Irão condena “firmemente” ataque na Síria. EUA quis enviar “mensagem clara”

O Irão, aliado do regime sírio de Bashar al-Assad, condenou “firmemente” os ataques norte-americanos a milícias pró-iranianas na Síria, considerando que podem “intensificar os conflitos” na região.

Segundo o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Said Khatibzadeh, o Irão “condena firmemente os ataques ilegais pelas forças norte-americanas nas regiões do leste da Síria, em violação flagrante dos direitos humanos e do direito internacional”.

Estes ataques, por iniciativa “da nova administração norte-americana, arriscam intensificar os conflitos e desestabilizar mais a região”, acrescentou.

As Forças Armadas norte-americanas realizaram ataques aéreos contra milícias pró-iranianas, na madrugada desta sexta-feira, matando 22 combatentes, de acordo com uma organização não-governamental.

Esta foi a primeira operação militar ordenada pela Administração de Joe Biden, em retaliação por ataques contra interesses norte-americanos no Iraque, no meio de uma escalada de tensão entre Washington e Teerão, que mantêm divergências sobre o programa nuclear iraniano.

Entretanto, em declarações aos jornalistas a bordo do avião presidencial Air Force One, a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, disse que o Presidente quis “enviar uma mensagem clara de que agirá para proteger os norte-americanos. E, quando houver ameaças, tem o direito de agir quando e como quiser”.

Segundo os Estados Unidos, os ataques tiveram como alvo “múltiplas infraestruturas localizadas num posto de fronteira usado pelas milícias apoiadas pelo Irão“, no leste da Síria, na fronteira com o Iraque, visando fações iraquianas que integram a poderosa coligação paramilitar de Hachd al-Chaabi.

A operação norte-americana “foi autorizada em resposta a ataques a militares norte-americanos e da coligação no Iraque” disse o Pentágono, referindo-se à coligação internacional contra o Estado Islâmico, liderado pelos Estados Unidos e com presença no Iraque e na Síria.

Segundo o jornal Público, os ataques acontecem quase duas semanas depois de um ataque contra a principal base militar no aeroporto de Erbil, no Iraque, em que morreu um funcionário civil de uma empresa privada e nove pessoas ficaram feridas, incluindo um soldado dos EUA.

O diário acrescentou que, dias depois, as bases norte-americanas em Bagdade também foram atingidas por rockets, incluindo edifícios na chamada Zona Verde.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

No funeral de Filipe, a família real não vai usar uniformes militares "para evitar envergonhar Harry"

No funeral do duque de Edimburgo os membros da família real não vão usar uniformes militares. A quebra na tradição é justificada como medida "para evitar envergonhar" o príncipe Harry. Segundo o The Sun, a decisão …

FBI diz que grupos radicais dos EUA têm fortes ligações com extrema-direita europeia

O diretor do FBI revela que os radicais norte-americanos são os que têm os laços internacionais mais vastos e que se têm deslocado para se encontrarem com outros ativistas. Os norte-americanos de extrema-direita e com motivações …

Nova espécie de pterossauro revela o polegar opositor mais antigo de sempre

Cientistas descobriram uma nova espécie de pterossauro que viveu durante o período Jurássico e que subia às árvores graças aos seus polegares opositores. Esta característica nunca tinha sido observada nestes animais. De acordo com a rede …

Devido ao sucesso da vacinação, Israel põe fim à obrigatoriedade de uso de máscara no exterior

As autoridades israelitas anunciaram hoje que a partir do próximo domingo acabará a obrigatoriedade de uso de máscara no exterior, medida no quadro do levantamento progressivo das restrições ligadas à pandemia de covid-19. Na primavera de …

A rainha Isabel de Castela ficou conhecida por cheirar mal (mas novos documentos põem fim aos mitos)

A famosa rainha Isabel I de Castela, em Espanha, era conhecida por lavar-se pouco e cheirar mal. Contudo, documentos recém-descobertos mostram que possuía uma quantidade enorme de perfumes de grande valor. Isabel I financiou a viagem …

Instagram testa opção que permite ocultar ou mostrar o número de likes

O Instagram vai começar a testar uma nova opção que dá aos seus utilizadores a possibilidade de esconder os likes recebidos nas publicações. Em 2019, a empresa começou por forçar esta mudança, aplicando-a a alguns utilizadores …

Atlético de Madrid: o que aconteceu a João Félix e companhia?

Equipa de Diego Simeone tinha vantagem confortável sobre os dois maiores rivais e, em pouco tempo, só ganhou metade dos pontos que poderia ter ganhado. Ainda lidera mas tem três adversários muito perto. Em Portugal, no …

EUA impõe novas sanções e expulsam dez diplomatas russos. Moscovo promete resposta “inevitável”

O Governo dos EUA anunciou hoje novas sanções financeiras contra a Rússia e a expulsão de 10 diplomatas russos, em resposta a recentes ataques cibernéticos e à interferência na eleição presidencial de 2020 atribuída a …

Rede 5G pode transmitir energia elétrica e substituir baterias

Os investigadores descobriram uma maneira inovadora de explorar a capacidade das redes 5G, transformando-as numa “rede elétrica sem fios” de modo a alimentar dispositivos de Internet das Coisas (IoT) que precisam de baterias para funcionar. Os …

Itália vai enviar réplica de David de Michelangelo para o Dubai

No final de abril, Itália vai enviar uma réplica em tamanho real do famoso David de Michelangelo, feita com impressoras 3D, para a Exposição Universal do Dubai, que se irá realizar de 1 de outubro …