A medula espinal não está sozinha. O intestino também gera as suas próprias células sanguíneas

Os pacientes que recebem transplantes intestinais podem receber mais do que apenas um novo intestino saudável: um novo suplemento de células sanguíneas de outra pessoa.

Nos últimos dois anos, os cientistas começaram a aperceber-se de que os pacientes que recebem pedaços de intestino doados apresentam também quimerismo sanguíneo. Na prática, isto significa que os pacientes não só fabricam as suas próprias células sanguíneas como também possuem células outrora pertencentes ao seu doador.

Até hoje, pensava-se que o único lugar onde os seres humanos adultos produziam novas células sanguíneas era a medula óssea. No entanto, esta descoberta sugere que o nosso intestino contém também tecido hematopoiético capaz de bombear um fluxo de leucócitos e hemácias para o nosso sistema circulatório.

Apesar de não saberem ao certo, os cientistas estimam que o reservatório de células do intestino forma até 10% das células sanguíneas circulantes.

Para observarem de perto e verem o que acontece com estas células a longo prazo, a equipa de cientistas acompanhou 21 recetores de transplantes intestinais durante cinco anos. Os cientistas não só encontraram células estaminais e progenitoras hematopoiéticas (HSPCs) na mucosa do intestino doado, como também as identificaram numa secção do intestino delgado, fígado e gânglios linfáticos.

Além disso, a equipa notou que, com o passar do tempo, estas células foram sendo gradualmente substituídas por “tecidos de construção” do sangue do próprio recetor.

Num primeiro momento, os cientistas ficaram muito preocupados, dado que os glóbulos brancos são uma espécie de infantaria do sistema imunológico, que atacam os invasores. O órgão doado não é encarado como um imigrante amigável no corpo do recetor, sendo por esse motivo que muitas vezes são necessários medicamentos poderosos de anti-rejeição para amortecer a resposta imune e impedir que o órgão seja destruído.

No entanto, isto não constituiu um problema. “Provamos que há uma espécie de conversa imunológica cruzada entre os dois grupos de células do sangue que protegem o transplante do sistema imunológico e o paciente do transplante”, explicou Megan Sykes, investigadora do Centro de Imunologia Translacional da Universidade de Columbia.

Segundo o estudo, publicado recentemente na revista Cell Stem Cell, os HSPCs do doador estavam aparentemente a ser “educados” para reconhecer a sua nova casa, mesmo quando foram lentamente substituídos. Este clima de paz que envolve as células brancas do sangue pode traduzir-se num benefício surpreendente ao quimerismo sanguíneo.

Os transplantes intestinais apresentam uma grande taxa de rejeição, cerca de 50% nos primeiros cinco anos. Este estudo vem trazer alguma esperança, dado que é possível que em pacientes com um alto nível de células do doador possam não precisar de tanta imunossupressão quanto a que estão a receber atualmente. Por sua vez, reduzir a imunossupressão pode melhorar os resultados, esclarece a especialista.

A combinação entre órgãos transplantados com células estaminais hematopoiéticas do doador pode aumentar a interferência entre o doador e o recetor e, assim, aumentar a tolerância ao transplante.

“Isto poderia melhorar drasticamente a vida dos pacientes transplantados. O nosso objetivo final é obter tolerância imunológica, o que nos permitiria eliminar completamente a imunossupressão. Este é realmente o Santo Graal“, conclui Sykes.

Desta forma, os cientistas estão agora a planear um estudo futuro que tentará aumentar a quantidade de células estaminais hematopoiéticas durante o transplante intestinal, o que resultará em maiores níveis de circulação sanguínea do doador, tolerância imunológica e menor necessidade de imunossupressores.

LM, ZAP // ScienceAlert

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Tratem bem dos vossos intestinos. Probióticos ajudam imenso na manutenção de uma boa saúde geral.
    Suplementos de probióticos em especial se tomaram antibióticos, pois estes matam toda a flora intestinal e depois baixa a imunidade. E enemas com água morna (ou há quem faça com café!) também limpam bem a porcaria incrustada do “cano”.

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …