IMT suspende circulação de veículos como o que provocou acidente em Soure

Paulo Cunha / EPA

Descarrilamento de Alfa Pendular em Soure.

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) decidiu, esta quarta-feira, suspender a circulação de veículos de manutenção da ferrovia, como aquele que colidiu contra um Alfa Pendular em Soure, até que sejam adotadas medidas mitigadoras do risco.

O IMT, enquanto autoridade nacional de segurança ferroviária (ASNF), determinou a suspensão da circulação de veículos de manutenção e fiscalização da ferrovia sem o sistema de controlo de velocidade, até que sejam adotadas medidas preventivas, para diminuir o risco de acidente, afirmou, hoje, a entidade, numa nota de esclarecimento relativa ao acidente entre um destes veículos e um Alfa Pendular, em Soure.

“Até que o sistema de proteção automática [nos veículos de conservação da ferrovia] seja implementado, a ANSF exigiu à Infraestruturas de Portugal que sejam adotadas medidas adicionais e complementares mitigadoras de risco que permitam a circulação destes veículos não equipados com CONVEL [sistema de controlo de velocidade]. Até à implementação destas medidas adicionais e complementares mitigadoras do risco, a circulação destes veículos encontra-se suspensa”, disse aquela entidade.

Na nota, o IMT referiu que requereu uma avaliação urgente da viabilidade da solução para estes veículos “e, caso viável, a consequente implementação urgente”, salientando que a Infraestruturas de Portugal (IP) já deu informação de que “terá sido encontrada uma solução viável”.

“O IMT continuará a avaliar a situação, podendo resultar em novas medidas a adotar”, acrescentou.

Na última sexta-feira, uma dresine (veículo de conservação da ferrovia) colidiu contra um Alfa Pendular, no concelho de Soure, distrito de Coimbra. O descarrilamento provocou duas vítimas mortais (os ocupantes da dresine), oito feridos graves e 36 feridos ligeiros.

A colisão surgiu em resultado da ultrapassagem indevida de um sinal vermelho por parte da dresine, à saída da estação de Soure.

Esta semana, a Infraestruturas de Portugal justificou a não instalação do sistema de controlo automático de velocidade nos veículos de conservação de catenária (VCC) com “uma situação muitíssimo complexa do ponto de vista técnico” que apenas foi solucionada há 10 dias.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Agora, já foi suspensa a circulação de tais veiculos e exigida( até aqui era só recomendado) pelo instituto de mobilidade a adopção de medidas adicionais de segurança.A IP justificou a não acatação das recomendações por ser uma soluçao tecnicamente muito complexa , mas também sugeriu que era demasiado cara. Será que as vidas humanas têm preço??? È de lamentar tanta incúria e tanta ausência de responsabilidades!!!

RESPONDER

"Último recurso". Governo britânico admite novo confinamento no Reino Unido

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, admitiu esta sexta-feira que o Governo conservador não descarta decretar um segundo confinamento nacional para conter a pandemia de covid-19, embora considere esta opção um "último recurso" “Faremos …

Pais deixaram aluno com covid-19 na escola. Denúncia já chegou à PSP

Um aluno de uma escola de Leiria que está infectado com o coronavírus foi à apresentação do ano lectivo, nesta quarta-feira, quando já havia suspeitas de que teria covid-19, uma vez que o pai também …

A segunda vaga já chegou a Portugal (e há "uma diferença muito importante")

Os especialistas não duvidam que a segunda vaga de covid-19 já chegou a Portugal, mas apontam que há diferenças significativas relativamente ao início da pandemia, em Março. "Há uma diferença muito importante nesta segunda vaga que …

Governo tinha 90 milhões para apoiar criação de emprego (mas pedidos superaram os 487 milhões)

O programa do Governo para apoiar a criação de emprego, lançado em julho, tinha uma verba de 90 milhões de euros. Dois meses depois, a procura excedeu os 487,5 milhões. O jornal Público adiantou esta quinta-feira …

Metade dos portugueses acredita que Portugal está preparado para inverno (mas defende novo confinamento)

Uma sondagem da Aximage para o Jornal de Notícias e TSF revela que 47% dos portugueses defendem um novo confinamento, apesar de 50% acreditar que o país está melhor preparado para o inverno. De acordo …

Corona o melhor, Pizzi a perder bolas: as curiosidades da Liga

A I Liga 2020/2021 começa nesta sexta-feira, ainda com muitas incertezas. Entretanto, voltámos a espreitar o relatório 'Futebol em números', publicado no final de agosto pela própria Liga Portugal. Desta vez deixámos aqui algumas curiosidades …

Investigadores escrevem carta na Science para pressionar o Governo a desistir do aeroporto do Montijo

Investigadores portugueses acusam o governo português de ir contra os objetivos do Pacto Ecológico Europeu ao persistir na construção do aeroporto no Montijo, apontando sobretudo o efeito destrutivo em centenas de milhares de aves no …

Aos 20 anos, Duplantis bate mítico recorde do mundo de salto com vara

O saltador com vara sueco Armand Duplantis continua a fazer história e esta quinta-feira, no decorrer do 'meeting' de Roma, da Liga Diamante, conseguiu o melhor salto de sempre ao ar livre, com 6,15 metros. O …

PSD vai votar contra propostas para legalizar o lobbying

O PSD vai votar contra a legalização do lobbying. Os sociais-democratas defendem que as regras criam um maior afastamento entre cidadãos e entidades públicas e políticas. CDS, PAN e PS querem discutir propostas para legalizar o …

Feitiço vira-se contra o feiticeiro. Flamengo é humilhado na Libertadores

O Flamengo sofreu a mais pesada derrota do clube na Taça Libertadores, após ter sido goleado por 5-0 pelos equatorianos do Independiente del Valle. Depois da eliminação do SL Benfica da Liga dos Campeões, às mãos …