte de uma transição para uma comunicação mais rápida e eficiente, enquanto a NASA se prepara para um regresso à Lua em 2024 e para a primeira missão humana para Marte em meados da década de 2030.

O objetivo é simples: se a NASA vai enviar seres humanos para Marte, a agência espacial precisa de conseguir comunicar com os astronautas e – os lasers podem ajudar a garantir que os futuros marcianos tenham uma boa receção a 40 milhões de quilómetros da Terra.

A construção da antena de 34 metros começou esta semana na Califórnia, nos Estados Unidos. É apenas uma de uma variedade de antenas DSN, elevando o número total de antenas que ajudarão a transmitir mensagens por laser para e do espaço para 13. Atualmente, duas antenas semelhantes também estão em construção em Madrid, em Espanha.

“A DSN é a única linha telefónica da Terra para as nossas duas naves espaciais Voyager – ambas no espaço interestelar -, todas as nossas missões em Marte e a nave espacial New Horizons, que agora está muito além de Plutão”, disse Larry James, vice-diretor do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em comunicado. “Quanto mais exploramos, mais antenas precisamos para conversar com todas as nossas missões”.

A NASA usa as antenas DSN para comunicar com naves espaciais desde a década de 1960, enviando sinais para uma média de 30 naves espaciais por dia. As antenas transmitem e recebem ondas de rádio entre o controle terrestre e a nave espacial.

Embora as ondas de rádio tenham funcionado bem, têm sérias limitações. As ondas de rádio tendem a ficar mais fracas a longas distâncias e têm capacidade limitada. Para as Voyager, que estão muito longe da Terra, isto significa que os sinais para as suas antenas da Terra são muito fracos.

De acordo com o Inverse, lasers são feixes de luz infravermelha que viajam maiores distâncias no espaço e com muito mais potência do que as ondas de rádio.

NASA

“Os lasers podem aumentar a sua taxa de dados de Marte em cerca de dez vezes em comparação com rádio”, disse Suzanne Dodd, diretora da Rede Interplanetária, a organização que administra o DSN. “A nossa esperança é que o fornecimento de uma plataforma para comunicações óticas incentive outros exploradores espaciais a experimentar lasers em missões futuras”.

A NASA testou a comunicação a laser no espaço pela primeira vez no ano de 2013, transmitindo uma imagem da pintura de Mona Lisa para um satélite localizado a 386.000 quilómetros de distância da Terra. A famosa pintura de Leonardo da Vinci foi dividida numa matriz de 152 pixels por 200 pixels e cada pixel foi convertido num tom de cinza representado por um número entre 0 e 4.095. Cada um dos pixels foi transmitido por um pulso de laser disparado num dos 4.096 intervalos de tempo possíveis.

“Num futuro próximo, este tipo de comunicação a laser simples pode servir como um backup da comunicação por rádio que os satélites usam”, disse David Smith, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts. “Num futuro mais distante, pode permitir a comunicação a taxas de dados mais altas do que o que os atuais ligações por rádio podem fornecer”.

A comunicação baseada em feixe de laser será posta à prova no ano de 2022, quando a NASA lançar a sua missão Psyche, que viajará para estudar um asteróide metálico que orbita o Sol entre Marte e Júpiter. O orbitador levará um terminal de teste de comunicação a laser a bordo, projetado para transmitir dados e imagens para um observatório no sul da Califórnia.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Vão pro alho com essa conversa de Humanos emMarte.
    É assassinar pessoas, mada~las para Marte! Não tem qualquer hipotese de sobrevivemcia, e também não tem qualquer futuro, não tem qualquer utilidade.
    Só está aqui em pano de fundo, facturar dinheiro de qualquer maneira, o desprezo pela raça humana.

    • Um tipo igual a si há 500 anos: “É assassinar pessoas mandá-las atravessar o oceano há procura de terras sabe-se lá onde! Não tem qualquer hipótese de sobrevivência, e também não tem qualquer futuro, não tem qualquer utilidade.” É de certeza o que muita gente pensava há 500 anos, quando a maioria da população provavelmente nascia, vivia e morria sem nunca sair da aldeia onde nasceu.

        • Não, não faltou argumento. Os velhos do Restelo de hoje, como o comentador a que respondi, são iguais aos de sempre. Têm vista curta e acham que nada vale a pena.

          • Concordo! O próprio Elon Musk advertiu que quem for a Marte tem que estar preparado para morrer. E acho que pessoas como ele fazem imensa falta ao Mundo. Sonhadores, empreendedores, perseverantes. Como o Infante D. Henrique que mudou a História. Tem riscos? Tem e são elevados! (“Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal!”) Mas quem tem medo é melhor não sair da mediocridade do sofá porque a glória está reservada aos destemidos.

      • tu com certeza para lá não vais, nem PAGO!
        Mas, para os outros, excelente ideia, bestial, que giro, EU fico a “ver” de cá de baixo pela TV.
        Ir para Marte é identico a ir para Ausschwitz. Não faz qualquer sentido, irem para Marte, é uma viagem sem regresso.
        Há gajos que adoram pintar o Inferno de Cor-de-Rosa, mas para os “outros”, Os proprios não vão nessa.

