Índia vai enviar três pessoas ao Espaço em 2022. É o programa espacial mais barato de sempre

Além das agências tradicionais – NASA e Roscosmos – a China tornou-se um grande player no espaço nas últimas décadas. Em 2022, a Índia vai juntar-se ao clube ao tornar-se a quarta nação a enviar uma missão tripulada ao espaço.

Durante uma reunião ministerial que teve lugar na sexta-feira, 28 de dezembro, o governo da Índia anunciou que a primeira missão da tripulação da Organização de Pesquisa Espacial Indiana (ISRO) ao espaço consistirá numa equipa de três astronautas, que será enviada para órbita.

O governo também anunciou que tinha um orçamento aprovado de 1,4 mil milhões de dólares para financiar o desenvolvimento da tecnologia e infraestrutura necessárias para o programa.

As decisões de enviar astronautas ao espaço foram anunciadas pela primeira vez pelo primeiro-ministro Narendra Modi a 15 de agosto, durante as comemorações do Dia da Independência da Índia. Naquela época, Modi dirigiu o ISRO para conduzir uma missão de tripulação para orbitar em 2022, o que coincidiria com o 75º aniversário da independência da Índia.

Um mês depois, durante a sexta Exposição Espacial Bengaluru, a ISRO e o seu braço comercial (Antrix Corporation Ltd) exibiram os fatos espaciais que os astronautas usariam para a missão. Também foi apresentado o módulo que levará os astronautas ao espaço, que foi testado com sucesso em julho de 2018.

No entanto, o gabinete ainda não tinha aprovado a declaração ou autorizado os fundos necessários. Porém, agora, o governo da Índia declarou que está tudo pronto para enviar astronautas ao espaço e aumentar a rivalidade com a China. A declaração também deixou claro que a Índia pretende tornar-se um “parceiro colaborador em futuras iniciativas de exploração espacial global com benefícios nacionais de longo prazo”.

A declaração indicou que o voo tripulado teria duração entre um período orbital e um máximo de sete dias. Antes de os astronautas irem ao espaço, duas missões seriam lançadas com recurso ao Veículo de Lançamento de Satélite Geossíncrono da ISRO (GSLV Mk. III) e a nave espacial Gaganyaan.

Uma data específica ainda não foi definida, o governo disse que o voo tripulado será realizado “dentro de 40 meses”. E, com o custo que tem, será o programa espacial mais barato até hoje. Em comparação, a China enviou astronautas ao espaço pela primeira vez em 2003 com o programa Shenzhou, que custou mais de 2,3 mil milhões de dólares.

O Projeto Mercury – as primeiras missões tripuladas da NASA em órbita, que funcionou de 1958 a 1963 – custou 1,6 mil milhões de dólares, enquanto o programa Apollo custou cerca de 174,5 mil milhões.

A Índia espera que o programa lhe dê uma vantagem no mercado espacial, impulsione a economia do país, crie empregos e estimule o desenvolvimento de tecnologia. O governo também espera que este programa permita que a Índia se torne um parceiro mais ativo em iniciativas como a Estação Espacial Internacional (ISS) e a exploração lunar.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Um terço das mulheres europeias herdou um gene neandertal favorável à fertilidade

Um terço das mulheres europeias herdou um gene neandertal favorável à fertilidade, sugere uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Max Planck, na Alemanha, e do Instituto Karolinska, na Suécia. Em causa está …

Combater a pobreza energética até 2040 custa 384 milhões por ano

Pela primeira vez, o Governo sabe quanto seria preciso investir para combater a pobreza energética até 2040: 7.671 milhões de euros  – o equivalente a 384 milhões de euros por ano. De acordo com o jornal …

Trump classifica movimento antifascista como organização terrorista

O Presidente norte-americano anunciou que vai classificar o movimento ANTIFA (antifascistas) como organização terrorista, e culpou os média por “fomentarem o ódio e anarquia” na onda de protestos contra a violência policial. “Os Estados Unidos da …

Megaoperação em Loures. PSP e PJ cercam bairro da Quinta da Fonte e detém nove pessoas

A Unidade Especial da Polícia de Segurança Pública (PSP) e a Polícia Judiciária (PJ) estão, esta segunda-feira, desde antes das 7h, a fazer uma megaoperação no Bairro Quinta da Fonte, em Loures. Segundo avança a TVI24, …

Cientistas podem ter descoberto onde vive o stress no cérebro humano

Onde é que os sentimentos negativos, como a pressão e a ansiedade, existem no nosso cérebro? Cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, tentaram encontrar a resposta. Estudos anteriores indicam que os sentimentos subjetivos ou …

A atmosfera de Marte está a escapar para o Espaço (e já se sabe quem é o culpado)

Marte pode já ter sido um planeta habitável mas, ao longo de milhares de milhões de anos, a sua atmosfera escapou para o Espaço. Os cientistas mapearam as correntes elétricas na atmosfera marciana que podem …

Júpiter é tão grande que o nosso Sistema Solar quase teve dois sóis

O nosso Sistema Solar tem apenas uma estrela e uma série de planetas relativamente pequenos. No entanto, Júpiter esteve muito perto de se tornar o irmão mais pequeno do Sol. Júpiter é, de longe, o maior …

O detetive a bordo do rover da NASA Perseverance

Marte está muito longe da famosa 221 Baker Street, mas um dos detetives mais conhecidos da ficção estará representado no Planeta Vermelho quando o rover Perseverance da NASA pousar no dia 18 de fevereiro de …

Nem o mar profundo se safa das alterações climáticas

Um novo estudo mostra que as alterações climáticas já estão a bater à porta do mar profundo, e os seus habitantes poderão em breve estar em perigo. De acordo com o site IFLScience, a equipa de …

Príncipe belga pede desculpa por violar confinamento em festa ilegal em Espanha

O príncipe Joachim da Bélgica disse “lamentar profundamente” não ter respeitado “todas as medidas” do confinamento durante uma viagem a Espanha, onde participou numa festa ilegal em Córdoba que está a ser investigada pela polícia. Depois …