Incêndios na Turquia chegam a zonas turísticas. Há suspeitas de mão criminosa

Ilyas Akengin / AFP

Turistas tiveram de ser evacuados na Turquia

Os devastadores incêndios que se estão a fazer sentir na zona sul da costa da Turquia já fizeram pelo menos quatro mortes.

Depois das ondas de calor mortais nas Américas, inundações na Europa e China e incêndios na Sibéria, as imagens de destruição na Turquia aumentam as preocupações sobre a crescente ferocidade das condições meteorológicas extremas.

Os bombeiros estão no quarto dia de combate às chamas, que obrigaram à evacuação de dezenas de localidades e até de alguns hotéis de luxo, numa zona muito turística.



São mais de 70 fogos florestais que deflagraram esta semana, e que estão a afetar as zonas costeiras nos mares Egeu e Mediterrâneo. Desses, pelo menos 14 ainda continuam ativos, segundo o presidente do país.

Para ajudar no combate aos incêndios, a Rússia, Ucrânia e Azerbaijão enviaram já vários meios aéreos, que acabaram por ajudar os operacionais a virar o rumo da situação.

Do país chegam imagens aterradoras, de zonas paradisíacas e tradicionalmente turísticas a serem completamente dizimadas.

Segundo o The Guardian, em Bodrum, na província de Muğla, 80 hectares ficaram totalmente queimados, apesar dos esforços de combate a incêndios terrestres e aéreos. As chamas acabaram por cortar o acesso a dois hotéis, forçando a evacuação de mais de 4.000 turistas e funcionários.

Os incêndios florestais durante o verão são comuns na Turquia, mas os incêndios nos últimos dois dias foram excecionais. O jornal britânico frisa que vários moradores das cidades afetadas disseram aos repórteres locais que nunca tinham visto nada assim antes.

“Tudo o que eu tinha ficou queimado. Perdi cordeiros e outros animais ”, disse um dos habitantes ao jornal Daily Sabah, acrescentando que o cenário “foi um inferno”.

Em Manavgat, a leste da estância balnear de Antalya, um total de 27 bairros e um hospital também foram evacuados. Na área rural junto a Manavgat, mais de 40 ovelhas e cabras morreram calcinadas.

Apesar de muitos dos incêndios já estarem controlados, a Organização Meteorológica Mundial partilhou avisou no Twitter que o calor extremo está a atingir toda a região do Mediterrâneo, com previsão de temperaturas acima dos 40°C nas áreas do interior da Itália, Grécia, Tunísia e Turquia.

Desta forma, é aconselhado à população que se previna com o abastecimento de água.

Ainda assim, e apesar das acusas naturais estarem a dificultar o combate aos fogos, há indícios de que a situação possa ter sido impulsionada por mão criminosa.

De acordo com o Correio da Manhã, a origem dos fogos está a ser investigada, havendo suspeitas de que pelo menos alguns deles tenham origem criminosa.

“Os responsáveis prestarão contas por ataques contra a natureza e as florestas”, afirmou Fahrettin Altun, conselheiro do presidente Recep Tayyip Erdogan.

Os focos de incêndio chegaram a superar 1114 frentes. Na sexta-feira, segundo dados oficiais, dezenas de fogos tinham sido extintos, mas havia muitos ainda ativos e fora de controlo em seis províncias.

ZAP //

 

 

 

 

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Se os incendiários lá tiverem o azar de serem apanhados, não tenho dúvidas de que a justiça não será a mesma do que aquela que aplicam por cá!

RESPONDER

Oito mortes e 891 casos de covid-19. Internamentos e incidência continuam a descer

Portugal registou, esta terça-feira, 891 novos casos e oito mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

A máscara de Marcos Rojo deixou uma criança a chorar

Imagem impressionante, na véspera de um jogo do Boca Juniors. Adaptando a ideia da publicação que será reproduzida mais abaixo, o futebol não é só uma bola a circular num relvado entre 22 jogadores. O futebol …

Erupção do vulcão nas Canárias pode durar até 84 dias

A erupção vulcânica de Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma pode durar entre 24 e 84 dias, com uma média geométrica de cerca de 55 dias, segundo cálculos do Instituto Vulcanológico das Ilhas …

PCP insiste que Governo vá “mais longe” e baixe o preço da energia

O PCP insistiu esta terça-feira que o Governo não se deve ficar pelo “não aumento” dos preços da energia, mas sim ir “mais longe”, intervindo para baixar estes valores, apontando que o executivo tem instrumentos …

Amnistia Internacional acusa farmacêuticas de recusar aumento da oferta de vacinas

Quando faltam 100 dias para o fim de 2021, a organização não governamental apela às farmacêuticas que forneçam dois mil milhões de vacinas a 82 países com rendimento baixos e médio-baixos, no sentido de se …

Lituânia avisa cidadãos para não comprarem telemóveis chineses devido à censura dos dispositivos

A tensão continua a aumentar entre a Lituânia e a China. O país europeu está agora a recomendar aos cidadãos que não comprem telemóveis chineses porque os dispositivos censuram alguns termos. O Ministério da Defesa da …

Talibã nomeiam enviado afegão para a ONU - e pedem para falar com líderes mundiais

Os talibã pediram para falar com os líderes na Assembleia Geral das Nações Unidas, a acontecer esta semana em Nova Iorque, e nomearam o seu porta-voz, Suhail Shaheen, a viver em Doha, como embaixador na …

"Erros" no currículo. Raquel Varela perdeu "apoio" para bolsa de 4 mil euros e leva caso a tribunal

A investigadora Raquel Varela está envolvida numa polémica depois de ter perdido o apoio do Instituto de História Contemporânea, no âmbito de um concurso a fundos públicos, devido a alegados "erros" no currículo. A notícia …

Nem com a maternidade o PS segura Coimbra. Sondagem dá vantagem ao PSD, numa corrida apertada

Na semana das autárquicas, uma sondagem aponta para que o PSD consiga roubar a Câmara de Coimbra ao PS, apesar da corrida estar apertada. A corrida autárquica em Coimbra tem sido uma das mais quentes da …

Após gestos obscenos, ministro da saúde brasileiro testa positivo à covid-19 em Nova Iorque

Governante brasileiro ficará em isolamento em Nova Iorque, enquanto a restante comitiva continua com as reuniões bilaterais. Perante a notícia divulgada pelo governo brasileiro, espera-se, agora, uma reação dos porta-vozes dos países cujos líderes se …