Ilon Iliescu acusado de crimes contra humanidade pela morte de 862 pessoas

/ Wikimedia

Ion Iliescu em 1990

A Procuradoria da Roménia acusou esta sexta-feira o ex-presidente Ion Iliescu de crimes contra a humanidade pela morte de 862 pessoas durante a sangrenta revolta que derrubou o regime comunista de Nicolae Ceausescu em dezembro de 1989.

A acusação contra Ion Iliescu, de 88 anos, é o último passo numa longa investigação sobre a revolta contra o regime comunista de Nicolae Ceausescu, que começou na cidade de Timisoara e chegou a Bucareste.

Iliescu, então um influente líder comunista juntamente com Ceausescu, liderou a chamada Frente de Salvação Nacional (FSN), que tomou o poder após a fuga do ditador em 22 de dezembro, sendo acusado de ser o principal responsável pelas mortes nos confrontos que se seguiram, que fizeram 862 mortos e 2150 feridos.

O acusado foi nomeado presidente da Roménia em 1990, sendo posteriormente eleito democraticamente por mais dois mandatos (1992-1996 e 2000-2004). Além de Iliescu, os procuradores acusaram outras quatro pessoas, entre as quais o antigo vice-primeiro-ministro Gelu Voican Voiculescu.

Iliescu e outros funcionários da hierarquia do governo romeno manipularam e desinformaram de forma deliberada a população do país, despertando receios acerca da existência de supostos “terroristas”, com o objectivo de consolidar o seu poder.

Essa estratégia, segundo a Procuradoria, desencadeou sangrentos confrontos nas ruas, acabando por transformar a chamada revolução numa espécie de golpe de Estado.

Vários disparos indiscriminados contra civis que não mantinham nenhuma actividade hostil, por parte de militares e outras pessoas armadas, foi devida ao ambiente de paranóia criado pelos acusados, sustentam os procuradores.

A investigação tem foco no período desde o levantamento contra Ceasescu em Timisoara, a 16 de dezembro de 1989, até ao final desse mês, altura em que o ditador foi capturado e, após um julgamento sumário, foi fuzilado com a mulher, Elena Ceasescu.

“Através da instauração de uma psicose generalizada de terrorismo, foram criadas várias situações de fogo fratricida, disparos caóticos e ordens militares contraditórias”, indica em comunicado a Procuradoria, que alega que os acusados contribuíram também para “a condenação e a execução de Ceausescu após um julgamento simulado“.

Até ao momento, apenas 30 pessoas, nenhuma das quais da hierarquia do governo, foram condenadas pela violência contra civis. Entretanto, os familiares das vítimas queixam-se de abandono por parte do Estado.

// EFE

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “Iliescu e outros funcionários da hierarquia do governo romeno manipularam e desinformaram de forma deliberada a população do país, despertando receios acerca da existência de supostos “terroristas”, com o objectivo de consolidar o seu poder.”Aprenderam com aquela canalha que foi derrotada no 25 de Novembro de 75 aqui. Tal e qual!

RESPONDER

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …

Os novos iPhones não trazem carregador. Apple poupa muito nos custos, mas não no ambiente

A Apple decidiu vender os seus novos iPhones sem carregador ou auscultadores, alegando que a alteração tem em conta o ambiente, uma vez que serão utilizados menos produtos na embalagem dos telemóveis, mas os especialistas …

Caça ao tesouro secular. Lendária ilha pode esconder Santo Graal, manuscritos de Shakespeare e jóias reais

Perto da Nova Escócia, no Canadá, há uma lendária ilha com misteriosos túneis e estranho artefactos. Há quem acredite que esconde o Santo Graal, os manuscritos de Shakespeare e um tesouro de um capitão. Porém, …

Aprender "baleiês" pode evitar choque de navios com o animal

Uma equipa de cientistas da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, tem uma nova ideia para salvar as baleias-azuis em migração das colisões com navios. Durante a época de migração das baleias-azuis, os animais enfrentam sérios …

Afinal, os carros elétricos não são a melhor resposta para combater as alterações climáticas

Os carros elétricos, surgem como alternativas mais sustentáveis aos veículos a gasolina ou gasóleo, podem não ser a melhor forma de combater as alterações climáticas no âmbito dos transportes, de acordo com um novo estudo. …

Seria Jesus um mágico? Há arte romana que parece sugerir que sim

Em alguma arte antiga, Jesus é retratado a fazer milagres com algo na mão que parece ser uma varinha. Investigadores sugerem que se trata de um cajado, que era usado como símbolo de poder. Segundo a …

Nem todos os clubes estão a afundar – alguns estão a prosperar durante a pandemia

Nem todos os clubes estão a sofrer às mãos desta pandemia de covid-19. Alguns deles têm conseguido bons resultados financeiros apesar da crise. A covid-19 provou ser um adversário devastador para o desporto profissional em todo …

Kibus: o aparelho que vai revolucionar a forma como os nossos cães se alimentam

Ter cães como melhores amigos pode ser muito benéfico, mas também traz a sua dose de trabalho e responsabilidades. Levar ao veterinário, dar banho, levar a passear, brincar, dar de comer... No fundo é como …