Inteligência Artificial vai ajudar a identificar fontes de poluição no Bangladesh

A produção de tijolos é uma fonte de poluição que ameaça a saúde da população e do planeta, mas regular esta indústria pode ser uma tarefa difícil para as autoridades. Para resolver o problema, uma equipa desenvolveu um algoritmo que pode identificar e localizar fornos de tijolos a partir de imagens de satélite.

Os reguladores ambientais vão assim poder exercer um maior controlo sobre esta indústria, tendo uma maior capacidade para identificar todos aqueles que infringirem as leis, revela o novo estudo conduzido pela Universidade de Stanford.

O estudo, publicado a 19 de abril na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), demonstra como a inteligência artificial, em conjunto com imagens de satélite, pode fornecer um método eficaz e barato para localizar e monitorizar setores que de outra forma seriam difíceis de regular.

“Os fornos de tijolos proliferaram em Bangladesh para abastecer a economia crescente com materiais de construção”, disse a co-autora Nina Brooks.

Os tijolos são essenciais para o desenvolvimento em todo o Sul da Ásia, especialmente em regiões que carecem de outros materiais de construção, escreve o TechXplore.

No entanto, a queima apresenta grandes riscos à saúde e ao meio ambiente. Em Bangladesh, os fornos de tijolos são responsáveis ​​por 17% das emissões anuais de dióxido de carbono do país. É um contributo significativo para a poluição do ar geral do país.

Para tentar melhor a situação, o governo de Bangladesh estava a tentar identificar e verificar manualmente as localizações das olarias em todo o país, mas o esforço consumia demasiado tempo e trabalho.

Por isso, desde 2016, a equipa de Stanford está a trabalhar em Bangladesh para localizar os locais dos fornos, quantificar os efeitos adversos das olarias e fornecer informações públicas transparentes. Assim, desenvolveram uma abordagem para identificar fornos a partir de dados remotos.

A equipa desenvolveu um algoritmo altamente preciso que não apenas identifica se as imagens contém fornos, mas também aprende a localizar fornos dentro da imagem.

O método reconstrói fornos que foram fragmentados em várias imagens e é capaz de identificar quando estão presentes numa única imagem.

A abordagem revelou que mais de três quartos dos fornos no Bangladesh são construídos ilegalmente, localizando-se a menos de 1 quilómetro de uma escola e que quase 10% estão perto de instalações de saúde – o que também não permitido por lei.

Só em Bangladesh, quase toda a população vive a menos de 10 quilómetros de uma olaria, e mais de 18 milhões vivem a menos de 1 quilómetro, diz o estudo.

“Esperamos que a nossa abordagem possa permitir regulamentações e políticas mais eficazes para alcançar melhores resultados ambientais no futuro”, frisa o co-autor Jihyeon Lee.

Ana Isabel Moura Ana Isabel Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Candidatura ibérica ao Europeu de andebol. Lisboa é a única cidade portuguesa

O campeonato da Europa da modalidade, em 2028, pode ser realizado em diversas cidades espanholas. E na capital portuguesa. A Federação de Andebol de Portugal e Real Federação Espanhola de Andebol confirmaram nesta terça-feira que submeteram …

Uber usou 50 empresas de fachada holandesas para evitar impostos, revela relatório

A Uber recorreu a cerca de 50 empresas de fachada holandesas para reduzir a sua carga fiscal global, revelou a mais recente investigação do australiano Center for International Corporate Tax Accountability and Research. Segundo avançou o …

Task force traça nova meta e prevê 70% da população vacinada até ao início de agosto

O processo de vacinação em Portugal vai contar, a partir deste segundo trimestre, com uma maior quantidade de vacinas disponíveis, principalmente a partir do final deste mês. Esta quarta-feira, no Parlamento, o vice-almirante Henrique Gouveia e …

Mais quatro mortes e 485 casos em Portugal. R(t) sobe ligeiramente

Esta quarta-feira, Portugal regista mais quatro óbitos e 485 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Coroa de diamantes e safiras da rainha Maria II vai hoje a leilão em Genebra

A leilão vai também, esta quarta-feira, um conjunto de adornos, igualmente em safiras e diamantes, da coleção de Estefânia de Beauharnais, filha adotiva de Napoleão I Várias joias que pertenceram a casas reais europeias, entre as …

40 mortos em manifestações contra Governo na Colômbia. Presidente anuncia investigação a abusos policiais

Mais de 40 pessoas morreram nas manifestações contra o governo da Colômbia que começaram há duas semanas, segundo a organização não-governamental (ONG) Temblores. Em relatório divulgado na terça-feira, a ONG colombiana contabiliza pelo menos 40 mortes …

Netanyahu avisa: Hamas "vai receber ataques que não espera"

A escalada de violência continua em Israel e nos territórios palestinianos ocupados e já há vítimas mortais dos dois lados. O Conselho de Segurança das Nações Unidas volta a reunir-se de emergência esta quarta-feira. As forças …

Pela primeira vez, Governo admite que aplicação Stayway Covid não funcionou

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, um dos primeiros governantes a ver o protótipo da aplicação de rastreio de casos de covid-19, admitiu que a StayAway Covid não funcionou. Segundo Manuel Heitor, …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: Sporting campeão (Boavista é o próximo)

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sporting-1-0-boavista-o-musical Sei que esta música já foi incluída neste espaço radiofónico. A versão foi outra mas a música era a mesma. Abriu a emissão sobre o FC Porto-Benfica, em janeiro deste ano. Porque esses eram os …

Entidade para a Transparência. Governo quer que o processo seja célere, mas leva atraso de 2 anos

O Governo quer celeridade no processo de criação e instalação da Entidade para a Transparência, um organismo que já foi aprovado há dois anos. Numa audição na Comissão da Transparência, sobre a criação e instalação da …