Inteligência artificial já sabe fazer bluff e ganhar um jogo de póquer

Em janeiro, um programa de computador criado por dois investigadores norte-americanos, o Libratus, provou ser capaz de vencer os melhores do mundo no póquer. Agora, quase um ano depois, os investigadores revelam como foi possível.

Segundo o estudo publicado domingo na revista Science, a aprendizagem do Libratus baseia-se em três módulos. O estágio inicial baseia-se em ensinar uma versão simplificada do jogo, fazendo com que o sistema considere 10161 hipóteses possíveis de decisão.

Após a primeira fase, o sistema é capaz de criar um mapa estratégico para seguir. Depois, o programa aprende a partir de jogadas que não estão inseridas na versão simplificada do póquer. Já o terceiro módulo dedica-se ao “auto-aperfeiçoamento”, mas sem se aproveitar das fraquezas do adversário.

“Geralmente, em jogos, a inteligência artificial aprende a basear-se no jogo do adversário e encontrar falhas na sua estratégia (por exemplo, abandonar demasiadas rodadas) e explorar esses erros”, lê-se no estudo. “O problema é que ao explorar os oponentes, a inteligência artificial abre-se a ser, ela mesma, enganada”.

Segundo o Público, o terceiro módulo analisa o tamanho das apostas dos adversários para, assim, detetar possíveis “buracos na estratégia” e saber se estão a fazer bluff.

Em suma, o Libratus aprende a arte de fazer bluff – ao apresentar jogadas de forma aleatória para confundir os oponentes – e interpreta a informação enganosa para conseguir ganhar o jogo.

Tuomas Sandholm, professor de ciências da computação da Universidade de Carnegie Mellon, e Noam Brown, estudante de doutoramento no mesmo departamento, afirmam que este foi um verdadeiro desafio, mas foi assim que se tornou possível o computador vencer quatro dos melhores jogadores do mundo num torneio de 20 dias.

A inteligência artificial já venceu em vários jogos de estratégia, como o Go, mas o póquer é uma área muito mais complicada por esconder certos elementos. Ao contrário do póquer, “nos sistemas de informação perfeita, ambos os jogadores sabem o estado do jogo a qualquer ponto”, explicam os autores do relatório.

Este é um importante avanço para o futuro e difusão das aplicações de inteligência artificial. Conforme afirmam os investigadores, “as técnicas que desenvolvemos podem ser utilizadas noutros sistemas de informação, incluindo aplicações que não são meramente recreativas”.

ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. O ser humano é burro que nem uma porta! Brincamos com estas coisas e pode ser que um dia, sejamos extintos por causa disto! Isto pode ser o principio do fim…Agora vão algumas pessoas pensar: ah, que disparate que ele escreve!” Deus queira que seja mesmo um disparate! Oxalá esteja enganado, mas que pode ser o principio do fim lá isso pode!

    • Pois quando falo no Terminator, há gente que ainda deve soltar umas gargalhadas, quando na verdade falo muito a sério.
      Procure por “The Threat from Artificial Intelligence” Corey Goode. Aviso já que pode ser ainda mais assustador do que aquilo que você já pensa saber… Nunca deveríamos ter começado a brincar com essa coisa, agora já temos por aí muita gente infetada com o vírus da IA.

  2. Não percebo porque não publicam certos comentários meus. Outros aparecem na hora!…
    Não ofendi ninguém. Será que toquei nalgum assunto “censurado”?!… Vamos ver se publicam a minha resposta ao Pedro…

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …