Implante neural permite que pessoas paralisadas escrevam. Basta imaginar as letras

F. Willett et al. / Nature 2021 / E rika Woodrum

Pela primeira vez, uma equipa de investigadores descodificou os sinais neurais associados à escrita de letras e, em seguida, exibiu versões digitadas dessas letras em tempo real.

Quando uma lesão ou doença priva uma pessoa da capacidade de se mover, a atividade neural do cérebro para caminhar, pegar numa chávena ou dizer uma frase permanece.

Algumas pessoas que perderam o uso das mãos conseguem usar um computador com reconhecimento de fala. Para aqueles que têm dificuldade em falar, os cientistas têm desenvolvido outras formas de os ajudar a comunicar.

Os cientistas estão a explorar várias formas de as pessoas com deficiência conseguirem comunicar com os seus pensamentos. Agora, pela primeira vez, uma equipa de investigadores decifrou a atividade cerebral associada à tentativa de escrever cartas à mão.

A equipa trabalhou com um participante de 65 anos que teve uma lesão medular que o deixou paralisado do pescoço para baixo. Jaimie Henderson, um neurocirurgião da Universidade de Stanford, implantou dois minúsculos sensores na parte do cérebro que controla a mão e o braço.

Usando sinais que os sensores captaram de neurónios individuais quando o homem se imaginou a escrever, um algoritmo de aprendizagem de máquina reconheceu os padrões que o cérebro produzia com cada letra. Entretanto, o sistema exibia o texto numa tela – em tempo real.

Segundo um comunicado, o participante escreveu 90 caracteres por minuto – mais do dobro do recorde anterior de digitação com esta “interface cérebro-computador”.

Este interface cérebro-computador (BCI, na sigla em inglês) chamado “Brain-to-Text” é tão rápido porque cada letra elicia um padrão de atividade altamente distinto, tornando relativamente fácil para o algoritmo distingui-los uns dos outros, afirmou o neurocientista Frank Willett.

Segundo Krishna Shenoy, investigadora do Howard Hughes Medical Institute da Universidade de Stanford, esta inovação poderia, com mais desenvolvimento, permitir que pessoas com paralisia digitassem rapidamente sem usar as mãos.

A equipa prevê o uso de tentativa de escrita à mão para entrada de texto como parte de um sistema mais abrangente que também inclui navegar, apontar e clicar.

Em seguida, a equipa pretende trabalhar com um participante que não consegue falar, como alguém com esclerose lateral amiotrófica, um distúrbio neurológico degenerativo que resulta na perda de movimento e fala.

O estudo foi publicado este mês na revista cientifica Nature.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Federação arquivou caso Diakhaby

Valência não gostou da decisão e vai tentar prolongar o processo à volta do alegado insulto racista no jogo com o Cádiz. O Comité de Competição da Real Federação Espanhola de Futebol arquivou a denúncia de …

Um orangotango ameaçado de extinção vagueou por uma aldeia remota da Indonésia

Um orangotango de Bornéu vagueou por uma aldeia remota da Indonésia e foi ajudado pelos residentes locais durante vários dias. Apesar de ligeiramente alarmados, os habitantes foram acolhedoras naquele que foi um encontro improvável entre …

França inicia vacinação contra a covid-19 em jovens com 12 anos

Perceval Gete, um adolescente francês de 12 anos, foi uma das pessoas mais jovens na Europa a receber a vacina contra a covid-19, na terça-feira. O adolescente deslocou-se a um centro de vacinação perto de Paris, …

Cidade na Florida vendeu (por engano) o seu depósito de água

O empresário Bobby Read comprou um prédio municipal numa pequena cidade da Florida, Brooksville. Mas não estava à espera de receber um "bónus": a torre do depósito de água. Em abril, Bobby Read, um personal trainer …

Atleta norte-americana testou positivo num controlo antidoping (e culpou um burrito)

Shelby Houlihan foi afastada das competições durante quatro anos, após ter testado positivo num controlo antidoping. A atleta Shelby Houlihan diz-se "devastada" depois de ter sido afastada das competições durante quatro anos, avança a Sky News. Após …

Netanyahu recusa-se a deixar residência oficial. Bennett não se quer mudar para lá (pelo menos, para já)

No domingo, o Parlamento de Israel aprovou o Governo de coligação do novo primeiro-ministro Naftali Bennett, mas Benjamin Netanyahu, que esteve no poder cerca de 12 anos, não parece disposto a entregar-lhe as chaves da …

Noah foi encontrado com vida

O pequeno Noah, de dois anos, foi encontrado com vida depois de ter estado desaparecido em Proença-a-Velha, concelho de Idanha-a-Nova, desde quarta-feira de manhã.  O menino de dois anos desaparecido em Proença-a-Velha foi encontrado com vida …

Hong Kong. Polícia detém responsáveis de jornal, acusados de conspiração

A polícia de Hong Kong deteve esta quinta-feira o chefe de redação e outros quatro responsáveis do jornal Apple Daily por alegado conluio com um país estrangeiro ou com elementos externos para pôr em perigo …

Dinamarca 1-2 Bélgica | Magia colectiva anula furacão nórdico

A Bélgica somou hoje o segundo triunfo no Euro2020 de futebol, ao bater a Dinamarca por 2-1, com reviravolta, em encontro da segunda jornada do Grupo B, e juntou-se à Itália nos oitavos de final. Em …

Tigre siberiano mata funcionário em parque de animais na África do Sul

Na quarta-feira, um tratador foi morto por um tigre siberiano num parque de vida selvagem na África do Sul, depois de o animal ter saltado uma cerca elétrica que havia sido desligada para conserto. Um funcionário …