Astrónomos detetaram, pela primeira vez, isótopos na atmosfera de um exoplaneta

(dr) NASA Exoplanet Catalog

Visualização hipotética do exoplaneta TYC 8998-760-1 b

O TYC 8998-760-1 b, localizado a pouco mais de 300 anos-luz de distância, concedeu a primeira deteção de isótopos na atmosfera de um exoplaneta.

De acordo com o site Science Alert, astrónomos detetaram à volta do exoplaneta gasoso TYC 8998-760-1 b uma forma de carbono conhecida como carbono-13. Trata-se da primeira vez que são detetados isótopos na atmosfera de um exoplaneta.

Este exoplaneta, descoberto em 2019, orbita a sua estrela a uma distância considerável, cerca de 160 unidades astronómicas, mas é grande (o dobro do tamanho de Júpiter), o que significa que é relativamente brilhante com a luz das estrelas refletida.

Por isso, uma equipa de investigadores liderada por Yapeng Zhang, astrónoma da Universidade de Leiden, nos Países Baixos, decidiu analisá-lo mais de perto para ver se essa luz refletida poderia dizer mais alguma coisa sobre ele.

Os cientistas usaram um instrumento chamado SINFONI (Spectrograph for Integral Field Observations in the Near Infrared), localizado no Very Large Telescope (VLT), no Chile, e descobriram que os comprimentos de onda absorvidos pelo TYC 8998-760-1 b são consistentes com o isótopo carbono-13.

A quantidade de carbono-13 encontrada na atmosfera do exoplaneta foi o dobro da abundância esperada. A equipa acredita que isto pode dizer algo sobre as condições sob as quais o TYC 8998-760-1 b se formou.

“Este planeta está mais de 150 vezes mais distante da sua estrela-mãe do que a Terra está do Sol. A uma distância tão grande, os gelos formaram-se possivelmente com mais carbono-13, causando a maior fração deste isótopo na atmosfera do planeta atualmente”, explicou o astrofísico Paul Mollière, do Instituto Max Planck, na Alemanha.

Esta região estaria além da chamada linha do gelo de monóxido de carbono: a distância da estrela além da qual o monóxido de carbono se condensa e congela.

Quaisquer exoplanetas que se formem tão longe do calor da estrela incorporariam esses gelos de monóxido de carbono. Uma vez que os planetas conhecidos no Sistema Solar estão mais próximos do que esta distância do Sol, não se formariam com tanto monóxido de carbono como o TYC 8998-760-1 b, consideram os astrónomos.

“A expectativa é que, no futuro, os isótopos nos ajudem ainda mais a entender exatamente como, onde e quando é que os planetas se formam. Este resultado é apenas o começo“, concluiu Ignas Snellen, astrónomo da mesma universidade holandesa.

O estudo foi publicado, esta quarta-feira, na revista científica Nature.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Mais 1062 casos e seis mortes por covid-19. Internamentos continuam em queda

Há actualmente 497 doentes internados, menos 30 pessoas do que no último balanço. Mais seis pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e mais 1062 casos …

Crescimento sustentado da economia dá margem ao Governo nas negociações para OE

Governo tem a seu favor uma evolução positiva das receitas fiscais, o que lhe deverá permitir metas mais ambiciosas de redução do défice ou, em alternativa, assumir mais medidas com impacto negativo no orçamento. O crescimento …

Portugal contratou mais professores, mas salários baixaram

Em ano de pandemia, um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) mostra as diferenças que existem nas carreiras dos professores na Europa e em Portugal. O reforço do número de professores no …

Afinal, a crise no transporte marítimo mundial não vai estragar o Natal - pelo menos em Portugal

O transporte de mercadorias está a desacelerar na Ásia e o aumento dos custos está a causar uma onda preocupação na distribuição. Porém, o problema não se deverá fazer sentir na época de Natal. A falta …

Líder do Estado Islâmico no Grande Saara morto por forças francesas

O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou esta madrugada que o líder do grupo terrorista "Estado Islâmico no Grande Saara" (EIGS), Adnan Abu Walid Sahraoui, foi "neutralizado" por forças militares francesas. "Trata-se de um novo grande sucesso …

Portugal vai ser o país europeu com mais escalões de IRS

Com o desdobramento do terceiro e do sexto escalão de IRS, Portugal será, a par do Luxemburgo, o país europeu com mais níveis na tabela de taxas de imposto. As mexidas nos escalões de IRS já …

Fisco enviou 50 mil notificações de IUC indevidas e vai anulá-las

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou o envio de cerca de 50 mil notificações indevidas para pagamento do IUC, que serão anuladas. A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou o envio de cerca de 50 …

A dança das cadeiras de Boris está a ser interpretada como uma preparação das próximas eleições

A remodelação governamental que Boris Johnson levou a cabo esta quarta-feira está a ser lida como uma preparação para as próximas eleições, ainda que o calendário político não exija uma ida às urnas antes de …

MP deteta omissões nos diplomas sobre o controlo das bases de dados do SEF

O Conselho Superior do Ministério Público detetou falhas e omissões nos diplomas sobre o controlo das bases de dados do SEF e a transferência das competências administrativas. O Diário de Notícias escreve, esta quarta-feira, que o …

Talibãs confiscam fortunas de antigos funcionários do Governo afegão

O novo Governo talibã confiscou milhões de dólares em dinheiro e ouro de antigos funcionário do Governo do Afeganistão. O Banco Central do Afeganistão, agora controlado pelos talibãs, diz ter confiscado mais de 10 milhões de …