Imigração para Portugal cresceu 18% (e vai aumentar)

Tânia Rego / ABr

A imigração para Portugal continua a subir, escreve o jornal Público esta terça-feira, dado conta que até 31 de outubro deste ano registou-se uma subida de 18% face ao mesmo período homólogo.

Até ao fim de outubro, foram concedidas 110.813 novas autorizações de residência (AR) a cidadãos estrangeiros em Portugal, quase mais 17 mil do que em todo o ano de 2018 (93.154), segundo números do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Contas feitas, e mesmo que não fosse concedida mais nenhuma AR até ao fim do ano, 2019 fecharia com um crescimento na imigração na ordem dos 18%. Os dados do SEF evidenciam uma trajetória de crescimento nos últimos quatro anos.

Os cidadãos brasileiros continuam a ser os que mais escolhem Portugal para imigrar: no ano passado, chegaram 105 mil novos resistentes.

Segue-se depois o Reino Unido que surgem em segundo lugar e Itália que completa pódio. Surge depois Índia e o Nepal, que ficou na mesma posição de 2018. De acordo com o matutino, o aumento de pedidos de indianos relaciona-se, em parte, com a subida de população estrangeira que vem trabalhar na agricultura.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Harvey Weinstein perto de chegar a acordo de 22 milhões de euros com vítimas

O produtor, acusado de vários casos de abusos sexuais a atrizes e funcionárias, terá chegado a um acordo de 22 milhões de euros com 30 atrizes que o processaram. O acordo exige a aprovação do tribunal …

"A minha militância é já longa, nunca tive padrinhos" na política, diz Miguel Pinto Luz

O candidato à liderança do Partido Social Democrata (PSD), Miguel Pinto Luz, disse que o financiamento para a campanha vem de si próprio e de outros militantes. Afirmou que não recusa apoios de quem quer …

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …