O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5.

Com o IONIQ 5, a Hyundai apresenta o primeiro modelo da série baseado na sua plataforma E-GMP. O IONIQ 5 vai estar disponível com dois tamanhos de baterias, cada um com tração traseira e tração nas quatro rodas. A nível de design, possui linhas modernas e angulosas.

O IONIQ 5 tem proporções equilibradas e é um modelo atraente, com um ar sofisticado, para o que contribuem os fechos de porta retráteis e a forma dos faróis dianteiros e dos farolins posteriores.

O primeiro modelo da nova submarca de elétricos da Hyundai possui um comprimento de 4,635 metros. Outra curiosidade é a altura do novo Hyundai, pois tem 1,605 m.

Um dos maiores trunfos do IONIQ 5 é a sua imensa distância entre eixos. Com 3 metros entre as rodas, o novo modelo permite acolher packs de baterias com qualquer capacidade.

Tem ainda uma habitabilidade acima da média e uma capacidade para bagagens generosa, com capacidade para 531 litros atrás e 57 litros na frunk (a mala na frente).

Apesar de possuir uma enorme distância entre eixos, o IONIQ 5 recorre a dois packs de baterias relativamente pequenos. O menor tem uma capacidade de 58 kWh, com o maior a atingir 72,6 kWh.

Em condições normais, o IONIQ 5 vai usufruir de apenas um motor com 170 cv e 350 Nm, capaz de chegar aos 100 km/h em 8,5 segundos.

A Hyundai também oferece um sistema elétrico a 800 volts, o que lhe permite recarregar as bateria com potências de até 350 kW. Isto faz com que o IONIQ 5 possa percorrer mais 100 km depois de estar apenas 5 minutos ligado a um carregador rápido (DC) a 350 kW, apesar de as versões mais acessíveis usufruírem de sistemas apenas a 400V.

Já o interior foi projetado como uma sala de estar. O E-GMP oferece um piso interior totalmente plano, sem túnel de transmissão. Não há uma consola central entre a área dos pés do condutor e do passageiro. A prateleira construída entre os bancos é bastante flexível e pode ser aberta e desdobrada de diversas formas.

Para já ainda não se sabe que versão estará disponível e quando. Como tal, os preços para o mercado de Portugal ainda estão dependentes de vários pormenores.

No entanto, com a produção na Coreia do Sul programada para começar no primeiro trimestre, os primeiros veículos do modelo especial são esperados nos mercados no início do verão.

Já no que toca ao preço, este poderá andar entre os 35 mil euros e os 62 mil euros, avança o The Verge.

O carro foi apresentado no passado dia 23 de fevereiro.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Desde quando é que ter uma grande distância entre eixos é uma vantagem, ou um grande trunfo?? Será que esse carro nunca irá precisar de entrar num estacionamento subterrâneo, ou ter que subir uma rampa??

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …