Infarmed retira do mercado protetor solar infantil

O Infarmed disse esta sexta-feira que está acompanhar as precauções da agência espanhola do medicamento em relação aos produtos de proteção solar ISDIN, indicando que em novos testes detetou variabilidade e inconsistência no fator de proteção solar.

A Deco na quinta-feira emitiu um comunicado a dizer que o “ISDIN Fotoprotetor Pediatrics Transparent Spray 50+ vai ser retirado do mercado” espanhol por ter um fator de proteção solar inferior ao indicado no rótulo, e a exigir que a Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) fizesse o mesmo.

Questionado pela agência Lusa, o Infarmed garantiu que “está a acompanhar as precauções da Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos de Saúde (“AEMPS”) em relação aos produtos de proteção solar ‘ISDIN Fotoprotector Pediatrics Transparent Spray SPF 50+’ nas apresentações Wet e não Wet e ‘Babaria Solar Infantil Spray Protector SPF 50+'”.

O Infarmed avança que, “de acordo com a informação disponibilizada, dos três produtos acima identificados, dois não foram comercializados em Portugal, nomeadamente, o protetor solar Babaria Solar Infantil Spray Protector SPF 50+, bem como o ISDIN Fotoprotector Pediatrics Transparent Spray SPF 50+” na apresentação não Wet”, e que, quanto ao restante,”contactou com as empresas representantes, tendo sido acordada a adoção da retirada do mercado”.

Na resposta à Lusa, o Infarmed explica que a AEMPS informou, em comunicado, que procedeu à realização de novas análises nestes produtos e verificou a existência de variabilidade nos resultados e inconsistência entre o valor de Fator de Proteção Solar (FPS) indicado no rótulo e o obtido em alguns dos estudos efetuados e que, “como medida de precaução e proteção da Saúde Pública, com as empresas responsáveis a retirada, de forma voluntária, destes produtos do mercado”.

“De acordo com a comunicação da AEMPS, as novas apresentações destes produtos, em spray transparente, brumas, etc., poderão explicar alguma variabilidade observada nos resultados dos ensaios de determinação do FPS pela norma de referência utilizada (ISO 24444:2010). No entanto, a amplitude de variação dos resultados observados não parece ser completamente justificada pela variabilidade do método (entre outros fatores, dose de radiação, diferenças dentro do mesmo fototipo de pele dos voluntários humanos e subjetividade na avaliação do eritema causado pela radiação usada no ensaio)”, adianta.

“Cabe assinalar que não houve notificações de incidentes por queimaduras solares, relacionadas com estes produtos, quer ao Sistema Espanhol de Cosmetovigilância quer ao Infarmed”, adianta a agência portuguesa.

O Infarmed sublinha que, para continuar a evitar incertezas sobre a informação da rotulagem e garantir a eficácia dos protetores solares, encontram-se em curso medidas adicionais.

Entre elas são a “participação ativa na rápida revisão da norma ISO 24444 (determinação do fator solar)para determinação do FPS, no sentido de garantir uma medida da proteção solar mais reprodutível e robusta, adequada às novas apresentações”. Também a realização de um novo estudo independente de FPS de acordo com a ISO 24444, num laboratório da Rede Europeia de Laboratórios Oficiais de Controlo de Produtos Cosméticos, garantindo assim a independência dos resultados obtidos, acrescenta.

O Infarmed salienta que, “sendo estes ensaios realizados in vivo em voluntários humanos, só podem ser realizados fora da época balnear, sob pena de obtenção de resultados incorretos”.

A agência garante que vai “continuar com campanhas anuais de controlo de mercado sobre protetores solares, com a determinação laboratorial do FPS e revisão dos estudos de eficácia, para comprovar a veracidade do declarado na rotulagem”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O oxigénio em Marte está a comportar-se de forma misteriosa (e não se sabe porquê)

Depois do mistério do metano de Marte que aparecia e reaparecia, agora, os níveis de oxigénio no Planeta Vermelho têm estado a subir e a descer na cratera Gale em quantidades que não encaixam em …

A NASA pode já ter encontrado o misterioso Planeta X

O misterioso Planeta X, um planeta gigante desconhecido nos confins do Sistema Solar e que mexe com as órbitas de algumas das rochas do Cinturão de Kuiper, pode já ter sido visto pela NASA. Acredita-se que …

Episódio de “Os Simpsons” com Michael Jackson retirado do Disney+

No seguimento da controvérsia em torno de Michael Jackson depois do documentário Leaving Neverland, o episódio de Os Simpsons com a presença do cantor foi deixado de fora do catálogo do Disney+, a nova plataforma …

Lítio pode reverter malefícios de radiação no cérebro

Cientistas concluíram numa experiência com ratos que o lítio pode reverter os malefícios da radiação no cérebro, podendo o seu uso ser promissor para tratar crianças que foram sujeitas a radioterapia e desenvolveram posteriormente défices …

Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas nos clientes

https://vimeo.com/373176205 Um em cada dez sites de compras online usa táticas maliciosas para enganar, iludir ou persuadir os clientes. A tendência é que o recurso a estas práticas aumente nos próximos anos. Um estudo apresentado na semana …

Eurovisão procura voluntários para trabalhar 18 dias seguidos sem vencimento

A procura de voluntários para o Festival Eurovisão de 2020 está a gerar polémica. A organização quer disponibilidade total durante 18 dias, não oferecendo qualquer vencimento, nem pagando despesas de viagem ou estadia. O Festival Eurovisão …

Portugal 6 vs 0 Lituânia | Ronaldo e Cia destroem lituanos

Portugal goleou a Lituânia esta quinta-feira no Estádio Algarve, por 6-0, e está a uma vitória de garantir o apuramento para o Euro 2020, decisão que está marcada para o próximo domingo, quando a seleção …

Um “caixão” nuclear da Guerra Fria pode estar prestes a colapsar

Durante a Guerra Fria, os EUA lançaram 67 bombas atómicas nas Ilhas Marshall, no oceano Pacífico. No fim nos anos 70, os detritos expostos à radiação nas seis ilhas foram transportados para um poço gigante …

App usada para ler dados biométricos de europeus no Reino Unido pode ser pirateada

A aplicação digital criada pelo governo britânico para recolher dados biométricos dos europeus candidatos ao estatuto de residente no Reino Unido, obrigatório depois do Brexit e pedido por 210 mil portugueses, pode ser pirateada, alertou …

Bruxelas abre processo de infração contra Reino Unido por não nomear comissário europeu

A Comissão Europeia anunciou esta quinta-feira a abertura de um procedimento de infração contra o Reino Unido por este Estado-membro, que está em processo de saída da União Europeia (UE), não ter nomeado um comissário. “Enquanto …