Cientistas descobriram na América do Sul um inseto que emite luz azul

(dr) Henrique Domingos / IPBIO

A larva de um mosquito fungo em Iporanga, no Brasil

Os cientistas encontraram na Mata Atlântica, no Brasil, a primeira espécie bioluminescente azul encontrada na América do Sul.

De acordo com o IFLScience, os cientistas nem sequer procuravam uma nova espécie, mas sim cogumelos bioluminescentes, quando andavam a explorar a Mata Atlântica, no Brasil. Porém, a luz vermelha das lanternas que usavam na cabeça mostrou-lhes aquela que agora é a primeira espécie bioluminescente azul da América do Sul.

“É o primeiro registo de emissão de luz azul num ser vivo na América do Sul. É também o primeiro testemunho de uma Diptera bioluminescente no mesmo local”, explica ao mesmo site Cassius Stevani, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo e autor do estudo publicado, em agosto, na revista Scientific Reports.

Esta é uma descoberta surpreendente porque, geralmente, os insetos e os fungos brilham durante a noite nas florestas, mas normalmente a luz emitida é geralmente de três cores: verde, amarelo ou vermelho.

As larvas translúcidas deste mosquito fungo (Keroplatidae), oficialmente denominadas Neoceroplatus betaryiensis, foram recolhidas de árvores que se encontravam caídas durante um período particularmente quente e chuvoso, com uma humidade relativa de 90%.

Ao toque, as larvas deixam de se iluminar na sua cauda e em dois sítios perto dos olhos, apenas brilhando outra vez quando já não se sentem agitadas pela presença de um possível predador.

Houve, no entanto, um comportamento estranho num dos seus espécimes, recolhido na parte inferior de uma folha caída. Essa larva emitiu luz em todo o seu corpo e mostrou aquilo que a equipa chamou de “comportamento bizarro”, movendo-se mais devagar e escondendo-se menos do que as restantes.

Então, a equipa levou-a para o terrário do laboratório para observar a pupa (ou crisálida), ou seja, o momento em que a larva se torna um mosquito adulto. Algumas semanas depois, não emergiu um mosquito fungo, mas sim uma vespa parasita.

A luz difusa encontrada nesta criatura “pode ser o resultado de uma reação defensiva contra o parasita ou a consequência de danos nos órgãos internos que espalham o material fotogénico ao longo do corpo da larva. No entanto, também pode pertencer a outra nova espécie que pode emitir luz por todo o corpo, tal como observado no Keroplatus nipponicus“.

Os insetos que brilham em tons de azul são raros, com essa bioluminescência a estar geralmente reservada para outras cores ou animais como algas, estrelas do mar e peixes. A descoberta abre uma possível nova via biológica para a bioluminescência, que por si só poderia ter aplicações de longo alcance na biotecnologia e marcadores genéticos.

A equipa de investigadores descobriu que as larvas contêm uma proteína armazenadora de luciferina conhecida como SBF. No futuro, os cientistas querem isolar a luciferina, clonar a luciferase do Neoceroplatus e usar técnicas de imagem para determinar a sua estrutura.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas descobriram o segredo das pessoas que vivem mais de 110 anos

A longevidade excecional, como a das pessoas chegam a viver mais de 110 anos, pode dever-se a determinados glóbulos brancos raros no seu sangue. Um grupo de investigadores do Instituto Riken e da Universidade de Keio, …

Polícia do Chile suspende uso de armas de ar comprimido como ferramenta antimotim

A polícia do Chile anunciou esta terça-feira a suspensão do uso armas de ar comprimido, que já provocou lesões oculares a mais de 200 manifestantes, dias depois de um relatório ter revelado que os projéteis …

Polícia holandesa encontra 25 pessoas escondidas em contentor frigorífico num cargueiro

A polícia holandesa localizou esta terça-feira 25 pessoas escondidas num contentor frigorífico numa embarcação que saiu do porto de Vlaardingen, perto de Roterdão, na Holanda, em direção ao Reino Unido, mas teve de regressar após …

É oficial: José Mourinho é o novo treinador do Tottenham

O treinador português José Mourinho, que estava no desemprego há quase um ano, é o sucessor do argentino Maurício Pochettino no comando do Tottenham, anunciou esta quarta-feira o 14.º classificado da Liga inglesa de futebol. Mourinho, …

Cientistas captam imagens extremamente raras de um peixe a devorar um tubarão inteiro

https://vimeo.com/374136378 Os tubarões são dos animais mais temidos nos oceanos, mas naquela que é uma verdadeira troca de papéis, um tubarão foi devorado por completo por um peixe das profundezas do mar. Um vídeo publicado pela US …

Há uma nova maneira de medir a gravidade da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova forma única de medir a gravidade da Terra. O método anterior envolvia medir a influência da gravidade nos átomos, rastreando a rapidez com que os átomos caíam. O problema …

Detetado pela primeira vez vapor de água na Europa, a lua de Júpiter

Uma equipa internacional de cientistas confirmou a presença de vapor de água na superfície de Europa, um dos quatro satélites naturais de Júpiter, revelou a agência espacial norte-americana (NASA). "Os elementos químicos essenciais (carbono, hidrogénio, …

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …