Itália vai distribuir 202 milhões de doses de vacinas. Putin quer iniciar vacinação já na próxima semana

Hendrik Schmidt / EPA Pool

A vacina contra a covid-19 será gratuita em Itália, cujo Governo prevê distribuir 202,6 milhões de doses em 2021 “num esforço sem precedentes que irá requerer um enorme compromisso coletivo, anunciou o ministro da Saúde.

O ministro, Roberto Speranza, interveio esta quarta-feira no Senado sobre as medidas contra o novo coronavírus a serem implementadas durante as festas de fim de ano e como será o plano de vacinação contra a covid-19 no país.

O governante explicou que “a compra da vacina será centralizada e será administrada gratuitamente a todos os italianos” e que como “é provável que sejam necessárias duas doses, a Itália já tem 202,6 milhões de doses reservadas”.

“O Governo vai acompanhar o progresso” da campanha de vacinação, disse o ministro na sua intervenção no Senado. Segundo Speranza, o período central da campanha de vacinação será a primavera e o verão, já que os primeiros a serem vacinados serão os trabalhadores da saúde e os idosos em lares.

Em seguida, os idosos serão vacinados, começando pelos que estão acima de 80 anos e, posteriormente, pelos que exercem profissões de risco, como polícias e professores.

A distribuição das vacinas, explicou o ministro, será feita com a ajuda do Exército.

A campanha de vacinação começará na primavera de 2021, mas os primeiros lotes das vacinas da Pfizer e Moderna devem ser entregues no final de dezembro ou no início de janeiro. A Itália assinou contratos de fornecimento de vacinas com AstraZeneca, Johnson & Johnson, Sanofi, Pfizer, CureVac e Moderna, de acordo com o ministro.

Putin quer iniciar vacinação já na próxima semana

Por sua vez, O Presidente russo, Vladimir Putin, pediu às autoridades de saúde que comecem já no final da próxima semana a vacinação contra o novo coronavírus.

“Peço que organizem o trabalho para que, no final da próxima semana, comecemos a vacinação em larga escala”, declarou, durante uma videoconferência com a vice-primeira-ministra encarregada da saúde, Tatiana Golikova, afirmando que a “indústria e as infraestruturas estão prontas”.

“Sei que mais de dois milhões de doses já foram produzidas ou serão produzidas nos próximos dias”, acrescentou o Presidente russo, especificando que os “grupos de risco, médicos e professores” serão vacinados primeiro.

A vacina Sputnik V, desenvolvida pelo centro de investigação Gamaleia, em Moscovo, está atualmente na terceira e última fase de testes clínicos com 40.000 voluntários, e os cientistas que a desenvolveram afirmam que é 95% eficaz.

No final de novembro, as autoridades anunciaram que começaram a vacinar os militares russos: mais de 400.000 devem ser vacinados, incluindo 80.000 até ao final deste ano.

As vacinas, que não serão obrigatórias, serão gratuitas para os cidadãos russos.

O primeiro-ministro belga, Alexander De Croo, anunciou também nesta quarta-feira que a vacinação nacional contra o novo coronavírus SARS-Cov-2 irá iniciar-se em 5 de janeiro, sublinhando que “assim que as vacinas estiverem prontas, o país está pronto”.

“Quando as vacinas estiverem prontas, o país está pronto”, salientou, acrescentando que haverá então “protocolos claros sobre quem será vacinado primeiro e como isso irá acontecer”, estando planeado o início da imunização em 5 de janeiro de 2021.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Clubes que desistiram da Superliga vão ter de pagar multa (que pode ser de 300 milhões)

Os clubes que desistiram da ideia de formar uma Superliga Europeia vão ter de pagar uma multa. Apenas Real Madrid e Barcelona ainda não anunciaram a sua saída. Os relatos relativamente ao valor da coima variam …

Antiga moradia do Gerês de CR7 não vai ser demolida. O crime prescreveu

Apesar da IGAMAOT considerar que a construção foi executada à revelia do projeto aprovado, o Ministério Público diz que o caso tem de ser arquivado porque o crime prescreveu. De acordo com o que noticia o …

"Passaporte dourado". Férias, doações ou investimentos: o esquema de Malta para vender a sua nacionalidade

Malta, membro da União Europeia e do espaço Schengen, começou a vender a nacionalidade maltesa há mais de oito anos. Contudo, e-mails da empresa facilitadora, a Henley & Partners, mostram que a "ligação genuína" ao …

Aprovadas alterações à lei eleitoral autárquica. Eleitores em confinamento podem votar em casa e em lares

A Assembleia da República aprovou esta quinta-feira, por maioria, as alterações à lei eleitoral autárquica, que dá resposta às reivindicações dos movimentos de autarcas independentes que se queixavam de dificultar as candidaturas. Votaram a favor PS, …

Sporting interessado em Claudinho, estrela da Red Bull

O Sporting está à procura de reforços para o ataque, tendo em vista já a próxima temporada. Claudinho, do Red Bull Bragantino, é um dos favoritos. O principal foco do Sporting para esta temporada é conquistar …

Sondagem. Operação Marquês faz PS cair e PSD subir

O PSD subiu quatro pontos percentuais na mais recente sondagem, enquanto o PS desceu dois pontos. A decisão da Operação Marquês pode ter tido influência nas intenções de voto. A mais recente sondagem ICS/ISCTE para o …

Cristiano Ronaldo quer regressar ao Manchester United, avança imprensa italiana

O jornal Gazzetta dello Sport escreve que Cristiano Ronaldo quer regressar ao Manchester United, podendo fazê-lo já no final desta temporada. Não seria a primeira vez que se falava do interesse do Manchester United em Cristiano …

Os antigos egípcios tinham uma fixação por gatos. A explicação é mórbida

Os antigos egípcios são conhecidos pela sua adoração por gatos. Ao contemplar peças elaboradas por este povo, são muitas as homenagens aos bichos de quatro patas: desde estátuas gigantescas a joias complexas. Mas por que …

Governo aceita mudanças no teletrabalho. Quer evitar mais uma coligação da oposição

O Governo admite vir a fazer ajustes no decreto-lei que estende até ao final do ano a obrigatoriedade do teletrabalho. O objetivo é evitar uma coligação negativa no Parlamento. Miguel Cabrita, secretário de Estado Adjunto e …

Portugal vai ter doses da AstraZeneca e J&J a mais. Testes da vacina portuguesa previstos para julho

Neste trimestre, Portugal vai receber mais de nove milhões de doses de vacinas, das quais cerca de 5,5 milhões da Pfizer, 795,6 mil da Moderna, 1,6 milhões da AstraZeneca e 1,2 milhões da Janssen. Com a …