Cientistas descobriram na América do Sul um inseto que emite luz azul

(dr) Henrique Domingos / IPBIO

A larva de um mosquito fungo em Iporanga, no Brasil

Os cientistas encontraram na Mata Atlântica, no Brasil, a primeira espécie bioluminescente azul encontrada na América do Sul.

De acordo com o IFLScience, os cientistas nem sequer procuravam uma nova espécie, mas sim cogumelos bioluminescentes, quando andavam a explorar a Mata Atlântica, no Brasil. Porém, a luz vermelha das lanternas que usavam na cabeça mostrou-lhes aquela que agora é a primeira espécie bioluminescente azul da América do Sul.

“É o primeiro registo de emissão de luz azul num ser vivo na América do Sul. É também o primeiro testemunho de uma Diptera bioluminescente no mesmo local”, explica ao mesmo site Cassius Stevani, do Instituto de Química da Universidade de São Paulo e autor do estudo publicado, em agosto, na revista Scientific Reports.

Esta é uma descoberta surpreendente porque, geralmente, os insetos e os fungos brilham durante a noite nas florestas, mas normalmente a luz emitida é geralmente de três cores: verde, amarelo ou vermelho.

As larvas translúcidas deste mosquito fungo (Keroplatidae), oficialmente denominadas Neoceroplatus betaryiensis, foram recolhidas de árvores que se encontravam caídas durante um período particularmente quente e chuvoso, com uma humidade relativa de 90%.

Ao toque, as larvas deixam de se iluminar na sua cauda e em dois sítios perto dos olhos, apenas brilhando outra vez quando já não se sentem agitadas pela presença de um possível predador.

Houve, no entanto, um comportamento estranho num dos seus espécimes, recolhido na parte inferior de uma folha caída. Essa larva emitiu luz em todo o seu corpo e mostrou aquilo que a equipa chamou de “comportamento bizarro”, movendo-se mais devagar e escondendo-se menos do que as restantes.

Então, a equipa levou-a para o terrário do laboratório para observar a pupa (ou crisálida), ou seja, o momento em que a larva se torna um mosquito adulto. Algumas semanas depois, não emergiu um mosquito fungo, mas sim uma vespa parasita.

A luz difusa encontrada nesta criatura “pode ser o resultado de uma reação defensiva contra o parasita ou a consequência de danos nos órgãos internos que espalham o material fotogénico ao longo do corpo da larva. No entanto, também pode pertencer a outra nova espécie que pode emitir luz por todo o corpo, tal como observado no Keroplatus nipponicus“.

Os insetos que brilham em tons de azul são raros, com essa bioluminescência a estar geralmente reservada para outras cores ou animais como algas, estrelas do mar e peixes. A descoberta abre uma possível nova via biológica para a bioluminescência, que por si só poderia ter aplicações de longo alcance na biotecnologia e marcadores genéticos.

A equipa de investigadores descobriu que as larvas contêm uma proteína armazenadora de luciferina conhecida como SBF. No futuro, os cientistas querem isolar a luciferina, clonar a luciferase do Neoceroplatus e usar técnicas de imagem para determinar a sua estrutura.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Iémen irá enfrentar a pior fome já vista nas últimas décadas. Guterres implora por generosidade

De acordo com a ONU, a situação humanitária no Iémen é muito grave e o país irá enfrentar a pior fome à qual o mundo já assistiu. Esta situação pode ser revertida se os seus …

"Um erro histórico". Tratado assinado em Portugal incentiva aquecimento global

Um tratado assinado em Lisboa concede um grande poder às empresas de energia para processar os Estados caso se sintam prejudicadas por políticas climáticas. O Tratado da Carta da Energia (TCE) é um acordo internacional assinado …

Jornalistas estrangeiros denunciam "declínio da liberdade" na China

A China utilizou as medidas para controlar o coronavírus, a intimidação e restrições de visto para limitar a cobertura jornalística estrangeira em 2020, dando início a um "rápido declínio da liberdade na media", denunciou o …

Sindicato dos chefes da PSP interpôs ação judicial por causa da pré-aposentação

O Sindicato Nacional da Carreira de Chefes da PSP indicou este domingo que interpôs uma ação judicial para impugnar um despacho da direção nacional da Polícia Segurança Pública sobre a lista de pedidos da passagem …

"A agricultura em Montalegre vai acabar". Praga de javalis destrói culturas

Os agricultores do concelho de Montalegre andam desesperados com o facto dos javalis andarem a destruir as culturas. A população destes animais tem aumentado muito nos últimos anos e as medidas de controlo têm sido …

50 mil euros. Governo cria prémio nacional para proteger florestas

No próximo Conselho de Ministros, na quinta-feira, o Governo vai discutir um prémio bianual para projetos que ajudem a melhorar a floresta, do ponto de vista técnico, científico ou da comunicação. A notícia é avançada esta …

Polícia Judiciária ajudou a evitar dois ataques em França

As informações partilhadas pela Polícia Judiciária (PJ) com a Europol foram cruciais para alcançar a detenção do jihadista marroquino que viveu em Portugal. Hicham El-Hanafi foi condenado a 30 anos de prisão em França, na semana …

Duque de Edimburgo foi transferido para outro hospital

O Palácio de Buckingham anunciou esta segunda-feira que o príncipe Filipe, marido da rainha do Reino Unido, Isabel II, foi transferido para outro hospital de Londres para continuar o tratamento de uma infeção. O Palácio disse …

Presidência da UE. Governo trabalha para encontro com Biden durante "semestre português"

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia quer um encontro com o Presidente Joe Biden ainda durante o primeiro semestre. A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) está a trabalhar na realização de …

Vacina da Pfizer. Intervalo entre doses aumenta para 28 dias (e lista de prioritários vai incluir pessoas com trissomia-21)

O intervalo entre a toma das duas doses da vacina da Pfizer/BioNtech contra a covid-19 foi alargado de 21 para 28 dias, anunciou esta segunda-feira o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda …