Incêndios florestais e distúrbios violentos assolam Indonésia

Fully Handoko / EPA

Os incêndios florestais nas ilhas de Bornéu e de Sumatra e os distúrbios e protestos dos últimos dias na província de Papua assolam neste momento o país asiático.

Esta segunda-feira, uma multidão enfurecida incendiou prédios, lojas e casas do governo local e ateou fogo a carros e motos na cidade de Wamena, na província de Papua, num protesto que juntou centenas de pessoas provocadas, que eclodiu devido a suspeitas de insultos xenófobos de um professor a um estudante indígena.

O anterior balanço apontava para 20 mortos e 65 feridos. O porta-voz da polícia de Papua, Ahmad Musthofa Kamal, disse depois que mais seis corpos foram encontrados ao redor dos destroços queimados dos edifícios engolidos pelos incêndios. Para já, os números apontam para 26 mortos e 70 feridos.

Numa outra manifestação, em Jayapura, capital da província, que provocou a morte a um soldado e três civis, a polícia deteve 733 estudantes universitários para interrogatório, indicou o porta-voz da Polícia Nacional, Dedi Prasetyo.

Os estudantes reuniram-se em frente à Universidade de Jayapura para protestar contra o racismo. No entanto, ocorreram confrontos com a polícia que disparou tiros de aviso para deslocá-los para outro local, de acordo com um jornalista da France-Presse (AFP).

Em Wamena, a sede do departamento do governo local foi destruída devido a um incêndio, bem como outros edifícios e lojas.

Desde 19 de agosto, muitas localidades em Papua assistiram a manifestações, algumas degenerando em tumultos com edifícios em chamas e confrontos com a polícia.

A agitação começou em reação aos incidentes racistas contra estudantes de Papua na Surabaya, a segunda maior cidade da Indonésia na ilha de Java, tendo sido também relançados os pedidos para um referendo sobre a independência.

Para além desta situação, os fogos florestais que se registam desde junho no país e que se agravaram no início deste mês, obrigam ao encerramento de escolas e aeroportos, por causa do intenso fumo provocado pelas centenas de quilómetros de chamas.

Quase dez milhões de jovens com menos de 18 anos, um quarto dos quais com menos de cinco anos, vivem nas áreas mais afetadas da ilha de Sumatra e na parte indonésia de Bornéu, avisou hoje o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

As crianças mais novas são as mais vulneráveis, por ainda estarem a desenvolver o seu sistema imunológico, alerta a Unicef, acrescentando existir um risco alto de os bebés nascidos de mães expostas à poluição durante a gravidez nascerem com um peso abaixo da média ou antes do termo da gravidez.

Os incêndios, que estão a devastar em especial as ilhas de Bornéu e de Sumatra, poluíram o ar de uma vasta área do sudeste da Ásia, provocando uma contenda diplomática com a Malásia, país vizinho que se queixou dos fumos poluentes que atravessam a fronteira e que afetam milhões de pessoas.

Quase 30 mil bombeiros e soldados estão a combater os fogos, muitos dos quais são de origem humana.

Os incêndios ocorrem todos os anos no arquipélago indonésio, mas o número aumentou este ano depois de uma estação seca particularmente longa e intensa.

Desde domingo que algumas regiões do país apresentam um céu vermelho causado pela neblina e poluição atmosféricas dos incêndios florestais.

O Serviço de Monitorização da Atmosfera Copernicus (CAMS), um programa europeu que utiliza dados de satélite, indica que os incêndios na Indonésia já provocaram uma libertação de quase tanto CO2 na atmosfera como os incêndios de 2015, considerado o pior ano no país.

Entre o início de agosto e até 18 de setembro, foram emitidos 360 milhões de toneladas de gases com efeito estufa, contra 400 milhões em 2015, observou o serviço.

A polícia indonésia deteve mais de 180 pessoas e representantes de quatro empresas suspeitas de provocarem os incêndios e fechou várias dezenas de plantações afetadas, para investigar e alertar os proprietários.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas "acordam" bactérias com 100 milhões de anos

Os micróbios e as bactérias estavam presentes em argilas enterradas no fundo do mar do oceano Pacífico e são apontados como os organismos vivos mais antigos do planeta Terra. Uma equipa de cientistas, dos Estados Unidos …

PSD e PS lesaram o Estado nos contratos dos aviões C-295 da Força Aérea

O Tribunal de Contas (TdC) concluiu que o Estado português perdeu 9,25 milhões de euros de compensação pelo incumprimento das contrapartidas na compra de 12 aviões C-295 à Airbus Defense and Space (ADS), num relatório …

Sob suspeita, Juan Carlos exila-se na República Dominicana (via Porto)

O rei emérito de Espanha, Juan Carlos, viajou este fim-de-semana para a República Dominicana, depois de decidir viver noutro país face à repercussão pública das investigações sobre os seus alegados fundos em paraísos fiscais. O destino …

É possível inativar o novo coronavírus no leite materno. Basta pasteurizá-lo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Toronto e da Sinai Health, no Canadá, realizou uma pesquisa que comprovou que pasteurizar o leite materno inativa o vírus Sars-CoV-2. Uma nova investigação, cujo artigo científico foi recentemente …

Cientistas tornam a luz invisível visível pela primeira vez

Uma equipa de cientistas da Vrije Universiteit Brussel e de Harvard conseguiu, pela primeira vez, tornar visível a luz de campo próximo. Existem vários tipos de luz, alguns visíveis e outros invisíveis ao olho humano. Os …

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …

Irão garante ter detido líder de "grupo terrorista" dos EUA

Este sábado, o Irão anunciou a detenção do líder de um "grupo terrorista" norte-americano alegadamente responsável por um bombardeamento mortal, em 2008, numa mesquita da cidade de Shiraz, entre outros ataques. "Jamshid Sharmahd, líder do grupo …