Iogurte duas vezes por semana pode diminuir o risco de cancro do intestino nos homens

Comer, pelo menos, duas porções de iogurte por semana pode prevenir o aparecimento de tumores nos intestinos dos homens.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Washington, no Missouri, Estados Unidos, concluiu, numa investigação recente, que os homens que comem, pelo menos, dois iogurtes por semana têm uma probabilidade 20% menor de desenvolver tumores nos intestinos que podem eventualmente evoluir para cancro.

Além disso, a mesma investigação concluiu que os homens que comem iogurte têm um risco 26% menor de vir a desenvolver adenomas malignos, relata a Visão.

Este artigo científico vai ao encontro de estudos anteriores que sugerem que o consumo de iogurte reduz o risco de cancro no intestino, uma vez que altera o tipo e o volume de bactérias no intestino. Os adenomas são tumores que se formam nas paredes do reto ou do colon e podem ser benignos ou malignos. No entanto, se não forem tratados, podem mesmo ter grande probabilidade de se tornarem malignos.

Para chegar a esta conclusão, os cientistas usaram uma base de dados de dois estudos anteriores – o Health Professionals Follow-Up Study e o Nurses’ Health Study. Do primeiro estudo, a equipa retirou informações relativas a mais de 32.600 homens e estudaram a sua dieta e a evolução dos tumores. Do segundo, acederam aos dados relativos a mais de 55.700 mulheres com a mesma condição e procederam exatamente da mesma forma.

Ambos os estudos investigaram os fatores de risco para o desenvolvimento doenças crónicas, em homens e mulheres respetivamente.

De acordo com a revista, todos os participantes fizeram endoscopias entre 1986 e 2012 e relataram as suas dietas, a cada quatro anos, incluindo a quantidade de iogurte que consumiam. Nos 26 anos em que os estudos decorreram, cerca de 5,800 homens e 8,100 mulheres desenvolveram adenomas.

As conclusões do mais recente estudo, publicado na revista científica Gut, revelam que os homens que consumiam dois ou mais iogurtes por semana tiveram uma probabilidade 26% inferior de desenvolver adenomas cancerígenas. Já no que diz respeito às mulheres, o estudo não encontrou nenhuma ligação.

Uma vez que este estudo é meramente observacional, os cientistas avisam que serão precisas mais investigações sobre o tema. Ainda assim, sugerem que este resultado se deve aos dois probióticos presentes no iogurte. O Lactobacillus bulgaricus e o Streptococcus thermophilus têm o poder de diminuir os carcinógenos no intestino.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo de Hong Kong pede desculpas após polícia pulverizar mesquita

O Governo de Hong Kong pediu esta segunda-feira desculpas a líderes muçulmanos, depois da polícia antimotim ter pulverizado um portão da mesquita e algumas pessoas com um canhão de água, quando as autoridades tentavam dispersar …

Telemóveis e computadores podem acelerar o envelhecimento

Uma nova investigação, levada a cabo por cientistas da Oregon State University, nos Estados Unidos, concluiu que a exposição diária à luz azul, como aquela que é emitida por telemóveis e computadores, pode afetar a …

Quatro espeleólogos portugueses desaparecem em gruta espanhola

Uma equipa de resgate foi acionada para localizar quatro espeleólogos portugueses que estão desde sábado na gruta de Cueto-Coventosa, em Espanha, com os trabalhos de socorro a serem dificultados pelo aumento do nível da água Quatro …

Afinal, Vénus pode não ser tão semelhante à Terra como pensávamos

Uma nova investigação questiona a habitabilidade de Vénus, planeta que os cientistas consideram há pouco tempo numa outra investigação poder ter um clima habitável semelhante ao da Terra. De acordo com a nova investigação, cujos …

Há gelo no polo sul da Lua e pode ter muitas fontes

Um novo estudo sugere que o gelo encontrado na superfície lunar pode ter milhares de milhões de anos, além de ter surgido de diferentes fontes. O estudo, publicado recentemente na Icarus, sugere que a maioria do …

A Evolução mostra que podemos ser a única forma de vida inteligente no Universo

As reduzidas probabilidades que acompanham a nossa evolução ao longo da história podem ser uma pista que talvez sejamos a única forma de vida inteligente no Universo. Será que estamos sozinhos no Universo? Tudo se resume …

A China está a usar a educação como arma para controlar o Tibete

A China quer obrigar crianças tibetanas a abandonarem as escolas da região e mudarem-se para escolas chinesas. O objetivo, segundo uma especialista, é "tirar o tibetano da criança". A batalha geopolítica entre a China e o …

Revelada explosão violenta no coração de um sistema que alberga um buraco negro

Uma equipa de astrónomos, liderada pela Universidade de Southampton, usou câmaras de última geração para criar um filme com alta taxa de quadros de um sistema com um buraco negro em crescimento e a um …

"É altura de dizer basta". Sporting corta com as claques

O Sporting rescindiu “com efeitos imediatos” os protocolos que celebrou em 31 de julho com a Associação Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI – Associação, anunciou hoje o clube, devido à “escalada de …

Poluição atmosférica associada a abortos espontâneos

Elevados níveis de poluição atmosférica foram associados a abortos espontâneos num estudo feito com mulheres grávidas a viver e trabalhar em Beijing, na China. A China é um dos países que mais sofre com a poluição …