/

Israel anuncia cessar-fogo unilateral

Haitham Imad / EPA

Criança palestiniana ferida nos ataques aéreos israelitas na Faixa de Gaza

O Gabinete de Segurança do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, aprovou o cessar-fogo unilateral que interrompe a intervenção militar que estava a decorrer na Faixa de Gaza há 11 dias, de acordo com órgãos de comunicação social locais.

O anúncio do cessar-fogo era esperado, uma vez que Telavive e o Hamas já tinham anunciado a intenção de chegar a este acordo, apesar dos bombardeamentos na Faixa de Gaza que continuaram durante esta quinta-feira e que motivaram uma resposta, novamente, com recurso a foguetes a partir do território palestiniano.

A decisão unilateral de Israel também surgiu depois do aumento da pressão feita por Washington neste sentido.

A reunião, que contou com a presença do primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, e os principais funcionários de segurança do país aconteceu na noite desta quinta-feira.

Responsáveis do Hamas já tinham dito à CNN que um cessar-fogo no conflito israelo-palestiniano estaria “iminente”.

As hostilidades entre o Hamas e Israel já provocaram mais de 230 mortos, a maioria dos quais palestinianos.

  ZAP // Lusa

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE