Inquérito à lista VIP que ilibou Núncio foi liderado por ex-adjunta das Finanças

PSD / Flickr

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

O Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio

A investigação em torno da Lista VIP de contribuintes foi conduzida por uma ex-adjunta do secretário de Estado da Administração Pública, José Leite Martins, que integra o Ministério das Finanças, o mesmo em que se enquadra o lugar de Paulo Núncio como Secretário de Estados dos Assuntos Fiscais.

A informação foi avançada pelo jornal Público, que sublinha que a investigação foi liderada na Inspecção Geral de Finanças (IGF) por Maria da Conceição Leão Baptista.

Esta inspectora-chefe foi “até 3 de Novembro último, adjunta do secretário de Estado da Administração Pública, José Leite Martins, que por sua vez era o inspector-geral da IGF antes de ir para o Governo”, refere o dito diário.

Isto é, “a investigação foi coordenada por um ex-membro do gabinete do mesmo ministério das Finanças de que Núncio  faz parte, e que tutela a Autoridade Tributária, o organismo do Estado que estava em investigação”, constata o Público.

Uma situação que parece encerrar um conflito de interesses, conforme faz referência o Público, mas que o Ministério das Finanças refuta.

“A inquiridora não se considera impedida, nem integra qualquer situação de conflito”, destaca fonte do dito Ministério citada pelo mesmo jornal.

A mesma nota frisa, ainda segundo o Público, que José Leite Martins, de quem Conceição Baptista foi adjunta, “não tutela a Autoridade Tributária, não tem competência sobre a matéria objecto de inquérito, nem sobre a IGF (a tutela encontra-se delegada no Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais)”.

O inquérito que o próprio Paulo Núncio ordenou concluiu que este não teve qualquer intervenção, nem conhecimento em torno da tal Lista VIP que incluía os nomes de Pedro Passos Coelho, Paulo Portas, Cavaco Silva e do próprio Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

No relatório da investigação, datado de 19 de Maio e consultado pelo Público, refere-se que Paulo Núncio recebeu “informação incorrecta” da parte do então director-geral da Autoridade Tributária, António Brigas Afonso, que se demitiu no âmbito do caso.

ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O Paulinho não sabia das listas nem de muita coisa que por lá se passa. Recebe o salário, aparece na TV e nos jornais e chega. Livra-se dos podres do seu Ministério!!

"Solução razoável". Marcelo promulga já aumento do salário mínimo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai promulgar já esta sexta-feira o diploma que estabelece um aumento do salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, que considera "uma solução razoável, a pensar …

Filósofo francês diz aos homens para violarem mulheres. "Eu violo a minha todas as noites"

O filósofo e escritor francês Alain Finkielkraut afimrou na quarta-feira, durante um programa da TF1 sobre casos de violação divulgados pelos media, que diz aos homens para violarem as suas mulheres. "Eu violo a minha …

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …