Identificada superbactéria que resiste ao último antibiótico eficaz

microbeworld / Flickr

Uma estirpe da famigerada Escherichia coli tem o gene mcr-1, resistente à colistina, o último antibiótico eficaz

Os Estados Unidos detectaram o primeiro caso de uma “superbactéria” resistente aos antibióticos de “último recurso” – uma temida estirpe da “Escherichia coli” detectada pela primeira vez na China em novembro – que pode significar o fim da eficácia daqueles medicamentos.

Esta superbactéria contém o mcr-1, o gene responsável pela resistência à colistina, o último antibiótico que se mostrava eficaz contra as mais recentes bactérias multi-resistentes identificadas.

“Basicamente, mostra-nos que o fim do caminho para os antibióticos não está muito longe, que estamos numa situação em que teremos pessoas em unidades de emergência ou com infecções urinárias para as quais não teremos medicamentos”, disse o diretor do Centro de Prevenção e Controlo de Doenças, Tom Frieden, em entrevista publicada hoje no Washington Post.

Os investigadores detectaram a bactéria em abril, na Pensilvânia, na urina de uma mulher de 49 anos que não se ausentou do país durante os últimos cinco meses, explicaram as autoridades de saúde norte-americanas.

A estirpe da bactéria tem o gene mcr-1, um gene móvel com resistência à colistina, o antibiótico que as autoridades de saúde utilizam como último recurso nos casos das bactérias mais difíceis de combater.

Apesar de haver bactérias resistentes à colistina, esta resistência não era transmitida a outras bactérias, pelo que o código genético responsável por esta resistência não era propagado.

A descoberta indicia o “surgimento de uma bactéria verdadeiramente resistente a todos os medicamentos”, diz Patrick McGann, um dos investigadores responsáveis pelo estudo, publicado na revista especializada Antimicrobial Agents and Chemotherapy.

A E-coli com o gene mcr-1 foi detectada pela primeira vez em novembro, na China, num estudo realizado por cientistas britânicos e chineses.

“Como as bactérias podem propagar genes entre elas, cria-se uma situação em que se pode vir a ter bactérias resistentes a todos os antibióticos conhecidos”, explica Beth Bell, outra das investigadoras envolvidas no estudo.

“E isso é uma perspectiva aterradora“, diz Beth Bell.

A descoberta em 1928 do primeiro antibiótico, a penincilina, por Alexander Fleming, é considerada o maior avanço da história de Medicina. Esse avanço está em risco.

Segundo um alerta lançado recentemente pelo governo britânico, a crescente resistência das bactérias a antibióticos pode até lançar o Mundo de volta à Idade Média.

E evitar que isso aconteça poderá ser mesmo o maior desafio do nosso tempo.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …