Curados da covid-19 continuam com sintomas meses depois de terem contraído o vírus

(dr) Envato Elements

Um estudo da Universidade de Oxford indica que 64% dos pacientes hospitalizados com o novo coronavírus apresenta falta de ar 2 a 3 meses depois de serem infetados. E quase 40% tem sintomas de depressão.

Já se sabia que a covid-19 traz sintomas imediatos aos infetados, o que não se sabia é que o vírus também tem efeitos a longo prazo.

Um estudo da Universidade de Oxford mostra que muitos dos pacientes que são internados com o novo coronavírus continuam a ter sintomas da doença mesmo depois de realizarem um teste que teve resultado negativo. Esses sintomas passam por falta de ar ou cansaço, ansiedade e até mesmo depressão.

Numa pré-publicação divulgada este domingo, cientistas de Oxford detetaram ainda anomalias em vários órgãos e inflamações persistentes em curados da covid-19. Dois a três meses depois de receberam alta hospitalar, 64% dos pacientes que participaram no estudo sentiram falta de ar, e 55% disse ter sentido cansaço generalizado.

O estudo revela que indivíduos que foram hospitalizados devido à covid-19 também vêm aumentar a sua probabilidade de apresentarem sintomas de média ou grave ansiedade (de 10% para 35%) e de depressão (17% para 39%).

Os números mais problemáticos dizem respeito a anormalidades observadas em múltiplos órgãos. Mais de metade dos pacientes estudados (cerca de 60%) apresentou anomalias nos pulmões após a infeção, enquanto 29% mostraram problemas nos rins, 26% no coração e 10% no fígado. Os cientistas concluíram ainda que a infeção veio diminuir a tolerância de pacientes com covid-19 para a prática de exercício físico.

De acordo com a revista Sábado, na pesquisa foram inseridos 58 pacientes internados com covid-19, com idade média de 55 anos. Destes, 21 precisaram de ser internados nos cuidados intensivos devido à doença.

Já tinham sido conhecidos casos em que os sintomas da covid-19 continuam meses a persistir depois do diagnóstico, mas não existem estudos sobre os efeitos a longo prazo da doença que permitam quanto tempo estes podem estar presentes.

Em setembro foi conhecido o caso de Charlie Russel, de 27 anos, que havia sido infetado pelo novo coronavírus em março. Desde então, o jovem britânico teve sempre dores no peito, dores de cabeça constantes, falta de ar, tonturas e cansaço constante.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Novo método permite eliminar a bioincrustação marinha eficazmente

Um projeto inovador demonstrou como os revestimentos de superfície eletricamente carregados podem eliminar a bioincrustação marinha ou o crescimento de organismos marinhos, melhorando a operação e manutenção de embarcações navais. A bioincrustação marinha é um fenómeno …

Aglomerado de safiras estrela encontrado no Sri Lanka pode ser o maior do mundo

Um aglomerado de safiras estrela do mundo foi encontrado num quintal no Sri Lanka. A pedra é azul, pesa 510 quilos e estima-se que valha cerca de 84 milhões de euros. A pedra foi encontrada …

Médico sírio acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade

Um médico sírio foi acusado na Alemanha de crimes contra a humanidade por supostamente torturar e matar pessoas em hospitais militares no seu país de origem, informaram os promotores na quarta-feira. O Ministério Público Federal de …

Justiça climática. Vamos todos sofrer com as alterações climáticas, mas não de forma igual

A recente onda de calor na América do Norte é mais um exemplo de que apesar de ser um problema global, as alterações climáticas não vão afectar todos igualmente e podem exacerbar injustiças sociais e …

Os exemplos que Portugal deve seguir (e evitar) nas últimas etapas da pandemia

No plano apresentado pela equipa de Raquel Duarte comparam-se as estratégias opostas adotadas por Israel e Reino Unido, com a segunda a merecer nota negativa por parte dos investigadores. Os dados foram lançados na reunião que …

Jogos da Taça da Liga de sábado adiados para domingo para poderem ter público

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) anunciou, esta quinta-feira, que os jogos da Taça da Liga agendados para sábado vão ser adiados para domingo, para que possam ter público nas bancadas. "A Liga, …

Dinamarca enfrenta acção legal por querer repatriar refugiados sírios

O governo dinamarquês quer repatriar sírios naturais de Damasco depois de um relatório mostrar que há zonas da Síria onde a segurança melhorou. A decisão está a ser criticada por activistas e o caso pode …

Pela primeira vez, foi observada luz por detrás de um buraco negro

Um estudo divulgado esta quarta-feira revelou a primeira observação direta da luz por detrás de um buraco negro, através da deteção de pequenos sinais luminosos de raios-X, confirmando a Teoria da Relatividade Geral, de Einstein. Segundo …

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …

Defesa de Salgado alega diagnóstico preliminar de Alzheimer do ex-banqueiro

A defesa do antigo presidente do BES, que está a ser julgado por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, pediu ao tribunal uma perícia médica devido ao seu diagnóstico preliminar …