IEFP investigado por violação de privacidade, imagem e segurança

José Sena Goulão / Lusa

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) poderá estar a expor a privacidade e dados sensíveis de dezenas de milhares de desempregados e técnicos que ultimamente têm participado em sessões informativas obrigatórias para acesso ao subsídio de desemprego, realizadas por videoconferência.

A denúncia é feita Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Serviço Público de Emprego e Formação Profissional (Stempfor), avança o Expresso.

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) e a Provedoria de Justiça já estão a investigar o caso, em que os mais de 46 mil desempregados que participaram nas sessões não concederam autorização para recolha ou exposição da sua imagem e dados. Caso não participem nestas sessões, arriscam-se a perder o apoio.

Para os técnicos de emprego, está em causa a violação dos direitos à privacidade ou imagem. Além disso, a segurança dos dados partilhados durante as sessões também é uma incógnita.

“Nem os técnicos nem a comissão de trabalhadores foram consultados previamente, nem houve formação para usar a plataforma”, diz o presidente do Stempfor, Marçal Mendes.

Muitos técnicos manifestaram a sua preocupação ao sindicato. Estes profissionais temiam o excesso de exposição, já que realizavam as tais sessões a partir da sua própria casa, para uma vasta audiência. Adicionalmente, eram partilhados dados sensíveis, como nome, imagem ou email.

Marçal Mendes explica que fazer videoconferência em casa, “preocupou os profissionais”, pondo em causa a privacidade da sua família. “Muitos dos técnicos estavam a usar o seu próprio telemóvel para contactar desempregados”, salientou.

O presidente do Conselho Diretivo do IEFP, António Valadas da Silva, respondeu às preocupações do sindicato, relembrando a obrigatoriedade do teletrabalho durante a pandemia. Além disso, garantiu que as sessões respeitam os princípios da legalidade, proporcionalidade e boa-fé, bem como a vida privada e tratamento de dados pessoais.

“Da forma como está a ser feita não garante aos desempregados a necessária liberdade de escolha e é irregular”, argumenta o advogado Ricardo Henriques ouvido pelo Expresso.

Os quatro técnicos contactados pelo semanário garantem também que foram pressionados a dinamizar as sessões contra a sua própria vontade.

O sindicato aguarda a conclusão das investigações, acrescentando que os profissionais que representa “ponderam agir judicialmente contra o IEFP”, caso se verifique a violação da privacidade e dos direitos de imagem.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

França e Reino Unido mobilizam navios para Jersey e aumentam a tensão no Canal da Mancha

A Marinha francesa respondeu esta quinta-feira ao envio de dois navios-patrulha britânicos para Jersey, na véspera, e mobilizou as suas próprias embarcações militares para as imediações da ilha, contribuindo, dessa forma, para o aumento da …

Governo aprova a criação da tarifa social de internet. Preço ainda vai ser definido

O Governo aprovou esta quinta-feira, em Conselho de Ministros, a criação de uma tarifa social de acesso a serviços de internet em banda larga, conhecida como tarifa social de internet, anunciou o ministro de Estado …

Cerca sanitária em Odemira diminuiu casos para menos de metade, garante Governo

O ministro da Administração Interna salientou hoje que a cerca sanitária em Longueira-Almograve e São Teotónio permitiu baixar os casos de infeção por covid-19 em Odemira para menos de metade e acusou a direita de …

Joshua Wong condenado a mais dez meses de prisão por participar em vigília que lembrava "massacre de Tiananmen"

O ativista de Hong Kong Joshua Wong foi condenado a dez meses de prisão por participar em 4 de junho de 2020 numa vigília para lembrar o chamado "massacre de Tiananmen", que Pequim não reconhece. A …

Um polícia morto e vários feridos em tiroteio durante operação no Rio de Janeiro

Um polícia morreu e várias outras pessoas ficaram feridas num tiroteio esta quinta-feira durante uma operação da polícia contra o tráfico de droga na comunidade de Jacarezinho, no Rio de Janeiro, Brasil, noticiou a imprensa. Segundo …

Austrália vai manter fronteiras fechadas até 2022. Índia com novo máximo de casos

O Governo australiano vai manter as fronteiras internacionais fechadas até 2022 devido a incertezas sobre vacinas e novas estirpes, disse o ministro das Finanças do país, Simon Birmingham. "As incertezas sobre a velocidade da vacinação e …

Em breve será possível usar mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e Passaporte

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, disse esta quinta-feira que “em breve” será possível utilizar os mesmos dados biométricos no Cartão de Cidadão e no Passaporte ou ativar a …

Rio diz que Governo “vai levar ao colo” Medina. Moedas ataca o rival e diz que as suas promessas não valem nada

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou esta quinta-feira que o Governo “vai levar ao colo” o candidato socialista à Câmara Municipal de Lisboa, porque “pelas guerras e desequilíbrios internos” não pode perder a eleição …

Portugal regista cinco mortos e 373 novos casos nas últimas 24 horas

O boletim desta quinta-feira da Direção-Geral da Saúde (DGS) regista cinco óbitos e 373 novos casos de covid-19 em Portugal nas últimas 24 horas. Há ainda mais 538 recuperados. O boletim da DGS, do dia 6 …

“Quem não nasceu com o apelido Espírito Santo tem de ir à luta”, diz Gama Leão

João Gama Leão deixou uma dívida de mais de 300 milhões de euros ao Novo Banco através da Prebuild, um dos grandes devedores do banco. O empresário assumiu a responsabilidade pelos créditos em incumprimento, fez …