Iraniana condenada a um ano de prisão por protestar contra o uso do véu islâmico

Uma iraniana foi condenada a um ano de prisão por afirmar publicamente a sua oposição ao uso do véu islâmico (hijab), disse este domingo o seu advogado.

O advogado Payam Derafshan explicou que a sentença foi emitida em março passado e que Vida Movahedi foi detida em outubro passado por se ter manifestado de cabeça descoberta na Praça Enghelab. A mulher foi condenada por “incitamento à corrupção e libertinagem”, adiantou o advogado.

A jovem tornou-se o rosto de um protesto contra o uso do véu, rapidamente reprimido pelas autoridades. Como dezenas de mulheres que copiaram seu gesto, foi presa e multada, referiu Derafshan.

Segundo o causídico, no julgamento o juiz declarou que a mulher se opôs “ao véu islâmico obrigatório” e que tinha a intenção de expressar a sua opinião como uma “revolta cívica”.

Vida Movahedi foi uma das centenas de pessoas abrangidas por um indulto do líder supremo do Irão, Ali Khamenei, no começo de abril, mas a decisão ainda não foi aplicada, pelo que continua detida.

No ano passado, Shaparak Shayarizadeh, que tinha sido detida no Irão por tirar o véu de uso obrigatório em público, denunciou que foi condenada a 20 anos de prisão, 18 deles de pena suspensa. “Deram-me a sentença: 20 anos. 20 anos por protestar contra uma lei injusta, pela minha desobediência civil e por tirar o véu em público”, afirmou.

Shayarizadeh foi detida em janeiro nos protestos contra o uso obrigatório do véu no Irão, onde algumas mulheres se manifestaram na avenida Engelab, no Teerão, e penduraram o hijab num poste. Dezenas de mulheres foram detidas entre dezembro e fevereiro devido a este protesto, denominado “as meninas da rua Engelab”.

A advogada de Shayarizadeh era Nasrin Sotudeh, famosa na defesa dos direitos humanos, foi presa por acusações que não foram divulgadas.

O uso obrigatório do véu foi imposto às mulheres no Irão após o triunfo da Revolução Islâmica.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Novo estudo associa o burnout a uma consequência fatal

Uma nova investigação associa o burnout a um aumento de até 20% no risco de desenvolver fibrilhação auricular, a arritmia crónica mais frequente. O burnout é uma perturbação psicológica causada pelo stress excessivo devido a uma …

Pinto da Costa diz ter total confiança em Sérgio Conceição

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, garantiu que tem "total confiança nos jogadores e no treinador", Sérgio Conceição, que no sábado colocou o lugar à disposição, de acordo com a newsletter oficial dos …

Isabel dos Santos utilizou três identidades para entrar e sair de Portugal

A empresária angola Isabel dos Santos utilizou três documentos de identificação distintos durante as últimas viagens que fez entre Portugal e o Reino Unido. "Izabel Dosovna Kukanova", "Isabel José dos Santos" e "Santos Isabel" foram as …

Voar nunca foi tão seguro, garante a Estatística

Voar em companhias áreas comerciais nunca foi tão seguro, garante um estudo levado a cabo por um professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) que monitoriza o número de mortes de passageiros de todo o …

Coronavírus já provocou 56 mortes. China começa a desenvolver vacina

China começou a desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus, que já provocou a morte a 56 pessoas e infetou 1.975 pessoas no país, informa este domingo o jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). De …

Portugueses vencem "Óscares" de animação em Los Angeles

O filme “Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias” da realizadora portuguesa Regina Pessoa, venceu este domingo o prémio de Melhor Curta Metragem e Sérgio Martins venceu a Melhor Direção de Animação em Longa Metragem, pelo …

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …