INEM quer enfermeiros a limpar ambulâncias. Ordem diz que não é a sua função

O INEM diz que as equipas que fazem serviços nas ambulâncias e nas Viaturas Médicas de Emergência e Reanimação (VMER) devem fazer a limpeza interior e exterior, mas nega que existam ameaças de procedimentos disciplinares a quem se recusa fazê-lo.

A Ordem dos Enfermeiros informou o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) que lavar as ambulâncias não faz parte do seu regulamento profissional ou das suas normas técnicas.

De acordo com uma nota enviada ao INEM, à qual o jornal Público teve acesso, “é da exclusiva competência do regulador, Ordem dos Enfermeiros, a definição dos atos próprios do exercício da Profissão da Enfermagem”. Segundo a Ordem, a higienização e lavagem de viaturas não fazem parte destes atos.

O INEM responde que “a condução de viaturas não está contemplada no REPE (Regulamento do Exercício Profissional dos Enfermeiros) ou nas suas normas técnicas e deontológicas, o que não impede que sejam os enfermeiros a garantir, e com muita competência, esta função”.

Para o INEM, é claro que quem deve limpar e higienizar as ambulâncias de Suporte Imediato de Vida e dos seus equipamentos, tanto no interior como no exterior, são as equipas que prestam serviço nesses veículos. “Esta limpeza é fundamental para assegurar medidas de controlo de infeção garantindo a segurança dos cuidados prestados aos utentes”.

Além disso, o INEM acrescenta que, “no que concerne à lavagem exterior dos veículos, existe uma norma, em vigor desde 2013, que prevê a limpeza exterior da ambulância pelos elementos que constituem a sua equipa, sem especificar que tarefas concretas competem a cada um desses elementos”.

Por outro lado, o instituto desmente “de forma categórica que exista qualquer tipo de imposição pela direção de enfermagem para que sejam os enfermeiros a realizar a lavagem exterior das ambulâncias e, muito menos, que exista qualquer ameaça de procedimento disciplinar caso essa (alegada) imposição não seja cumprida”.

Ao Sindicato dos Enfermeiros Portugueses também já chegaram queixas, de acordo com Rui Marroni, que explica que a higienização geral dos veículos é tarefa da competência do pessoal auxiliar, como de resto acontece nos centros de saúde e unidades hospitalares. “Vamos pedir uma reunião ao conselho diretivo do INEM para discutir este e outros assuntos que aguardam resposta”, informa o sindicalista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Reino Unido e UE retomam negociações. Londres vai pedir adiamento se não houver acordo até sábado

O Reino Unido e a União Europeia (UE) retomam esta quarta-feira as negociações sobre o 'Brexit', depois de na véspera se ter anunciado que um acordo estaria iminente. "Ainda há trabalho a fazer", referiu o …

Filho de Biden quebra o silêncio. "Sei que não fiz nada errado"

O filho do ex-vice-Presidente norte-americano, que tem estado no centro do inquérito para a destituição de Donald Trump, admitiu que o seu percurso profissional na Ucrânia foi uma má decisão, rejeitando, porém, ter feito algo …

Já se sabe onde se vão sentar os novos partidos no Parlamento

A deputada do Livre vai sentar-se entre PCP e PS, o deputado da Iniciativa Liberal entre PSD e CDS-PP e o deputado do Chega o mais à direita, todos na segunda fila. A conferência de líderes …

Rota do Cabo: Funcionária emitiu 15 mil números de contribuinte fraudulentos em três anos

Funcionários das Finanças, da Segurança Social, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e advogados estão entre os principais suspeitos desta rede criminosa de auxílio à imigração ilegal. A Polícia Judiciária (PJ) desmantelou, esta terça-feira, uma organização …

"É desonesto eu pagar". Paulo Maló revoltado por causa das dívidas do império que criou

O empresário e médico dentista Paulo Maló, fundador do grupo Malo Clinic, está revoltado com a possibilidade de ter que responder financeiramente no âmbito das dívidas de 70 milhões de euros que a empresa acumulou. O …

Sismo de magnitude 6.7 atinge as Filipinas

Um terramoto de magnitude 6.7 atingiu as Filipinas, a 69 quilómetros da cidade de Davao, avança a agência Reuters. De acordo com o Serviço de Prevenção de Tsunamis do Pacífico, não é esperado um tsunami …

Web Summit: Câmara de Lisboa terá que pagar mais 4,7 milhões de euros para assegurar edição deste ano

A Câmara de Lisboa vai discutir na quinta-feira alterações ao acordo para a realização da Web Summit, entre as quais o pagamento de mais 4,7 milhões de euros e o adiamento da expansão da Feira …

Business Insider: "Lisboa foi feita para o Instagram"

"Lisboa é cool." Hillary Hoffower, jornalista do Business Insider, apaixonou-se e descreveu a capital portuguesa num artigo em que diz entender porque é que Lisboa se tornou no "destino mais popular entre millenials em 2019". Hillary …

Bolsonaro prestes a deixar PSL. Partido da IURD na corrida para o receber

Em rota de colisão com o seu atual partido, o Partido Social Liberal (PSL), o Presidente brasileiro Jair Bolsonaro equaciona romper e já recebeu cinco convites de partidos de pequeno e médio porte, admitiu a …

Antigo ministro Pedro Mota Soares assume liderança da Apritel

O ex-ministro e ex-deputado do CDS foi o escolhido para liderar a Apritel, a associação que representa as principais operadoras de telecomunicações, como a Meo, a Nos e a Vodafone. O novo secretário-geral da associação …