Investigação à múmia extraterrestre chilena pode ter sido “anti-ética”

(dr) Emery Smith

Ata, a pequena múmia “extraterrestre” encontrada no deserto do Atacama

Um novo estudo sugere que as análises genómicas realizadas na múmia chilena que se pensava ser extraterrestre foram desnecessárias e anti-éticas.

Encontrada em 2003, no deserto do Atacama, a estranha forma do esqueleto, de apenas 15 centímetros e com uma cabeça alongada, alimentou rumores de que seria extraterrestre.

Desde então, testes de ADN confirmaram que os restos mortais pertenciam a um feto humano que os investigadores batizaram de Ata. Porém, os cientistas que conduziram a investigação e publicaram as suas descobertas em março têm sido criticados pelos métodos usados na pesquisa.

Na quarta-feira passada, outro grupo de investigadores apresentou uma nova avaliação do estudo anterior, publicado no International Journal of Paleopathology, criticando os seus autores e sugerindo que as suas conclusões sobre as chamadas anormalidades do esqueleto – como a falta de costelas – refletem uma compreensão incompleta do desenvolvimento fetal normal, avança o Live Science.

Essa má interpretação dos restos mortais levou os cientistas a prosseguir com a extração de ADN que danificou parte do esqueleto. A investigação, que não incluiu quaisquer investigadores chilenos, pode ter ultrapassado os protocolos que normalmente controlam a ética da pesquisa realizada com esqueletos humanos, já que a sua publicação omitiu “uma declaração de ética suficiente ou licença arqueológica”, escreveu Kristina Killgrove, co-autora do novo estudo e professora assistente de antropologia na Universidade do Oeste da Flórida, num artigo para a Forbes.

No novo estudo, os autores notaram que o crânio e o corpo de aspecto incomum da múmia não eram necessariamente o resultado de “anomalias”, tal como sugerido pela pesquisa anterior. Em vez disso, o crânio poderia ter sido alongado pelo parto vaginal do feto prematuro, enquanto que o calor e a pressão no subsolo depois de o corpo ter sido enterrado poderiam ter comprimido ainda mais o crânio.

Os investigadores desta nova análise também questionam a sugestão do estudo anterior de que “novas mutações” poderiam explicar o tamanho da múmia. Os autores observaram que o desenvolvimento esquelético na idade suspeita do feto, 15 semanas, não teria sido afetado pelas variantes genéticas que os outros investigadores descreveram no seu estudo.

De acordo com os cientistas do novo estudo, como se acredita que os restos mortais tenham apenas algumas décadas, estudá-los levantam preocupações éticas que o estudo anterior não tratou de forma adequada.

Além disso, como a extração de ADN pode destruir alguns dos tecidos do corpo, deveriam ter sido aplicadas restrições adicionais nesse exame. E não está ainda claro no estudo anterior que a amostra de ADN tenha sido necessária para começar.

“Infelizmente, não havia justificação científica para realizar análises genómicas da Ata porque o esqueleto é normal”, escreveram os autores do novo estudo, acrescentando que o teste do genoma completo realizado anteriormente “foi desnecessário e anti-ético”.

“Alertamos os investigadores de ADN sobre como se envolver em casos que têm falta de contexto e legalidade claros, ou onde os restos residem em coleções particulares”, concluíram.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Não vê nenhum cientista (digno desse nome, que, como em qualquer outra profissão, também há charlatães) afirmar com certeza que estamos sozinhos no Universo. Aliás, tanto quanto sei, a maioria dos que se dedicam a esse tipo de questões considera improvável essa hipótese. Qualquer equipa de cientistas teria todo o interesse em encontrar vida (ou restos de vida) que conseguissem provar ser extraterrestre, pois tornar-se-iam instantaneamente estrelas no mundo científico, ficando com o seu nome para sempre ligado a uma das descobertas mais extraordinárias da humanidade. Contudo, para o resultado ser aceite pela comunidade científica, isso teria que ser demonstrado com muito pouca margem para dúvida.
      Só alguém com uma mentalidade profundamente anti-científica e ignorante pode achar que é possível a partir de “esta múmia não é extraterrestre” inferir que “não existem extraterrestres” (ou que algum cientista no seu prefeito juízo acreditaria nisso).

