Itália vai distribuir 202 milhões de doses de vacinas. Putin quer iniciar vacinação já na próxima semana

Hendrik Schmidt / EPA Pool

A vacina contra a covid-19 será gratuita em Itália, cujo Governo prevê distribuir 202,6 milhões de doses em 2021 “num esforço sem precedentes que irá requerer um enorme compromisso coletivo, anunciou o ministro da Saúde.

O ministro, Roberto Speranza, interveio esta quarta-feira no Senado sobre as medidas contra o novo coronavírus a serem implementadas durante as festas de fim de ano e como será o plano de vacinação contra a covid-19 no país.

O governante explicou que “a compra da vacina será centralizada e será administrada gratuitamente a todos os italianos” e que como “é provável que sejam necessárias duas doses, a Itália já tem 202,6 milhões de doses reservadas”.

“O Governo vai acompanhar o progresso” da campanha de vacinação, disse o ministro na sua intervenção no Senado. Segundo Speranza, o período central da campanha de vacinação será a primavera e o verão, já que os primeiros a serem vacinados serão os trabalhadores da saúde e os idosos em lares.

Em seguida, os idosos serão vacinados, começando pelos que estão acima de 80 anos e, posteriormente, pelos que exercem profissões de risco, como polícias e professores.

A distribuição das vacinas, explicou o ministro, será feita com a ajuda do Exército.

A campanha de vacinação começará na primavera de 2021, mas os primeiros lotes das vacinas da Pfizer e Moderna devem ser entregues no final de dezembro ou no início de janeiro. A Itália assinou contratos de fornecimento de vacinas com AstraZeneca, Johnson & Johnson, Sanofi, Pfizer, CureVac e Moderna, de acordo com o ministro.

Putin quer iniciar vacinação já na próxima semana

Por sua vez, O Presidente russo, Vladimir Putin, pediu às autoridades de saúde que comecem já no final da próxima semana a vacinação contra o novo coronavírus.

“Peço que organizem o trabalho para que, no final da próxima semana, comecemos a vacinação em larga escala”, declarou, durante uma videoconferência com a vice-primeira-ministra encarregada da saúde, Tatiana Golikova, afirmando que a “indústria e as infraestruturas estão prontas”.

“Sei que mais de dois milhões de doses já foram produzidas ou serão produzidas nos próximos dias”, acrescentou o Presidente russo, especificando que os “grupos de risco, médicos e professores” serão vacinados primeiro.

A vacina Sputnik V, desenvolvida pelo centro de investigação Gamaleia, em Moscovo, está atualmente na terceira e última fase de testes clínicos com 40.000 voluntários, e os cientistas que a desenvolveram afirmam que é 95% eficaz.

No final de novembro, as autoridades anunciaram que começaram a vacinar os militares russos: mais de 400.000 devem ser vacinados, incluindo 80.000 até ao final deste ano.

As vacinas, que não serão obrigatórias, serão gratuitas para os cidadãos russos.

O primeiro-ministro belga, Alexander De Croo, anunciou também nesta quarta-feira que a vacinação nacional contra o novo coronavírus SARS-Cov-2 irá iniciar-se em 5 de janeiro, sublinhando que “assim que as vacinas estiverem prontas, o país está pronto”.

“Quando as vacinas estiverem prontas, o país está pronto”, salientou, acrescentando que haverá então “protocolos claros sobre quem será vacinado primeiro e como isso irá acontecer”, estando planeado o início da imunização em 5 de janeiro de 2021.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais 20 mortes e 3396 casos de covid-19. Não havia tantos óbitos desde março

Portugal registou, este sábado, mais 20 mortes e 3396 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3396 novos …

"Integral confiança". Chega segura militantes acusados de agredir homossexual

O Chega anunciou, esta sexta-feira, que mantém "integral confiança" nos candidatos e estruturas local e distrital de Viseu, referindo que só se pronunciará sobre alegadas agressões de motivação homofóbica naquela cidade depois de apurados os …

Há dezenas de autarcas envolvidos em processos sem fim à vista

Dezenas de autarcas foram neste mandato acusados por corrupção, negócios imobiliários duvidosos e abuso de poder, entre outros, em processos judiciais que se arrastam, na maioria, sem desfecho à vista a dois meses de novas …

Milhares de pessoas manifestam-se na Austrália contra o confinamento

Milhares de australianos manifestaram-se, este sábado, em várias cidades do país contra as restrições impostas pelo Governo para controlar o aumento de casos de covid-19. Em Sidney, cerca de mil manifestantes protestaram contra o confinamento decretado …

Há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado

Há 406 farmácias de 104 laboratórios em Portugal continental com testes comparticipados pelo Estado. Saiba quais. O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) atualizou recentemente a lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes …

Há 33 cursos com emprego garantido. Abandono no Ensino Superior aumentou

Este ano, há 30 licenciaturas e três mestrados integrados sem recém-diplomados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Segundo o Observador, o número total (33) é inferior ao de 2020 e de 2019, quando foram …

Chegada de emigrantes obriga autarcas do Interior a apertar as regras

Os autarcas do Interior do país, sobretudo de regiões onde a variante Delta ainda não se impôs e o número de novos casos de covid-19 não limita o quotidiano das populações, estão preocupados com o …

Jovens com menos de 20 anos vacinados numa "happy hour" em Lisboa

Alguns jovens com menos de 20 anos foram vacinados no centro de vacinação do Altice Arena, em Lisboa, depois de terem sido informados que havia "sobras". Task force já negou essa explicação. A situação foi denunciada, …

John Textor diz que reação da SAD do Benfica é "cómica"

O empresário norte-americano que chegou a acordo com o "rei dos frangos" para comprar 25% da Benfica SAD considera que a reação à sua aproximação é "cómica". Este mês, a Benfica SAD comunicou à Comissão de …

Rio acusa Cabrita de "mentir aos portugueses e no Parlamento" sobre festejos do Sporting

Rui Rio acusou o ministro da Administração Interna de "mentir aos portugueses e mentir no Parlamento" e justificou o motivo que levou o PSD a recorrer à figura da audição potestativa, a que os partidos …