      • Perfeito, É Assim, perfeito! Se a raça humana jamais tivesse se lançado à aventura e ao descobrimento, ainda estaríamos vivendo na África, berço da humanidade (pelo menos sob o ponto de vista da História oficial, já que sabemos que as coisas não foram bem assim). Graças aos navegadores destemidos que embarcaram em frágeis naus é que o Novo Continente foi revelado para o mundo. Vamos para Marte e outros planetas e, quiçá, para as estrelas. Deixemos as dúvidas e as fraquezas para os acomodados que não têm perspectiva de futuro.

    • Até certo ponto concordo, é mandar tudo o que seja Materialista / Marxista / Socialista para lá.
      Isso sim, seria perservar a Raça Humana, porque essa gente só está cá para DESTRUIR! São gente sem “Conhecimento” e que por via disso, andam aí aos Pulos e Saltos em cima das pessoas, a enganr e roubar.
      Até a UE eles já estão a “roer a corda” desde que o Furão Burroso esteve lá.

      • Exemplo da falta de “Conhecimento” está nqa China e o Coronavirus.
        A China o que faz é tudo copiado do estrangeiro, mas isso não dá “Conhecimento”.
        Nós não sabemos tudo, vamos aprendendo com o Tempo, e o “Conhecimento” actual evitaria o Coronavirus que é reusltado de condições de Higiene, Sanitárias que revelam total desconhecimento das implicacoes de más praticas.
        Como vè, a incuria do Desconhecimento pode levar à Extinção da Humanidade num abrir e fechar de Olhos.
        Segundo parece o virus sobrevive entre 10 a 28 dias em ambientes inertes.
        Esperemos que o “Vento” não o espalhe pelo Mundo.
        Os Materialistas , burros como são, tudo para eles neste Mundo é um “mero negocio”, do “Puxa a brasa a sua sardinha”

  2. Eu também sei…a partir de estúdio na terra…de um deserto na terra…da Antárctida…etc… enfim..fantasias e pior, como já disseram acima para ficarem com o dinheiro investido na farsa…

  3. Eu vou a Marte só não prometo é revelar o local onde vai ser feito o cenário de Marte aqui na terra que toda a gente vai achar que lá chegaram e no fundo nem tiram os pés daqui como sempre metem um foguetão no ar para parecer bem e bum milhões de visualizações e montes de dinheiro nos bolsos deles os burros somos sempre nós que acreditamos.

RESPONDER

PRR. Governo admite pedir mais 2,3 mil milhões de euros para capitalizar empresas

Capitalização e inovação das empresas, e a possibilidade de pedir mais 2,3 mil milhões de euros (para um total de cinco mil milhões) na componente de empréstimos. António Costa fez, durante a tarde desta sexta-feira, …

OMS alerta para crescimento "preocupante" de casos no mundo

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira para o continuo crescimento de casos de covid-19 no mundo, referindo que o número de novos casos confirmados por semana quase duplicou nos últimos …

Há falta de sedativos em hospitais brasileiros. Médicos intubam doentes "conscientes"

Estão a surgir vários relatos de profissionais de saúde brasileiros forçados a intubar pacientes sem o auxílio de sedativos. No Brasil, de acordo com a Associated Press, há profissionais de saúde a intubar pacientes sem recurso …

Governo acusado de financiar queima de resíduos recicláveis com 50 milhões de euros

A associação ambientalista Zero acusa o Ministério do Ambiente de utilizar 50 milhões de euros do Fundo Ambiental para financiar a queima de resíduos recicláveis em Lisboa e Porto, indo contra a nova legislação sobre …

Zimbabué. Sem nacionalidade reconhecida, milhares de pessoas lutam de forma desigual por educação e saúde

Centenas de milhares de pessoas no Zimbabué foram marginalizadas e forçadas a lutar de forma desigual pelo acesso à educação, saúde e habitação, porque não têm nacionalidade reconhecida pelo país, acusou um relatório da Amnistia …

Nova Entidade para a Transparência volta a derrapar. Só arranca em 2023

A nova Entidade para a Transparência, o organismo para fiscalizar políticos e altos cargos públicos aprovado em 2019, só deverá arrancar em 2023. A previsão foi avançada por João Caupers, presidente do Tribunal Constitucional (TC), numa …

Bicicleta de Taremi vence prémio de Golo da Semana da Champions

O golo do avançado iraniano, marcado nos instantes finais do jogo contra o Chelsea, que ditou a eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, foi eleito o "Golo da Semana" na prova. "Este chuto espetacular …

Governo levanta suspensão de voos essenciais de e para Brasil e Reino Unido

O Governo levantou, esta sexta-feira, a suspensão de voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido, mas apenas para viagens essenciais.  Os voos com origem ou destino no Brasil e Reino Unido vão …

A Liga dos Campeões vai mudar: mais equipas e um formato inédito

O comité de competições da UEFA reuniu-se esta sexta-feira para aprovar o novo modelo da Liga dos Campeões. O novo formato vai vigorar entre 2024 e 2027. Embora ainda não tenham sido avançadas informações oficiais, o …

Depois do Sofagate, agora é von der Leyen quem está a ser acusada de quebrar o protocolo

Diplomatas da União Europeia dizem que a presidente da Comissão Europeia quebrou o protocolo, uma vez que foi o seu chefe de gabinete que respondeu ao convite da Ucrânia para que marcasse presença na cerimónia …