/

Cientistas encontram “múmia extraterrestre” no Peru

11

Um grupo de cientistas descobriu em Nazca, no Perú, uma múmia que “não tem relação com os seres humanos atuais”. Prova da existência de extraterrestres, ou um embuste?

Trata-se do que parece ser um corpo mumificado, de cor branca, com cerca de 1,68 metros de altura. Tem traços alienígenas, crânio alongado e três dedos em cada mão e em cada pé. Não tem nariz, nem ouvidos.

Segundo o Gaia.com, um site que cobra aos leitores mais curiosos para acederem ao seu “conteúdo original” e que está a promover uma expedição ao Peru para investigar a “anómala descoberta”, esta pode ser a primeira prova inquestionável da existência de uma espécie humanoide não humana.

Estima-se que a idade do estranho corpo mumificado seja de cerca de 2.400 anos. Os autoproclamados “investigadores do paranormal” do Gaia.com anunciaram que vão fazer uma apresentação mundial da múmia, na qual darão a conhecer mais detalhes da descoberta no dia 11 de julho, na cidade de Lima.

As análises da tomografia computorizada permitem ver o esqueleto e todos os órgãos internos da múmia.

Mas nem todos estão convencidos da autenticidade da descoberta – ou sequer do vídeo que a apresenta – e um perito em OVNis citado pelo Daily Mail diz mesmo que a múmia não é mais do que um modelo em gesso.

Segundo diz ao mesmo jornal a antropóloga Alicia McDermot, “por vezes, os cientistas que estudam a origem do Homem vêem-se numa situação em que têm que identificar se uma descoberta é verdadeira, provável, ou falsa. E nessas situações, é muito importante não tirar conclusões precipitadas, e sabermos permanecer curiosos, mas cépticos“.

Sem qualquer dúvida de que se trata de uma fraude está o Doubtful News, site que se dedica a desmistificar descobertas pseudo-científicas, que enumera as razões pelas quais é perfeitamente claro que se trata de um esquema — à cabeça das quais, o envolvimento na expedição do “cientista” mexicano Jaime Maussan, um “embusteiro em série”.

Nas redes sociais, a descoberta provocou acesa discussão, e a opinião do público dividiu-se de forma radical. Muitas pessoas duvidam da origem da múmia, considerando-a uma falsificação mal feita, enquanto outras não têm dúvidas de que as características do achado são incontornáveis, e que a sua apresentação mundial tirará todas as dúvidas.

A primeira prova da existência de extraterrestres, ou meramente uma sofisticada burla? O tempo o dirá, muito em breve.

  ZAP //

11 Comments

  1. Bem, em primeiro lugar o site não “paga” para verem os conteudos originais mas cobra. E cobra não só pra isso como pra dar palestras como se de um circo se tratasse. Além do mais um dos pseudo cientistas ligado à descoberta é um fulano que já esteve envolvido em diversos embustes. Então, toda a noticia perde a sua credibilidade, ainda que seja possível a sua veracidade.

  2. Olá ZAP, “Não tem nariz, nem ouvidos.”, pelo que vi, o corpo mumificado tem nariz.
    Quanto se é embuste ou não, não arrisco opinião, mas se não for embuste, provavelmente nunca o saberemos, pois isso viria a desconstruir todas as desculpas dadas pelos vários governos, que garantem não ter qualquer prova de vida extraterrestre, apesar de tantas pessoas testemunharem o contrário.

  3. Mas ainda não acreditam em vida extraterrestre? A sério?? Já viram os milhares de exo-planetas que a Nasa identificou?? (Planetas com água e atmosfera semelhante à nossa)
    Basta um desses planetas ter mais 1 milhão ou dois de idade em relaçao à terra (em idade astrológica nao é rigorosamente nada) que as espécies de la estão num grau de evoluçao m cientifico muito maior.. naves espaciais? Bastante fácil para eles.. colonizar outros planetas? Tb n deve ser muito difícil com conhecimentos de genérica anos luz à nossa frente.. ainda acreditam que o pai natal veio aqui à terra com umas barbas branquinhas, estalou os dedos e fez-se vida. Enfim..

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.