Insetos eram metade da dieta dos primeiros humanos

foto: crickeat.com

Os insetos poderiam ter representado quase metade da dieta diária dos primeiros humanos há milhões de anos, segundo uma nova investigação.

Os cientistas supunham que o homem primitivo vivia com uma dieta à base de carne de mamíferos grandes ou nozes e folhas. Mas os académicos de Heriot Watt-University e Wayne State University revelaram que os insetos poderiam ter sido uma importante fonte de alimento para os humanos há aproximadamente 1,8 milhões de anos, representando quase 50% da dieta dos nossos ancestrais.

A descoberta foi feita por casualidade, depois de serem levados a cabo testes em lama de aparência incomum, recolhida em escavações em Olduvai Gorge, na Tanzânia.

Ao testar o lodo em Heriot-Watt, confirmou-se que os sedimentos eram, de facto, um antigo ninho de térmitas.

Depois de comparar as assinaturas de carbono nos dentes fósseis encontradas naquele sítio, com as assinaturas de carbono encontradas na fonte potencial de alimento, os académicos fizeram uma descoberta pioneira.

Calyton Magill, beneficiário da investigação da Univerisdade Heriot-Watt, disse: “A descoberta foi feita casualmente quando mostrei a um amigo meu especialista em insetos, uma imagem do solo incomum e ele descobriu que, na realidade, aquilo era um ninho de térmitas”.

“Contamos com uma equipa especializada no Centro Lyell, que se encontra numa dezena de laboratórios por todo o mundo, que puderam testar, detetar e isolar os fósseis“, continuou.

“Descobrirmos que os insetos foram de facto uma fonte importante de alimento há milhões de anos. Agora queremos ir a outros sítios arqueológicos para ver se descobrimos outras amostras como esta. Temos tentado fazer esta ligação durante os últimos 40 anos e finalmente conseguimos.”

Julie Lesnik do departamento de Antropolgia da Universidade de Wayne State, em Detroit, nos Estados Unidos, explicou em comunicado: “Os insetos são uma fonte importante de alimento para milhares de milhões de pessoas no mundo de hoje, mas os investigadores tendem a ignorar esta fonte de alimento quando reconstroem as dietas passadas”.

Agora, avançam os investigadores, sabe-se que os hominídeos de Olduvai teriam vivido com o tipo exato de térmitas que se preferem como alimento hoje em dia.

“Muitas pessoas hoje estudam o potencial de utilizar insetos nas nossas dietas modernas como uma forma de alimentar a crescente população mundial. Esta investigação ajuda porque podemos demonstrar que comer insetos sempre fez parte da condição humana”, explicam os investigadores.

PARTILHAR

RESPONDER

Redução de 3% na eletricidade para o mercado regulado entra em vigor esta terça-feira

A descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh), ou seja, uma redução de aproximadamente 3% no total da fatura de eletricidade dos consumidores, entra esta terça-feira em …

Em termos económicos estamos pior que "numa situação de guerra", diz Daniel Bessa

“Na recuperação da economia não podemos esperar uma fase ascendente tão rápida. Vamos ter uma recuperação mais lenta", alerta o economista Daniel Bessa. O economista Daniel Bessa considera que a atual situação económica, decorrente da pandemia, …

Escolas não devem reabrir em abril

Esta terça-feira ao início da tarde, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu que as escolas vão manter-se fechadas até ao final de abril. Marcelo Rebelo de Sousa esteve reunido, esta terça-feira, com especialistas …

Câmara de Comércio e Governo criam gabinete de apoio às empresas

A Câmara de Comércio e Indústria (CCIP) e o Governo criaram um gabinete de apoio às empresas para esclarecer e facilitar o acesso das companhias às ajudas lançadas pelo executivo. Segundo noticiou a TSF, a estrutura, …

Tragédia continua. Encontrado corpo de sobrinha-neta de John F. Kennedy

O corpo da sobrinha-neta do ex-Presidente norte-americano John F. Kennedy, que estava desaparecida com o filho desde quinta-feira, foi encontrado na segunda-feira, informaram esta terça-feira os meios de comunicação norte-americanos. Maeve Kennedy Townsend McKean, de 40 …

Jornal Económico e A Bola avançam para regime de lay-off

O Jornal Económico e o desportivo A Bola vão avançar para o regime de lay-off devido a quebras significativas nas vendas e publicidade desencadeadas pela pandemia de covid-19, que já fez mais de 300 vítimas …

Moratória nos créditos à habitação não suspende Seguros (e pode ter que os pagar durante mais tempo)

A suspensão dos pagamentos dos empréstimos do Crédito à Habitação, por parte dos clientes bancários que queiram aderir à moratória aprovada pelo Governo, pode não travar os pagamentos dos Seguros de Vida e Multi-riscos que …

Espanha poderá ser o primeiro país na Europa a avançar com rendimento básico universal

A ministra da Economia espanhola assegurou, este domingo, que o Governo está a trabalhar para aplicar o rendimento básico universal, embora não tenha dado ainda uma data concreta. Em declarações ao canal televisivo laSexta, a ministra …

Presidente revela que não está imune e é contra "descompressão" de medidas em abril

O Presidente da República revelou numa entrevista esta terça-feira divulgada pela Antena 1 que já fez um dos novos testes sorológicos para detetar a presença de anticorpos para o novo coronavírus e não está imunizado. "Depois …

Ministros das finanças procuram entendimento. Itália ameaça consenso de Centeno

Os ministros das Finanças da zona euro voltam a reunir-se esta terça-feira, por videoconferência, com a responsabilidade de chegarem a um compromisso sobre uma resposta comum para minimizar os efeitos da pandemia covid-19, precisando para …