  1. Estes títulos são absolutamente ridículos, aspas no “anti-ético”, mas o altamente especulativo, o absurdo, o delirante “extraterrestre” está sem aspas!
    E ainda escrevem “que se pensava ser extraterrestre”, mas quem? Os lunáticos do canal História?

    • Caro VM,
      O titulo inicial tinha efectivamente “extraterrestre” (por ser uma especulação) e “anti-ético” (por ser uma citação. Entendemos que havia aspas a mais a fazer ruído, e optámos por manter as que assinalavam a citação.

RESPONDER

Netanyahu anuncia retirada da sua imunidade parlamentar

Benjamin Netanyahu retirou o pedido de imunidade ao Parlamento israelita contras as três acusações de que foi alvo em novembro, que envolvem casos de corrupção, fraude e abuso de confiança. O primeiro-ministro de Israel disse, em …

Vitória já tem proposta por Tapsoba (e pode fazer encaixe histórico)

O Vitória de Guimarães recebeu uma proposta por Edmond Tapsoba que pode levar os vimaranenses a abrir mão do jogador. Sabe-se que a proposta recebida ronda os 20 milhões de euros. A notícia avançada esta terça-feira …

Livre exige que património das ex-colónias em museus portugueses seja devolvido

O Livre quer que todo o património das ex-colónias, presente em território português, possa ser restituído pelos países de origem de forma a “descolonizar” museus e monumentos estatais. O partido da papoila quer que o património …

Pedro Sánchez usou helicóptero que procurava homem desaparecido

O primeiro-ministro espanhol requisitou, na passada quinta-feira, um helicóptero que estava a ser utilizado nas operações de busca de um homem de 34 anos que estava desaparecido em Maiorca. De acordo com o jornal espanhol ABC, tratava-se …

Isabel dos Santos contrata advogados de Ronaldo, Meghan e J. K. Rowling

Isabel dos Santos decidiu esta segunda-feira processar o consórcio de jornalistas. Para tal, contratou a mesma firma de advogados que conta com clientes como Cristiano Ronaldo, Harry e Meghan Markle e J. K. Rowling. Depois de …

ERC dá parecer favorável à nova direção de informação da RTP

A Entidade Reguladora para a Comunicação (ERC) deu, esta segunda-feira, "parecer favorável à nova direção de informação da RTP", 20 dias depois de a equipa liderada por António José Teixeira ter sido indigitada. O Conselho Regulador …

OE2020. BE quer fim do regime "aberrante" dos vistos gold

O BE destacou, entre as cerca de 200 propostas de alteração que apresentou ao Orçamento do Estado, o fim do regime dos ‘vistos gold’ e a obrigação de qualquer injeção de capital no Novo Banco …

Após 20 anos de silêncio, sinos e carrilhões de Mafra voltam a tocar

Os sinos e os carrilhões do Palácio de Mafra vão tocar a partir de 1 de fevereiro, após obras de restauro, depois de os primeiros sinais de deterioração surgirem a 11 de setembro de 2001, …

Encontro secreto de bispos críticos do Papa Francisco em resort de luxo em Sintra

Uma centena de bispos de todo o mundo reuniu-se em Sintra, no resort de luxo Penha Longa, num encontro envolvido em secretismo que não contou com intervenientes portugueses. As razões ou o que se discutiu …

Quim Torra perde mandato de deputado. Catalunha arrisca ficar sem Governo

O presidente independentista da Catalunha perdeu o seu mandato como deputado regional, esta segunda-feira, o que levanta dúvidas sobre a sua continuação à frente do Governo regional. Quim Torra, do partido Juntos pela Catalunha de Carles …